Encontre-me ao Entardecer – Lucy Vargas

É sempre complicado fazer a resenha de um romance de época sem parecer repetitiva e um tanto quanto clichê, a não ser, é claro, que o livro seja tão gracinha e romântico que acaba encantando a ponto de se tornar um dos melhores já lidos. Mais uma vez Lucy Vargas conseguiu me encantar com uma de suas histórias, e olha que não foi a primeira vez. 

Quero deixar registrado que percebi uma diferença sutil, porém bem peculiar entre seus livros. Em A Perdição do Barão  e Um Acordo de Cavalheiros, a veia mais dramática na narrativa é bem sentida, porém aqui nessa história Lucy consegue transpirar doçura e encantamento, é como se sua veia romântica estivesse bem mais aguçada. #protofalei
Agora vamos falar da história...

Eloisa é uma daquelas mocinhas impetuosas, valentes e que apesar de sua ingenuidade consegue se aventurar sem medos, sem amarras, e isso acaba colocando-a em situações bem atípicas para sua posição social. Eugene é o filho mais novo do Duque de Betancourt e retorna da guerra ferido não só no corpo como também na alma. 

Dois personagens que não tem nada a ver, mas que ao se encontrarem trazem uma para o outro o que buscam incessantemente: Eloisa luta para ajudar um homem duro a ver a vida com outros olhos e Eugene busca um refrigero na alma, alguém que o faça esquecer suas dores e lhe dar um pouco de esperanças.

Então eis que uma situação constrangedora faz com que ambos se ajudem, mas muda completamente o espírito vivaz de Eloisa, tornando-a uma pessoa desiludida e triste, o que para Eugene é como se a dor fosse sua, tamanha a admiração que sente por aquela menina tão doce. 

Algum tempo se passa e eles se reencontram, ambos mais velhos, mais vividos e aparentemente curados de suas dores. Para Eugene, Eloisa é seu maior desejo, ele quer tê-la, amá-la e nunca mais ver um olhar triste em seus rosto. Já Eloisa está conformada com sua vida na corte, não almeja um casamento e nem um grande amor, porém Eugene consegue tirá-la dos eixos, a seu ver Eugene é apenas um bom amigo, alguém que ela deseja por perto, mas seu coração aos poucos lhe diz que existe mais a ser descoberto.

Lucy Vargas nos brinda com um romance apaixonante, delicado e leve, que encanta o leitor desde a primeira página. Um dos pontos fortes da trama é o amor que vai crescendo gradativamente, que transforma uma amizade tão singela em um amor que nasce da convivência. Eugene que a princípio parece um homem turrão e duro acaba se tornando um dos personagens mais cativantes dos livros da autora, pelo menos dos que já li. Ele nos deixa aos suspiros com seu jeito de falar, de encantar nossa mocinha de forma gradual e sem deixar brechas, porém nunca sufocante. 

Com certeza esse é um daqueles romances que você suspira ao terminar de ler, pois ele tem uma narrativa leve, extremamente romântica e divertida. Só posso render elogios à autora e aguardar o próximo livro da série Rosa entre Margaridas com ansiedade, e a certeza de que amarei a todos. Recomendo a leitura.

Eloisa pensou que tinha tudo: os melhores amigos e o amor de sua vida. Mas foi preciso apenas uma tarde fatídica para desiludir todos e causar uma reviravolta em seus destinos. Nada será como antes. Com tantos laços quebrados e sonhos destruídos, parece impossível lutar.
Como segundo filho do duque, Eugene decide trilhar seu próprio caminho, e parte para a guerra contra a vontade do pai. Mas acaba salvando o irmão e retorna com o corpo machucado e a alma despedaçada. Para voltar a andar, terá uma nova batalha para vencer. A última coisa que deseja é se envolver nos dramas da prima de seu melhor amigo, mas isso faz sua vida tomar um novo rumo.
Quando se reencontram, Eugene está decidido a trazer de volta a jovem que o salvou da amargura. Porém, Eloisa mudou muito e terá de tomar a decisão mais importante de sua vida.

2 comentários:

  1. Ah meu Deus!O que fazer depois de ler uma resenha tão doce assim?? Fiquei aqui olhando os dois livros que tenho da autora ali na estante(A Perdição do Barão e Um Acordo de Cavaleiros)que espero ler logo mais, assim que minha fila der uma diminuída..rs
    Mas quando a autora lançou este último trabalho, já sabia que viria algo assim, doce, romântico e intenso.
    Não somente pelo passado dos dois personagens, mas também por apresentar uma mulher forte(eu ando amando isso de transpor o lance criado de mocinhas frágeis e ingênuas)
    E por tudo que li acima, Lucy mais uma vez arrasou e até melhorou o que já era perfeito!
    Com certeza, lerei e em breve!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá! ♡ Ahhh, como eu amo um bom romance de época! É sem dúvida um dos meus gêneros favoritos da vida!
    Ainda não li nenhum livro da Lucy Vargas, mas tenho muita curiosidade, já que ela é destaque nacional no gênero. Estou com altas expectativas para esse livro, já que a autora parece ter caprichado no romance e na doçura.
    Confesso que amo romances drámaticos, ainda mais os de época, mas tenho uma grande queda pelos romances que pendem para um lado mais doce e fofo.
    Adoro ver mocinhas fortes e determinadas, à frente de seu tempo!
    Achei fofo e muito bonito o fato de Eloisa querer ajudar o Eugene, que foi para a guerra e a mesma deve ter deixado grandes marcas no personagem, enxergar a vida com mais cor.
    Estou curiosa para saber que situação é essa, para fazer Eloisa mudar drasticamente, se tornando uma pessoa triste.
    Gosto bastante do clichê dos personagens que se conhecem, mas que por algum motivo tiveram que se separar e anos mais tarde ambos se reencontram mais maduros.
    Acho maravilhoso quando o romance cresce gradativamente, principalmente quando o mesmo surge de uma amizade.
    Estou realmente precisando de um livro fofo e romântico, com certeza vou fazer essa leitura, estou apaixonada pela premissa do livro!
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡





    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos