Reencontros - Linda Howard

Em uma manhã ensolarada no México, Milla Edge vê sua maior paixão desaparecer num piscar de olhos: seu bebê recém-nascido é literalmente arrancado de seus braços, num rapto violento e inexplicável. Carregando a angústia de não saber o paradeiro de seu filho, Milla funda uma organização especializada em encontrar crianças desaparecidas. Dez anos mais tarde, apesar de ter ajudado várias famílias desesperadas, ela continua sem ter qualquer pista sobre o crime que a marcou profundamente. Desde então, sua vida pessoal desmoronou e sua sanidade por pouco não foi afetada. Mas as coisas começam a mudar de figura quando Milla recebe um telefonema anônimo... A partir de então, a cada passo ela parece estar mais perto de seu filho - e também mais próxima da morte.

Conheci a escrita de Linda Howard lendo seus livros de banca. Quem não conhece a Família Mackenzie,  do papai Wolf, não sabe o que está perdendo.

Apesar de conhecê-la, nunca tinha lido seus livros de livraria, e acredito que comecei com o pé direito.
 
Depois de iniciada a leitura é que reparei na legião de fãs que esse livro tem, muitas amigas que leram estavam saltitantes para saber minha opinião, e claro que não poderia ser diferente, entrei para o grupo, amei o livro.

Linda Howard nos presenteia com um história completa, com todas as amarras muito bem trançadas, com um mote surpreendente e que pega desde a primeira página.
 
No início da leitura conhecemos Milla, uma pessoa realizada, que tem um marido apaixonado e que acaba de ganhar o melhor presente que Deus poder dar a uma mulher, seu filho Justin.

Mas sua vida desmorona quando Justin é sequestrado, literalmente arrancado dos seus braços. Começa assim a história de vida de um ser humano que abriu mão de uma vida inteira por uma única causa: reencontrar seu bebê.

Sua dor se tornou sua maior arma, mais do que uma pessoa em busca de seu filho, ela se tornou a representante de todas as mães que tiveram seus filhos roubados. Surge assim a "Finders", uma organização que busca encontrar crianças e adolescentes desaparecidos. Milla agora é uma guerreira que só descansa depois de ter seu trabalho concluído, mesmo que o final dos casos não sejam sempre felizes.

Linda Howard escreve com uma força e uma delicadeza primorosa, consegue criar personagens verossímeis e coerentes com os fatos da trama.

Milla é forte, mas sem nunca perder sua delicadeza, todos os personagens que a cercam tem um papel fundamental na trama, e vão se encaixando ao longo da leitura.

Conhecer Díaz entre tantos personagens só aumentou minha paixão pela escrita da autora, porque um homem assim, que transpira força e sensualidade, só encontramos em livros. Ele não é apenas um "cara" que aparece para ajudar, ele é fundamental e indispensável para o desenrolar da história. E criar machos alfa é um dom que Linda Howard tem.

As cenas entre Milla e Díaz são de matar, uma química perfeita, um entrosamento completo, mas sem nunca tirar o foco do mote principal.

Temas fortes como sequestro, tráfico de órgãos, assassinatos prendem o leitor de uma forma que só dá para largar o livro depois de virada a última página... Com um final condizente e maravilhoso.

Uma das coisas que mais gostei no livro é que a autora não tem só como foco principal o fato do filho de Milla ter sido sequestrado e sua busca incansável, ela nos mostra a Milla “pessoa”, “ser humano” “mulher” acima de tudo. Podemos sentir toda a sua dor, sua gana por justiça, sua força e suas fraquezas. Em certos momentos durante a leitura me vi à beira das lágrimas, tamanha a sensibilidade da escrita.

Com certeza Linda Howard conseguiu passar em 362 páginas uma história completa. Ao término da leitura fiquei com a sensação de dever cumprido.
Super recomendo!

25 comentários:

  1. Oi Leninha!! Até hoje só li um livro da Linda e gostei bastante.
    depois dessa resenha super apaixonada, só posso dizer que quero ler esse livro.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Leninha! Meus books do céu!!!kkk


    Esse livro esta na minha lista de leitura há muito tempo... mas cade a coragem amiga?! Eh muito emotivo, neh?




    Resenha linda!


    bj

    ResponderExcluir
  3. Esse com certeza merece ser lido!
    Espero que você leia e goste tanto quanto eu.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Tira ele da lista e leia logo mouler!
    Ele é emotivo, tocante e logo no prólogo já dá aquele frio no estômago.
    Espero que você leia e goste tanto quanto eu!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a LH!!
    Esse livro figura entre os meus favoritos!!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi fofinha!


    Vamo q vamo!!! kkkk


    #TOPTOPFURAFILA


    bjao e parabéns pelo blog


    Obs: quero seu endereço pra mandar os marcadores de japonesa/origami que faço. Manda um recadinho pelo skoob ou face!

    ResponderExcluir
  7. Oba, vou mandar pelo skoob privado, valeu lindona e obrigada!

    ResponderExcluir
  8. ok lindinha. Me informa tb, sua cor preferida! smackkkkk

    ResponderExcluir
  9. Não conheço a autora nem em livros de banca e menos ainda em livraria...
    Mas sua resenha acendeu uma chama de curiosidade... gostei da trama, e já estou aqui esperando que tenha um final feliz.

    ResponderExcluir
  10. Ei, Leninha, gostei muito da sua resenha! Fiquei com uma vontade danada de ler o livro! Deve ser mesmo muito lindo, principalmente por tratar de filhos desaparecidos! Acho que li poucos romances de banca da Linda, e nenhum de livraria!


    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi lena!
    E pensar que perdi de comprar esse livro em pormoção....
    Ai que triste! kkkkkkkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Muito bom qiando chegamos ao final da leitura e isso acontece. Com certeza um livro que quero ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Tenho alguns livros da autora e já os li, mas esse ainda é um dos principais desejados. Depois de ler a resenha se tornou mais vip ainda, agora preciso comprar mesmo. Adorei a temática diferenciada e o casal parece ser daqueles que conquista de cara.
    Bjkas,
    Monique Martins

    MoniqueMar

    @moniquemar

    ResponderExcluir
  14. Sou completamente apaixonada por esse livro. Me marcou tanto que ainda me emociono só em pensar.


    Que bom que você gostou Lena.


    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Leia Dani, leitura mais que indicada!
    Ah o final é mara...

    ResponderExcluir
  16. Linda caprichou nesse livro, muita emoção para um livro só.
    Certeza que você vai gostar!

    ResponderExcluir
  17. Espera que ele entra em promo novamente, ai vc não perde, viu?!

    ResponderExcluir
  18. Livros assim são inesquecíveis.
    Leia linda e volta para me contar o que vc achou!

    ResponderExcluir
  19. Vip, inesquecível e agora está entre meus intocáveis!
    O casal conquista de verdade, uma química perfeita!

    ResponderExcluir
  20. Não sei onde vc estava que não tinha me indicado esse livro ainda mouler!!!
    Eu não gostei... Eu amei, adorei!

    ResponderExcluir
  21. Ok, eu tenho que admitir, a tipografia da capa do livro ficou horrível. Parece livro americano (o que não é um elogio aqui). Mas me interessei pelo contexto do livro, parece interessante!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  22. Fiquei bem curiosa pela leitura depois de ler sua resenha flor.....\o/...mais um para minha enorme lista...rsrsr....boa quinta-feira...beijokas elis

    ResponderExcluir
  23. Eu adoro os livros da Linda Howard, esse em particular é lindo. Tem tristeza, superação, amor, espionagem, É uma mulher que nunca desiste de reencontrar seu filho nessa busca encontra um novo amor. Choro qdo ela coloca a felicidade de seu filho acima de sua própria. LINDO.

    ResponderExcluir
  24. Olá, não consegui segurar as lágrimas... Um dos livros mais marcantes que já li. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos