Tag: Livros Opostos

Oi meu povo! Como todo mundo sabe adoro responder uma Tag, e essa eu vi no blog Leitura Nossa, que por sua vez viu no blog Momentum Saga, e com certeza verei em outros blogs daqui para frente. A proposta é divertida e adoro desafios, por mais simples que sejam. Então lá vão minhas respostas, espero que gostem!

1 -  Primeiro livro da sua coleção vs Último livro comprado:


Considero Um Lugar do passado, de Richard Matheson, meu primeiro e inesquecível livro, está lá na estante como número 1. Último livro comprado já é mais difícil, mas vou considerar um que ganhei de presente de aniversário Entre a ruína e a paixão, de Sarah MacLean.

2 - Um que você pagou barato vs Um que você pagou caro:


Paguei uma pechincha por Delírio, de Lauren Oliver, na Bienal, paguei 4 reais. Meu livro mais caro até hoje foi Uma Luz na Escuridão, de Catherine Anderson. Livro de Portugal, importado já viu né?!

3. Com protagonista homem vs Com protagonista mulher:


Adoro livro com protagonistas homens, e nesse quesito quem se destaca é Nora Roberts. Então escolhi Um novo Amanhã, lido recentemente. Difícil escolher uma protagonista mulher, já que são maioria na minha estante. Decidi então por uma que se destaca por sua força de vontade e perseverança: Reencontros, de Linda Howard.

4. Leu bem rápido vs Demorou para ler:


Li super rápido O bangalô, de Sarah Jio, difícil não devorar esse livro. Agora um livro que demorei muito para ler, não porque ele seja ruim, longe disso, mas pela quantidade de páginas foi Outlander, de Diana Gabaldon.

5. Com capa bonita vs Com capa feia:


A capa mais bonita que tenho em minha estante é do livro Amor de Redenção, de Francine Rivers, sem levar em conta todas as capas dos romances de época que tenho, e é quase impossível escolher apenas uma. Agora a capa mais feia é Zac e Mia, de A. J. Betts. Apesar da história ser linda essa capa não me agrada em nada.

6. Um livro brasileiro vs Um livro internacional:


Digamos que essa escolha foi por qualidade de histórias comparadas, então...
Cante para mim, de Luciana Ramos vs Renegado, de Diana Palmer. Dois livros com histórias perfeitas e que me deixaram com aquele frio no estômago e um suspiro contido.


7.Um livro mais fino vs Um livro mais grosso:


Nessa disputa entra em cena Toda Garota quer, de Larissa Siriani com apenas 86 páginas VS Outlander – A Libélula no Âmbar, de Diana Gabaldon com 937 páginas.

8. Um livro de ficção vs Um livro de não ficção:


Ficção: Uma Curva no Tempo, de Dani Atkins. Não Ficção: Três semanas com meu irmão, de Nicholas Sparks e Micah Sparks. Ambos inesquecíveis.

9. Um livro meloso vs Um livro de ação:


Meloso:  Um Olhar de amor, de Bella Andre, quase enjoativo, rsrsrs.    Ação: O retorno de Izabel, de J. A. Redmerski, ação do início ao fim.

10. Um livro que te deixou feliz vs Um livro que te deixou triste:


Me deixou muito feliz ler Ser Clara, de Janaina Rico, ri bastante com as aventuras de Clara e com a escrita da autora. Me deixou triste, não pela história, mas por alguns fatos que ocorrem durante a leitura. O eleito foi Marley & Eu, de John Grogan.

12 comentários:

  1. Ei Lena

    Legal essa tag. Essa capa é feia mesmo rs. Eu devorei Outlander, mesmo sendo enorme a história me prende muito.
    Não sabia q esse do Nicholas era de não ficção.
    Marley <3

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Nanda, esse livro do tio Nick é dele contando sobre uma viagem que fez com seu irmão e durante essa viagem ele vai relembrando seu passado. Nesse livro você consegue entender porque ele escreve finais tão dramáticos, o cara sofreu demais na vida. Vale a pena ler.
      Bjs

      Excluir
  2. Adorei suas respostas. O Bangalô está entre os que eu quero ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Neli, leia e se apaixone. Você não vai se arrepender.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá, Leninha!

    Por uma dessas coincidência da vida, você publicou esse post citando Outlander em duas das 10 categorias da tag no dia em que a publicação original do 1º Outlander fez 25 anos. Parece até uma doideira que livros longos como os dessa série iriam conquistar tantos leitores pelo mundo. E ainda tem gente que diz que livro longo dá preguiça de ler...
    Ah, essa capa de Zac e Mia é uma adaptação da capa original, que talvez você também vai achar feia. Eu sei que essa moda de capas simples que foi iniciada com A Culpa é das Estrelas se espalhou por muitos YA com a temática parecida com a do livro de John Green, mas nem sempre isso vai dar certo. Dá para ver que a escolha da capa em Zac e Mia foi feita com base em uma análise comercial, pensada naquele público que leu A Culpa é das Estrelas. Mas no meu caso não acho ela super feia. Ela simplesmente não chama muita atenção como a de outros livros YA.
    Mesmo assim, todos os livros que você citou são bacanas, e logo que vi Em algum lugar do passado, lembrei logo do filme com o Christopher Reeve e tive que ver sua resenha para ver se era mesmo o livro que inspirou o filme! Bem, agora só quero saber uma coisa: Dá para a Globo, SBT, TNT, Megapix, HBO, Telecine, quem quer que seja repetir o filme, por favor?

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outlander pode até assustar pelo número de páginas, mas a leitura flui de tal maneira que a gente precisa de mais quando termina de ler, não é verdade?!
      A capa de Zac e Mia não me faria comprar o livro, sorte é que a sinopse atrai pra caramba e depois de lido a capa foi só um detalhe, mas como tinha que escolher uma capa feia, essa foi a eleita.
      Quanto ao filme com o Reeve vc acha fácil para comprar nas lojas Americanas, eu tenho o meu e comprei por 14,90 lá. #CORRE
      Bjks Leti

      Excluir
    2. Nossa Letiolive,gostei do seu comentário sobre essas capas mais simples,eu nunca tinha pensado que fosse uma tendência,depois do "A Culpa das Estrelas",realmente faz sentido!

      Eu particularmente não gosto dessa nova onda viu,pois livros eu vou muito pela capa,e gosto daquelas bem cheguei e nada simples rs Se não até me desanima ter na estante sabe! Têm um livro da Judith McNaught por exemplo, o livro "Alguém Para Amar" que eu ADOROO,eu iria comprar em físico,mesmo só achando novo na Saraiva,mas quando eu vi a capa até desanimei em ter na estante..poxa,muito simples,não dá nem para ver o rosto do casal direito. Enfim,mas cada um têm um gosto né...e claro,tenho consciência que não devemos julgar um livro pela capa,mas o meu gosto por capas mais trabalhadas se sobressai, com certeza!

      Bjs

      Excluir
  4. LENINHA!
    As tags são boas de responderem, né?
    Amo Um lugar do passado, sempre suspiro...
    Marley e Eu realmente é triste, mas é tão fofo!!
    A série Outlander realmente os livros são enormes, mas quero muito ler.
    “Não há lugar para a sabedoria onde não há paciência.” (Santo Agostinho)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa tag. Gostei!
    Não conhecia a maioria dos livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oii Leninha,tudo bem?! Nossa,finalmente estou de férias da facul,1 mês só de alegria rs agora vou ver se consigo participar mais do blog,agora que acabou minhas provas,ufaa!

    Adorooo as tags daqui,me divirto muito respondendo!
    1 - Primeiro livro da sua coleção vs Último livro comprado:
    Quando recebi meu primeiro salário ano passado, comprei o livro "Tentação ao Pôr-do-Sol" da Lisa Kleypas... e o último que comprei foi "Redenção pelo Amor" da Nana Pauvolih <3

    2. Um que você pagou barato vs Um que você pagou caro:
    "A Carícia do Vento" da Janet Dailey, eu paguei super barato,estava na promoção..se eu não me engano foi 9,99$ .... E o mais caro, olha nunca comprei um livro muito caro viu,mas se for levar em conta, foi o "Quando eu Te Beijar" da Lucy Vargas,que paguei, 31$.

    3. Com protagonista homem vs Com protagonista mulher:
    Também adorooo livros com protagonistas homens,e o livro "Atraído" da Emma Chase é o meu favorito nesse quesito,pois o mocinho é mega sedutor e divertido,adorei a narração dela!
    Já com protagonista mulher, cito o livro "Carter" da
    R.J. Lewis, que não foi lançado no Brasil,mas eu adorei,nesse 1° livro só tem narração da jovem mocinha,e ela é um exemplo de sensibilidade,amor e fortaleza! Adorei ela :)

    4. Leu bem rápido vs Demorou para ler:

    "O Amor Feio" da Coolen Hover foi um livro que quando chegou em casa eu já devorei,só parava de ler para tomar banho e dormir kkk ADOREI <3
    Já o que eu demorei,foi o livro da majestosa Florencia Bonelli: "O Quarto Arcano: O Anjo Negro".. Infelizmente nÃo é publicado no Brasil,mas eu lia edição de Portugual. O motivo que eu demorei não foi por que o livro era ruim, ou tediante,não,nada disso,e sim por que ele também era muitooo grande e por que eu tava em época de provas,então lia pouquíssimo por dia,e quando lia...demorei mais de um mÊs para ler :o Mas é um dos melhores livros da minha vida,sem dúvidas <3

    5. Com capa bonita vs Com capa feia:
    Nossa,capa bonita é mega difícil de escolher,e como também tenho vários históricos,fica mais díficil escolher,masss eu fico com a capa de Redenção pelo Amor da Nana Pauvolih,por que achei LINDO o modelo,e sem falar que na contracapa têm a foto da modelo que representa a mocinha e é linda também!! Maravilhosos.
    Já feia,humm, é o livro "Depois de Você" da Jojo Moyes,pois sei lá,é muito simples..sem falar que tenho o livro mais não gosto dele,tô doida para despachá-lo,mais está difícil viu :/

    6. . Um livro brasileiro vs Um livro internacional:
    "Redenção de Um Cafajeste" da Nana Pauvolih e "Uma Noite e Nada Mais" da Whitney G. A minha escolha foi por os dois serem contemporâneos e hots,e por eu ter devorado as duas histórias,apesar de meu fraco ser o livro nacional ainda *--*

    7.Um livro mais fino vs Um livro mais grosso:
    "Ela Nunca Será Minha" da Whitney G c/ 112 páginas.. e o com mais páginas é o "Redenção Pelo Amor" da Nana Pauvolih com 580 p.

    8. Um livro de ficção vs Um livro de não ficção:
    Ficção: "Aprendendo a Amar" da Diana Palmer,adorooo esse livro,foi bem difícil achar,comprei em um sebo mais ele já venho bem amarelado. Até hoje não li nenhum livro de não-ficção rs

    9. Um livro meloso vs Um livro de ação:

    Meloso: "Sweet Soul" da Tillie Cole,é um livro com tanta declaração de amor que chega a ser meloso...mas mesmo assim eu adorei,e olha que não sou fã de livros melosos rs
    Ação: "A Presa" da Allison Brennan ,é um livro bemmm de ação,com enredo policial,um serial killer á solta,e uma ponta de romance,gostei!

    10. Um livro que te deixou feliz vs Um livro que te deixou triste:
    "Transcendence" da Shay Savage, um livro único,que te deixa com um sorriso no rosto pela beleza e simplicidade :D
    Um que me deixou triste foi "Another Dawn" da Sandra Brown,nossaaa não gosto nem de lembrar,nunca vou me inconformar,tô triste até hoje :/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos