Cante para mim - Luciana Ramos

Lucca Baroni, um carioca descendente de italianos, tem uma vida bastante comum e confortável. Filho de pais ricos, resolve abandonar a faculdade de Economia e ir em busca de seu grande sonho: ser um Astro do Rock. Após entrar na Faculdade de Música da UFRJ, Lucca cria sua banda, a Sonic Beat, que logo faz um estrondoso sucesso na cidade. No entanto, no auge de sua popularidade, e às vésperas de gravar seu novo CD, o grupo perde um dos seus mais queridos integrantes.
Eva Martins, uma paulistana radicada no Canadá, volta ao Brasil logo após concluir a faculdade de Veterinária em Quebec. Para ganhar um extra além de seu trabalho em um Pet Shop, ela resolve tentar a seleção na banda.
Acostumado a uma vida relativamente fácil e com dúzias de mulheres dando em cima dele, Lucca se vê diante da única garota que parece não dar a mínima para o seu charme: a nova guitarrista e vocalista do grupo.
De personalidades fortes, Lucca e Eva batem de frente desde os primeiros instantes em que se veem até o momento em que se descobrem completamente apaixonados um pelo outro. No entanto, os segredos do passado de Eva voltam para atormentá-la, forçando-a a deixar o país e abandonar seu namorado sem ao menos uma despedida.
Após quase nove anos, Eva retorna ao Brasil para trabalhar no único lugar do mundo onde ela jamais imaginaria encontrar o seu grande amor do passado. Ao vê-lo diante de si, Eva encontra um homem muito diferente do jovem sonhador e sorridente de anos atrás. Agora, Lucca carrega um coração pesado de amargura, pessimismo e ódio. Ódio dela; da vida; de Deus.
“Cante para Mim” aborda temas como amor verdadeiro, amizade, ressentimentos, superação e, principalmente, fala sobre perdas e desencontros... porque, nesta existência, não são raras as vezes em que é necessário nos perdermos para encontrarmos a nossa verdadeira redenção... e retomarmos o caminho que o destino já havia trilhado para nós.

Durante essa semana tive o prazer e a honra de ler um livro maravilhoso e me senti acompanhada por personagens incríveis, pessoas que eu gostaria realmente que existissem para que eu pudesse conhecer, virar fã, porque durante toda a leitura de Cante para mim, de Luciana Ramos, eu me senti amiga, confidente, não só dos protagonistas da trama, como também de todos os coadjuvantes que permearam a narrativa.

Sempre costumo fazer uma planilha de leitura, até para me organizar quanto a meu tempo de leitura. O livro da Lu — já me sinto íntima da autora para chamá-la assim — tem 543 páginas, ou seja, eu precisaria ler no mínimo 100 páginas/dia para estar sentada em frente ao PC na sexta, escrevendo a resenha. Mas quem disse que eu conseguia largar o livro? Quem disse que Eva e Lucca, e claro, a pequena Bia, conseguiam sair da minha cabeça? Eu me senti totalmente prisioneira das páginas do livro, mas os afazeres domésticos me privaram de ler em dois dias esse que se tornou para mim não só um livro admirável, mas um belo presente.

Não costumo me apegar tanto assim a um livro como me apeguei a Cante para mim, tanto que me vi conversando sobre a história com meu marido — cansado do trabalho —, contanto fatos e o drama existente entre Lucca e Eva. Imagina uma pessoa que não sabia falar de outra coisa durante toda a semana? E que vai falar sobre ele durante o fim de semana e ainda por muitos dias, até que os personagens da trama se tornem lembranças boas que me farão folhear e reler alguns trechos do livro de vez em quando?! Essa pessoa sou EU!

Luciana Ramos tem um dom, minha gente! Ela escreve com o coração e conseguiu narrar uma história rica em detalhes, com um drama muito bem desenvolvido, um amor dilacerante e que beira o desespero, e ainda trata com muito carinho sobre um assunto pouco comentado em livros — pelo menos que eu saiba —, que é a Síndrome de Asperger, que acomete a pequena Bia, filha da protagonista Eva, com uma delicadeza ímpar. Isso sem falar na qualidade do enredo onde a autora consegue introduzir uma playlist que casa perfeitamente com cada capítulo. Imagino o trabalho que deve ter sido e o tamanho da pesquisa que ela fez para conseguir esse feito. E ela consegue com perfeição. Inclusive, ela teve o cuidado de enviar junto do livro — gentilmente cedido ao blog —, um CD com todas as músicas que constam na trama. São 25 músicas, uma por capítulo, às vezes até mais de uma, lindas por sinal.

Cante para mim contém uma história única e fazia anos que eu não sentia aquele frio na boca do estômago e aquela falta de ar durante a leitura de um livro. Como pode tanto sofrimento unido a tanto amor guardado, dilacerado, aviltado? E ainda com um suspense e um mistério totalmente coerente e plausível que fica em suspenso durante a trama, e a autora vai soltando aos poucos como lembranças visitadas pelos personagens. Tudo muito bem amarrado, e solto no momento certo.

Tá certo, não falei nada sobre a trama, sobre a história do livro em si, mas eu preciso dizer a você que está lendo essa resenha: se você gosta de um drama, de um romance sofrível, de um enredo bem escrito com um fundo musical digno de nota, eu recomendo que leia, que procure o livro na Amazon ou compre diretamente com a autora, e leia. Mas leia logo. Você vai sentir emoções conflitantes, irá rir, chorar e sentir saudades dos personagens quando terminar a leitura. Eu me sinto totalmente órfã de amigos que se tornaram queridos para mim, já com uma vontade imensurável de ler mais, qualquer coisa que a autora tenha escrito, porque acredito que terei as mesmas emoções e sentimentos que tive lendo Cante para mim.

O livro não faz parte de nenhuma série, mas a autora tem outros livros publicados, inclusive a Trilogia Amores Eternos, que em um dos seus livros conta a história de Arthur, filho do casal protagonista de Cante para mim, Lucca e Eva.

Caso você queira adquirir esse livro ou outra obra da autora, é só acessar o site e comprar diretamente com ela ou no site da Amazon, versão e-book. Não perca a chance de ler, você não vai se arrepender!

P.S.: Infelizmente, o livro tem alguns poucos erros de revisão. Ao enviar o livro para impressão, a editora não fez uma revisão final, usando a versão revisada apenas pela autora, o que causou um grande constrangimento que culminou no cancelamento da cerimônia de lançamento do livro. Mas ciente disso e relevando esse pormenor, a leitura flui perfeitamente e fica apenas o pesar pelo descaso das editoras ao publicarem os autores nacionais. Porém os erros já foram corrigidos e quem adquirir o livro diretamente com a autora ainda leva marcadores e CD com a playlist. 

9 comentários:

  1. O que dizer dessa resenha tão delicada e dessa escrita tão fluida? Fiquei muito feliz ao ler, tão cedo do dia, um texto primoroso escrito com muita acuidade e carinho. Sinto-me feliz com o fato da história de minhas personagens terem lhe despertado emoções diversas. Tenho muita afeição por este casal sofrido e que se ama de forma tão genuína. A Bia também é uma figurinha que me encanta (com suas manias e limitações Asperger). Você escreve muito bem. Sua resenha, Aurilene, me deixou comovida. Agradeço pelo carinho que você teve com o meu livro. Gratidão define. Fique com Deus. Beijos, Lu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço pela honra de ler o seu livro, foi realmente uma semana muito feliz de leitura. Bjs

      Excluir
  2. Oi Lena, como vai? Eu fico muito saciada quando leio quase quatro parágrafos de uma resenha onde alguém enobrece muito a autora. Por que? Simplesmente porque além dela ser brasileira, fico muito feliz em saber que possuímos grandes talentos na literatura. Eu amo um drama, um clichê, apesar de saber que sempre sofrerei com os personagens. Eu gostei da premissa do livro, lembrou-me um pouco de Sempre foi você, mas tenho certeza que ele não aborda no livro nada do que realmente vemos nesse. Estou ansiosa para ler ele! Pela sua resenha, o livro parece ser incrível, do tipo que nos faz ansiar por mais.
    Um beijo, Lena!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Miriã, a autora merece cada elogio e merece ser lida com certeza. O livro é maravilhoso, e pede muito mais que uma sequência, pede um filme.
      Compre seu exemplar e ganhe o CD para acompanhar cada capítulo com mais emoção. Você vai amar.
      Depois me conta!

      Excluir
  3. Olá, Leninha!

    Pelo que me lembro, o Autismo, que muitas vezes é confundido com a Síndrome de Asperger, foi citado e abordado em Querido John, de Nicholas Sparks. Como falei, são doenças parecidas que dificultam e muito o aprendizado e o convívio social de quem as tem, mesmo que apresentem uma inteligência incrível, mas que mesmo assim não são muito falados por aí. Sou irmã de um autista e diariamente minha família tem que lidar com as dificuldades, limitações e rotinas que a doença acaba nos impondo, mas nos dando orgulho a cada passo que ele dá em sua evolução.
    Já na divulgação no mês passado, fiquei encantada pelo livro e já quero comprar não só por mim, mas para a minha mãe, que vai sempre atrás de livros que abordem o Autismo e o Asperger (provavelmente comprarei o livro impresso, já que ela é mais acostumada com o livro no papel).
    Ah, e esse problema que a Lu vivenciou com as falhas na revisão não só acontece com os autores nacionais e editoras pequenas. Já vi muita resenha criticando erros de português em traduções de livros de autores internacionais e em grandes editoras e é vergonhoso, porque a leitura nos ajuda a criar um padrão mental para escrever melhor, mas quando o livro vem todo mal revisado, esse padrão sai errado e temos mais dificuldades de escrever corretamente. Por tanto editoras, tenham ainda mais zelo com seus livros. Não deixem a pressa de lançar um livro detonar com o português!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Leti, com certeza sua mãe vai apreciar a leitura. Compre o livro sim, tá em promoção inclusive e vai com CD da Playlist do livro, você e sua mãe vão amar.
      Amei seu comentário, como sempre coerente.
      Bjs

      Excluir
  4. Eu acabei de ler o livro "Cante para mim" e AMEI! Imediatamente entrei na amazon para comprar o livro que conta a história do Arthur (filho do casal) pois o livro fisico comprei direto com a autora (que alias, chegou rapido, autografado e com um lindo CD). Também devorei o livro em dois dias apesar do tamanho e super recomendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado do livro. A Lu escreve muito bem e merece nosso carinho.
      Bjs

      Excluir
    2. Como é bom saber que uma leitora gostou de um dos meus romances. Meu coraçao fica vibrando de alegria e gratidão a Deus. Obrigada, Patrícia, por todo apoio. Beijokassssss

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos