O Retorno de Izabel - J. A. Redmerski

Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado. Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la. Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva.
Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor? Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.

Mais uma vez, me pego totalmente refém de uma das história da série “Na Companhia dos Assassinos”, da autora J. A. Redmerski. Assim como aconteceu em A Morte de Sarai temos aqui uma leitura completamente hipnotizante, tensa, que prende o leitor com suas cenas de suspense, ação e, claro, romance.

A história começa oito meses depois do término do livro anterior com Sarai tentando levar uma vida normal, quase comum, mesmo sentindo uma imensa falta de Victor e uma vontade perturbadora de fazer justiça. E ela não tem medo, encara os perigos mesmo sem ter um plano eficaz para suas ações, se metendo assim em apuros. Mas é claro que nosso personagem mais esperado surge para salvar a mocinha em perigo, mesmo que essa mocinha não queira ser salva.

O livro é uma avalanche de emoções, nossa vontade de agir como Sarai é imensa por saber que a impunidade corre solta no submundo do crime. Para que esperar ajuda das autoridades, se um tiro ou um corte bem feito na garganta pode fazer o serviço? Essa é a ideia principal de nossa protagonista, livrar o mundo dos vilões, principalmente aqueles que cruzaram seu caminho.

A autora não tem medo de chocar com cenas de assassinato, torturas e morte de inocentes, porque em alguns momentos chega até a chocar com suas cenas surpreendentes e brutais. Mas, para o leitor que gosta de sair de sua zona de conforto, se impressionar com uma cena mais forte, temos aqui um prato cheio e transbordando de ação.

Até mesmo os personagens secundários atiçam nossa curiosidade e o livro inteiro fica permeando entre o que é real e o que é armação, ou mesmo um plano muito bem arquitetado. Tendo em vista isso, nada me preparou para o final da história e me senti muito bem alicerçada pela ideia da autora de surpreender o leitor com tudo o que aconteceu. Prepare-se!

Palmas para Redmerski que escreve de maneira clara, envolvente e fluida, e deixa o leitor ansioso por mais e mais histórias. E nos brinda com personagens difíceis de esquecer. Ansiosa pela sequência da série onde conheceremos Fredrik Gustavsson, personagem que tornou O Retorno de Izabel numa aventura ainda melhor do que a esperada, e que nos conta sua história em O Cisne e o Chacal próximo lançamento da série “Na Companhia dos Assassinos”.

Só um aparte, não espere só cenas de amor e romance intensos entre Sarai e Victor, pois, apesar de a história conter cenas fortes e apaixonantes entre os dois, o foco principal é a vida de crimes e o trabalho dos protagonistas. Mesmo assim, cada página nos deixa sempre ansiosos por mais.

E que venha logo O Cisne e o Chacal. Fredrik, meu querido, eu te aguardo ansiosa!
Recomendo a leitura para ontem!

8 comentários:

  1. Bela resenha. Fiquei entusiasmada, curiosa pra conhecer mais de perto estes personagens.
    Parabéns.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria, leia e se apaixone pelo universo dessa protagonista simplesmente inesquecível.
      Bjs

      Excluir
  2. Adoro essa série. Doida pra que a editora lance logo todos os outros por aqui =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço por isso também Janne. Sarai/Izabel está no meu rol de personagens favoritos, sem falar no Victor né?!
      Bjs

      Excluir
  3. Leninha!
    Ganhei esse e o primeiro e aguardo chegar para poder lê-los...
    Nossa! Sarai nem tem sossego, né?
    “Se queres prever o futuro, estuda o passado.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Rudy, vc ganha bastante livros, parece comigo alguns anos atrás, rsrsr
      Sarai não tem sossego mesmo, mas vale a pena vê-la sair das enrascadas em que se mete.
      Bjs

      Excluir
  4. Ai Leninha, eu amei esse livro! Li o primeiro e o segundo no feriadão de 7 de setembro, bem devagar para não terminar logo kkkk, eu sabia que ia gostar só pela sinopse. Realmente algumas cenas são fortes e a autora não tem medo de descrevê-las. Para mim foi impossível não me apegar a Victor, a Sarai/Izabel e ao Fredrik, aliás, tô super ansiosa pelo livro deste último. Os dois livros entraram para a lista dos meus favoritos. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que os livros te agradaram a ponto de entrarem na lista de favoritos, aconteceu comigo também. Nesse estilo de leitura é impossível não curtir a escrita de J. A., eu gostei e recomendo.
      Ansiosa pelo livro do Fredrick.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos