Um Novo Amanhã - Nora Roberts

A tradicional pousada da cidade de Boonsboro já viveu tempos de guerra e paz, teve diversos donos e até sofreu com rumores de assombrações. Agora ela está sendo totalmente reformada, sob direção dos Montgomerys, que correm para realizar a grande reinauguração dentro do prazo. Beckett, o arquiteto da família, é um charmoso conquistador que passa a maior parte do tempo falando sobre obras, comendo pizza e bebendo cerveja com seus irmãos Ryder e Owen. Atarefado com a pousada, ultimamente nem tem desfrutado de uma vida social decente, mas pretende mudar logo isso para atrair a mulher por quem é apaixonado desde a adolescência.
Depois de perder o marido na guerra e retornar para Boonsboro, Clare Brewster leva uma vida tranquila cuidando de sua livraria e dos três filhos. Velha amiga de Beckett, ela volta a se reaproximar dele ao ajudar nos preparativos da pousada.
Em meio a essa apaixonante reconstrução, rodeados de amigos, Beckett e Clare passam a se conhecer melhor e começam a vislumbrar um futuro novo e promissor juntos.

E cá estou eu novamente tentando resenhar um romance da diva Nora Roberts. Devo confessar que escrever sobre ela é tão gratificante quanto lê-la, até porque nos deixa com uma sensação tão boa quando terminamos seus livros, que a inspiração flui, assim como suas histórias.

Em minha humilde opinião, acho que é impossível não gostar desse livro. Aqui se percebe o quanto Nora, apesar de escrever histórias diferentes, consegue nos trazer familiaridade com seus personagens, é fácil lembrar-se desse ou daquele livro já escrito pela autora. Eu, particularmente, adoro quando seus personagens foco são os homens — quem não conhece os irmãos Quinn, da Trilogia da Gratidão, precisa conhecer urgentemente —, pois consegue descrever e caracterizar um homem como ninguém. Eles são fortes, sensíveis, apesar de usarem as mãos para trabalhar e se manter, são cavalheiros e, acima de tudo, dão valor à família sobre todas as coisas. Como não amar personagens assim?!

Em Um Novo Amanhã, conhecemos os irmãos Montgomerys: Beckett, Ryder e Owen, e, claro, sua mãe maravilhosa, Justine. Uma família unida e que está às voltas com a reforma do que será a atração principal da cidade, a Pousada de Boonsboro. O personagem principal aqui é Beckett e sua paixão adolescente por Clare. Um homem adulto que perde a fala quando vê uma mulher não é uma gracinha de se ver?!

Já Clare não é nenhuma adolescente agora. Viúva, mãe de três garotos e dona da única livraria da cidade, ela é força e ação. Depois da morte do marido tomou as rédeas da sua vida e tocou a bola para frente, a única coisa que ainda não se permitiu, foi amar novamente. Mas Beckett estava conseguindo tocar seu coração com seu jeito sensível e seu cuidado, tanto com ela quanto com seus filhos.

Gente, não preciso dizer mais nada, só mesmo lendo o livro para você perceber que Nora Roberts tem muito para nos oferecer. Temos uma história que pode parecer clichê, mas que cresce a cada página. É notável o envolvimento, os sentimentos existentes entre os protagonistas; o carinho entre os irmãos; a cumplicidade das amigas Clare, Hope e Avery; tudo escrito com delicadeza, simplicidade e um toque de amor que só autora consegue dar à suas histórias, sem se tornar piegas.

Acho que ficou claro o quanto eu gostei da história, não é?! Então acho que dizer sobre minha ansiedade em conhecer mais desse universo familiar dos Montgomerys, seria até cansativo. Mas quero deixar claro, tô doida pelo segundo livro, quero ler “para ontem”.

Recomendo a leitura com a certeza de que todos irão gostar, até porque Nora é Nora. Tenho dito!

8 comentários:

  1. Eu estou louca para ler esse livro porque depois que li O Quarteto de Noivas, acabei amando a Nora! Estou louquinha para começar e já ouvi falar do livro. Sua resenha está maravilhosa, beijos!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Miriã, a resenha faz jus ao livro, vc vai amar.
      Bjs

      Excluir
  2. Lá vem mais uma série de novo...aí num guento, não!...rs

    ResponderExcluir
  3. Ei Lena,

    Ai que delícia, já vi que devo gostar. Vou ler em breve, estou com ótimas expectativas. Aquela série anterior dela, esqueci o nome, dos quatro casamentos rsrs, das meninas que tinham uma empresa de casamento, achei todos iguais demais, só gostei muito mesmo do primeiro.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você leu a Trilogia da Gratidão? Se não leu nem vai notar, mas a Nora sabe escrever maravilhosamente quando seu personagem foco é um homem, acredito que você vai gostar muito. Beckett é sensível, apaixonado, forte, másculo e ama a família incondicionalmente. Homem assim tá pra nascer.
      Depois me conta o que você achou.
      Bjs

      Excluir
  4. Sabe, eu tinha ficado um pouco decepcionada com os últimos romances da Nora. Não que tenha detestado, mas achei td muito igual, blasé. Comecei a ler este sem mtas expectativas- e me surpreendi! É uma história simples, sem grandes dramas ou revelações, mas me cativou. Mal posso esperar para ler os próximos da série.

    bjs!

    Thaís:)

    Uma Conversa sobre livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro pega por sua simplicidade, você não espera demais e vai se apaixonando ao longo da narrativa. Também estou doida pelos outros, e que venham mais Montgomerys.
      Bjs Thaís!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos