P.S. de Paris – Marc Levy

Mais uma vez estou encantada com a escrita de Marc Levy, que de forma ágil e divertida me proporcionou momentos únicos de entretenimento. E qual não foi minha surpresa ao descobrir que aqui conheceremos o desenrolar da vida de Paul, amigo de Arthur e Lauren, protagonistas da história inesquecível “E Se Fosse Verdade”, que para quem não conhece foi o romance de estréia de Marc Levy.

Conheceremos aqui Mia, uma atriz que está em fase de cura de um casamento arruinado e que se refugia em Paris, para de certa maneira, fugir dos holofotes. Através de um site de relacionamentos ela conhece Paul, numa situação bastante inusitada — que nem vou comentar para não perder o brilho da história.
Paul não esperava encontrar em Mia uma amiga tão interessante, e com a escrita de Marc Levy temos um romance que nasce aos poucos, e que mesmo sem ser o foco principal da trama, deixa o leitor sempre a espera de mais. E os diálogos criados pelo autor conseguem prender de uma maneira que fica impossível largar o livro até que se vire a última página.

Paul transpassa uma personalidade bem mais constante do que Mia que tem conflitos bem mais intensos, e isso faz com que a narrativa exerça um poder sobre quem lê, nos torna observadores dos fatos e fãs de personagens cativantes e encantadores. Eu, particularmente me sinto pressa à narrativa, mesmo depois de dias do término da leitura.

O que mais me tocou durante toda a história foi a maneira sutil com que amizade se transforma algo mais, e o quanto nossos protagonistas gostam da presença um do outro. E o que pode ser uma amizade para a vida toda vai trilhando caminhos sutis e migram sorrateiramente para um amor romântico, daqueles bonitos de se ver nos filmes.

Acho que não preciso dizer o quanto gostei do livro, não é verdade?! Marc Levy tem o dom de cativar seus leitores com histórias encantadoras, daquelas que imaginamos que acontecem em Paris todos os dias.
Super recomendo a leitura!

Nos cinemas, Mia interpreta uma mulher apaixonada. Mas na vida real, ela é uma atriz que precisa desesperadamente de um tempo de seu marido – a mega estrela que interpreta seu par romântico nos filmes.
Então, ela atravessa o Canal da Mancha e busca refúgio em Paris, com um novo corte de cabelo, óculos falsos e um trabalho de garçonete no restaurante de sua melhor amiga. Paul é um autor americano que espera resgatar o sucesso de seu primeiro romance.
Quando seu melhor amigo força um encontro com Mia através de um site de namoro, o status de relacionamento dos dois muda para "complicado". Mesmo que Paris pareça estar juntando o casal, eles resistem, solitários, inventando desculpas cada vez mais exageradas para permanecerem apenas amigos.
Mas o destino tem outros planos para eles. O amor verdadeiro estaria esperando no final dessa história?

5 comentários:

  1. Nossa, muito tempo que não li o nome do autor e oh, só li dele O Primeiro Dia(há anos) e amei eu jeito terno de conduzir o enredo na época.
    Sou uma romântica que não quer cura, então histórias assim do amor construído pouco a pouco, devagarinho e com toda essa ternura, já me encantam de cara.
    Uma mulher tentando se reconstruir, um moço que ai ai,você não revelou o segredo e um amor nascendo da amizade!
    Já vai para a listinha dos desejados né?rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Deve ser um romance encantador
    Daqueles que aquecem nosso coração
    Dica anotada bjs

    ResponderExcluir
  3. Leninha!
    O autor tem esse dom de encantar a nós leitores quando cria personagens tão envolventes.
    E como boa apaixonada e romântica na vida, tenho de poder ler mais esse omance delicioso do autor, tão carregado de sentimentos e que emociona.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ainda não li nada do autor (#chocada), afinal a história parece ter bastante elementos do que eu sempre procuro nas minhas leituras, mas em contrapartida já assisti ao filme e amei, e claro, já fiquei com aquela vontade de ir conferir o livro para começar esse e poder entender melhor as referencias nessa história, que alias parece ser bem amorzinho, daquelas que aquece nossos corações e até nos faz recorrer a nossa caixinha de lencinhos (porque não).

    ResponderExcluir
  5. Olá! ♡ Tô apaixonada pela premissa desse livro! Parece uma história bem fofa, que nos faz suspirar e torcer muito pelos personagens para que eles fiquem juntos. Nunca li nada do autor, mas morro de vontade, sempre leio resenhas positivas sobre seus livros.
    Eu simplesmente amo o filme de E Se Fosse Verdade, é uma das minhas comédias românticas favoritas, já assisti várias vezes e pretendo assistir de novo, estou com saudade desse filme. A Reese Whiterspoon e o Mark Ruffalo são atores maravilhosos e fizeram uma dupla e tanto nesse filme ♡
    Uma das coisas que mais gostei sobre esse livro é que o mesmo se passa em Paris, li poucos livros que se passam em outros países sem ser o Brasil ou Estados Unidos. Tirando o fato de que acho que não existe melhor lugar para se desenvolver um romance do que Paris, amei a escolha do autor! ♡
    Nem preciso dizer que adorei que Arthur e Lauren aparecem em P.S de Paris, vou adorar revê-los e saber como está sendo a vida deles agora.
    Gostei demais que o romance entre Mia e Paul vai sendo trabalhado e desenvolvido aos poucos, esse é um fator que me agrada demais ver em romances. Estou bem curiosa para saber que situação inusitada é essa em que eles se conhecem.
    Quero muito conhecer Mia e Paul e poder acompanhar a amizade deles se transformar em algo mais.
    Bem que podiam fazer um filme para P.S. de Paris também, seria ótimo! ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos