Destaques do Ano - 2017


Pode parecer cedo, mas lá vamos nós outra vez encher as Timelines do povo com os posts de melhores do ano, piores e afins. Como para mim é sempre complicado dizer qual o melhor livro ou livros do ano — até porque não saberia distinguir dentre os livros que li qual seria o melhor ou não —, então decidi novamente fazer o destaques do ano, por categorias. Claro que as categorias foram escolhidas por mim, mas e daí, o blog pode se dar a esse luxo. (Risos)
Espero que curtam as minhas indicações, salientando que durante esse ano não teve nenhum livro que eu desabonasse ao ponto de escolher a categoria pior do ano.

Curtam o post e vamos aos indicados:

* Melhor drama estrangeiro:
Mais uma vez o Tio Nick me deixou desidratada e totalmente apaixonada por uma de suas histórias. 

Preciso dizer que amei Dois a Dois?! Preciso falar mais sobre todas as emoções que senti? Preciso pedir que você leia?! 
Pois é, está dado o recado.


* Melhor drama nacional:

- À Espera de um Adeus – Jorgeana Jorge.
Foi um prazer inenarrável conhecer esse romance cristão que me deixou completamente apaixonada. 

A leitura foi um bálsamo, me vi presa em suas páginas e totalmente grata por estar lendo algo tão bem embasado na palavra de Deus.
Foram 294 páginas de um aprendizado que irei levar para minha vida e creio que será para cada um que tiver o prazer de ler esse livro, escrito com um carinho impar. 


* Melhor Romance:

Essa foi a escolha mais acertada que fiz ao retirar um livro esquecido na minha estante para ler. Lenda foi mais que uma ótima leitura, foi um livro para nunca esquecer e reler sempre.

Com a certeza de dever cumprido, eu parabenizo Jude Deveraux pela maestria com que conduziu a escrita desse romance. Sonho com uma continuação, ou com a história de outros personagens que ficaram e ficarão para sempre na minha memória. Adoraria revê-los em outros livros da autora, garanto que compraria e leria assim que os tivesse em mãos.


* Melhor Romance de Época Estrangeiro:

Quando o quesito é releitura esse livro ganha em qualidade e graça, fiquei completamente tonta com o prazer que foi essa leitura.

Em alguns momentos da trama dá vontade de fazer parte da história, se envolver mesmo, entrar nas conversas de tanto que os diálogos são interessantes e de certa forma, divertidos. Recomendo a leitura para ontem!



* Melhor Romance de Época Nacional:

Quando o assunto é romance de época Babi A. Sette tem todos os quesitos para encantar, e fazer do seu leitor um refém de sua história. Eu amei cada passagem e o encantamento que ela me trouxe.

Temos então um romance de deixar o coração faltando uma batida, com todos os detalhes que uma bela história de amor precisa para deixar o leitor completamente apaixonado.



* Livro mais esperado do ano:

Quando soube da publicação desse livro pela Editora Record eu já o desejei com todas as minhas forças. E foi um prazer tê-lo em mãos e poder desfrutar cada página.

Prepare seu coração para conhecer esse casal maravilhoso, numa história bastante sensual e romântica, com tudo que um bom romance deve ter: mistério, dramas pessoais, intrigas e um final arrebatador. Recomendo a leitura!


* Melhor série:

- As Quatro Estações do amor – Lisa Kleypas.
Não tem como não se apaixonar por essas quatro amigas que juntas causam o maior rebuliço na sociedade. Eu amei cada uma delas, seus dramas e situações pelas quais elas passaram. Amar é pouco. 


* Livro surpresa do ano:

Eu realmente me surpreendi quando logo nas primeiras páginas dessa história eu me via dentro dela, sentindo todas as emoções e os sentimentos dos personagens. Envolvente, tocante e absurdamente emocional. Não tem como resistir.

Com certeza essa é uma história que irá mexer com o leitor...


* Recorde de lágrimas:

- Um Verão para Recomeçar - Morgan Matson.
Desidratada, foi assim que fiquei depois dessa leitura. Isso acontece quando você já começa a ler sabendo que algo ruim vai acontecer. Mas, nada me preparou para o quão tocante foi o desfecho desse que considero uma das melhores leituras do ano.

Existem histórias que lemos e passam, algumas que deixam saudade e outras que marcam a alma da gente e Um Verão para Recomeçar é um desses exemplos.


* Decepção do Ano:
- Felizmente esse ano não tive nenhuma leitura que me decepcionasse. Amém!


* Casal inesquecível:

- Paola e André Sorrisos Quebrados, de Sofia Silva.
Esse casal me ensinou o quanto o amor pode ser a cura para todos os males. Só lendo para entender o quanto o sofrimento pode maltratar a alma de uma pessoa, mas o amor que nasce entre esses dois personagens inesquecíveis transborda e atravessa as páginas do livro. 

Dizem que quando a gente gosta de um livro ficamos impregnados dele durante muito tempo, e é assim que me sinto agora, pintada com as cores fortes e brilhantes que Paola usa para esconder suas cicatrizes. Me sinto parte da história, cheia de amor e de esperanças.


* Livro mais gracinha:

Difícil não lembrar das aventuras e traquinices da pequena Estopinha quando se lembra de livros gracinhas. Topa é uma fofa e nos deixa encantados com sua história de vida. 

Achei de uma sensibilidade impar a publicação desse livro, recheado de fotos, primoroso em seus relatos e acima de tudo emocionante. Foi tocante conhecer a Estopinha e sua família atípica que encanta seu público e contabiliza fãs pelo Brasil.


* Melhor Vilão:

Só lendo para entender o quanto esse vilão é perverso, desumano e feroz. Senti tanto asco e raiva desse personagem que demorei a iniciar outra leitura. Só mesmo desvendando o mistério da Coisa para tentar compreender. 

Ainda estou meio perplexa com toda a história, mas principalmente com o seu final, que além de surpreendente me deixou muito tensa e revoltada. Mas só lendo para entender o que estou dizendo. Então fica a dica: Leia e se surpreenda também com mais uma história de Louisa Reid.


* Melhor livro Policial:

- A Grande Ilusão – Harlan Coben.
Esse ano me surpreendi ao ler dois livros policiais e entre eles escolhi Harlan Coben para abrilhantar os destaques do ano. Realmente foi uma grata surpresa.

Essa foi com certeza uma fugida da minha zona de conforto onde gostei de me aventurar.


* Melhor pano de fundo:

- Segunda Guerra Mundial , no livro Os Meninos que enganavam Nazistas.
Claro que não poderia deixar de destacar esse pano de fundo. Adoro livros que retratam sobre a segunda guerra mundial, e aqui conseguimos ter uma visão inocente, porém vivaz do quão difícil foi enfrentar esse tragédia. 

Não tem como não se deixar envolver com a narrativa dessa grande “aventura” contada pelos olhos de uma criança que cresceu com marcas de um aprendizado feito à duras penas, e que vem nos contar sua história com o intuito de ensinar e de certa maneira também aprender.




* Melhor Editora do ano:


Mais uma vez o ano é da Arqueiro, não só na qualidade de seus lançamentos — tem para todos os gostos e estilos —, como também no trato com os leitores e parceiros. Merece palmas e elogios. 



* Autor revelação do ano:

- Jorgeana JorgeSofia Silva.
Esse ano decidi destacar apenas duas autoras que tive a honra de ler e que me impressionaram pelo talento e sensibilidade, não só na escrita como na personalidade.
Jorgeana Jorge me deixou extasiada com sua história e me inspirou a me avaliar melhor e melhorar como pessoa. Sofia Silva me encantou com sua doçura e com seu jeito único de tratar as pessoas.
As duas merecem meus aplausos e meu abraço! Parabéns!



Então é isso, espero que tenham gostado. Eu amei fazer o post! 
E vocês, amigos e seguidores do blog, digam para mim quais foram os destaques do ano na opinião de vocês. Deixe aí nos comentários, irei adora conhecê-los.

10 comentários:

  1. Mulher do céu, e eu ganhei duas estatuetas? Que privilégio! Só tenho a dizer que para mim foi um grato presente conhecer você e seu trabalho. Saber que uma leitura influenciou positivamente alguém é bom, imagina quando é o livro que a gente escreveu?! Sua lista está ótima e vou anotar tudinho aqui. Mais uma vez, muuuito obrigada. E aproveito para desejar boas festas para você e a todos os seus seguidores. ❤️😘

    ResponderExcluir
  2. Leninha!
    Tantos livros bons que fica difícil escolher, né?
    Não li nenhum da sua lista de melhores do ano.
    Para mim o melhor livro foi Raio de sol.
    Uma semaninha abençoada na paz do Senhor e FELIZ NATAL!
    “Celebrar o Natal é crer na força do amor, é isto que transforma o homem e o mundo. Feliz Natal!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil demais, Rudy!
      Raio de Sol foi um dos melhores livros que li ano passado, muito bom mesmo.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi, Leninha!
    Assim como acontece com você também é complicado pra mim escolher qual o melhor livro ou livros do ano, são tantas leituras maravilhosas durante todo ano!...
    Mas achei bacana essa sua ideia dos destaques do ano por categorias, assim fica bem mais fácil, né?!
    Li a história de Piers e Linnet esse ano e também pra mim esse livro foi o Melhor Romance de Época Estrangeiro, os diálogos interessantes e divertidos são pra mim um dos pontos fortes!
    Ah, eu não vejo a hora de ler Não me esqueças, de Janeiro ele não passa!

    Ainda não tive a oportunidade de ler nada da Lucy Vargas mas quero muito ler Um acordo de cavalheiros...
    A série As quatro estações do amor também está na minha lista de leitura.
    Meu livro surpresa do ano foi Escolas dos Mortos da Karina Vidal, é uma fantasia nacional, confesso que estranhei o nome de início mas arrisquei a leitura sem nem mesmo ler a sinopse, o que é raro de acontecer comigo pois sempre leio a sinopse antes de iniciar a leitura de um livro, e acabei me encantando e me apaixonando pelo universo que a Karina criou!
    Ah, eu também amei conhecer esse casal, Paola e André são mesmo inesquecíveis! ❤
    Apesar de gostar do gênero ainda não li nada do Harlan Coben mas recentemente ganhei O medo mais profundo e pretendo ler logo no início do ano que vem.
    Concordo com você em relação a Melhor Editora do ano, a Editora Arqueiro arrasou nesse ano!
    Enfim, amei seus suas escolhas.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre uma tarefa difícil selecionar livros por melhor ou pior, por isso criei esse jeito de valorizar os livros pelo que eles tem de melhor.
      Amei seu comentário!
      Bjs

      Excluir
  4. Olá, Leninha!

    Uma das coisas que me entristeceram este ano foi minha ausência dos blogs que amo. Apareci bem pouco. Tentei muito ter mais tempo, mas foi um ano muito corrido. Não creio que o ano que vem será mais fácil por conta do TCC. Mas sigo amando muito seu blog e sempre que penso em Nicholas Sparks lembro de você.rsrs

    Já imaginava que não faltaria o autor da desidratação no seu Destaques do Ano.kkkkk Eu amo os livros que li do Nicholas. Com todo o meu coração. Mas ele me dá pânico. Porque sempre que arrisco uma leitura dele sofro horrores. São tantas lágrimas que realmente me dá medo ler outras histórias do autor. Lembro que quando li Um Amor para Recordar eu chorei até passar mal. Literalmente. Para você ter uma ideia do que ele provoca em mim. Já chorei terrivelmente com outros autores, mas o Nicholas é aquele que acaba comigo. Por isso tenho real medo dos seus livros.

    Falando ainda em autores que me destroem... Li Corações Feridos da Louisa Reid ano passado. O livro me envolveu tanto que concluí a leitura em poucas horas e foi puro pranto. Não dá para esquecer aquelas duas irmãs, tão machucadas pela vida, pela família que não puderam escolher... pela negligência daqueles que fingiam não enxergar o que se passava naquela casa. Amei o livro! Demais! Ficou entre os melhores de 2016, mas não acredito que lerei outro livro dela nem tão cedo.

    Harlan Coben é um dos meus autores queridos! :D Sou fã de suspenses, romances policiais e subgêneros. Depois dos romances é o que mais gosto de ler. E ele é um dos melhores autores para mim. Depois do Sidney Sheldon, claro.

    Esta série da Lisa Kleypas já está em minha meta de leituras de 2018. Ansiosa para lê-la!

    Babi A. Sette é uma das escritoras nacionais que mais me recomendam. Tanto que comprei livros dela por pura indicação de leitores. Começarei por A Promessa da Rosa e O Despertar do Lírio.

    Amo releituras! Mas creio que a primeira releitura escrita pela Eloisa James que lerei será a da Cinderela. É meu conto de fadas preferido. :) A Bela e a Fera está em segundo lugar, por isso será minha segunda aposta da autora.rs

    Se eu fosse escolher a melhor editora para mim também escolheria a Arqueiro. Sou apaixonada por esta editora e desejo muito jamais me decepcionar com ela. Já me decepcionei tanto com editoras... Espero que a Arqueiro siga me encantando sempre. Muitas vezes compro livros por simplesmente terem sido publicados pela Arqueiro.

    Outra editora que está me apaixonando é a Zahar, com suas edições belíssimas e cuidadosas, cheias de dedicação! E a Martin Claret que já foi tão criticada por leitores é outra que está me causando uma ótima surpresa! Como não amar as edições de luxo dos livros da Jane Austen, por exemplo?!

    Leninha, eu amei seu post! Acho que vou "roubar" sua ideia.kkkkkkkk... Sempre faço retrospectiva com os 12 melhores e/ou piores do ano, mas nunca dividi por categorias. Posso pegar emprestadas algumas das suas categorias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei seu comentário Luna, senti sua falta esse ano mesmo. Espero que mesmo com seu TCC dê para passar aqui pelo menos de vez em quando. Pode pegar qualquer categoria que quiser, só não esqueça de me marcar pra eu ler seu post. Bj e um 2018 iluminado pra vc.

      Excluir
    2. Post já pronto, se quiser conferir, Leninha: https://lunadelua.blogspot.com.br/2017/12/retrospectiva-2017-melhores-do-ano.html

      Muito obrigada! Desejo um 2018 maravilhoso para você também! cheio de luz, amor, felicidade, união, paz e de tudo o mais que for bom!

      Bjs!

      Excluir
  5. Como não sou uma pessoa muito exigente confesso que por isto tenho bastante dificuldade em classificar qual foi a melhor leitura, principalmente porque costumo sempre ler os mesmos gêneros no entanto este ano consegui dar uma variada, e por isto pude ter uma maior postura critica. Bom, primeiramente queria dizer que você teve ótimas experiencias literárias, uma pena que não li nenhum dos livros citados, apesar de vários dos títulos estarem na minha lista de desejados. Mas um dos livros citados que mais me despertou curiosidades foi a obra À Espera de um Adeus que eu ainda não conhecia, entretanto após ganhar duas indicações foi capaz de me desperta interesse. Da editoras queria indicar uma da qual li bastantes livros este ano, e gostei bastante foi a Universo dos livros, exatamente por ter lido diversas obras durante o ano.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos