Pra você que teve um dia ruim – Victor Fernandes

Pra você que teve um dia ruim, do Victor Fernandes, é, antes de qualquer definição literária de gênero, um livro sobre intimidade. Sobre a intimidade que você estabelece consigo, com seus amigos, com o mundo, com o que é o outro. Em pequenas crônicas cotidianas, o autor usa suas experimentações humanas como o cenário para desenvolver relatos sinceros sobre a vida, o amor, os afetos, o perdão, o autoconhecimento e o aprendizado.

Extremamente pessoal, mas, ao mesmo tempo, generalista - pois parte de experiências que são também nossas - a obra está focada, sobretudo em fazer o leitor refletir acerca de suas ações e das coisas pelas quais se deixa atingir. Ousaria dizer que o livro é mesmo uma conversa entre o autor e o leitor, sendo ambos personagens das histórias que estão acontecendo o tempo inteiro e que são delicadamente apreendidas no instante da escrita do Victor.

Nascido na leva de autores que ganharam notoriedade através da internet, Victor Fernandes, já no título, expõe bem qual é o material bruto da sua escrita: as escolhas que fazemos, os amores que nos machucam, as feridas que custam a cicatrizar e, finalmente, o processo de entendimento e renascimento a partir disso. Óbvio que tem crônicas que o leitor se identificará mais do que outras, afinal toda leitura é um ato de descoberta e identificação, mas, sem dúvidas, o livro como um todo atravessa uma existência comum: quando já doeu tanto que parece que a gente não consegue continuar seguindo.

E ele, através da escrita, mostra que é possível continuar seguindo e seguindo e se reerguendo mesmo quando o dia for ruim, mesmo quando a dor for demasiada, mesmo quando a gente resiste em se entregar - para um novo amor, para uma nova relação.

Mesmo quando a gente acha que não é possível, é possível. E a gente segue com o Victor, página a página, nessa odisseia existencial.

Para você que teve um dia ruim é um conforto no meio do caos. E é lindo e importante saber que ninguém tá sozinho. Ninguém precisa estar sozinho. Porque um dia ruim é só isso, um dia ruim. Amanhã pode ser melhor.
Boa leitura!
Para todas as pessoas que precisam voltar a acreditar que vai ficar tudo bem.
Este livro é para todas as pessoas que precisam de um abraço, de uma dose de afeto, de luz, de amor. Para todas as pessoas que precisam voltar a acreditar que vai ficar tudo bem. Não vai ter mágica. Não vai ter um clique onde tudo vai passar de uma maneira brusca. Não vão ter soluções caindo do céu. A única solução mágica que eu conheço é continuar seguindo em frente apesar de tudo. Continuar vivendo, enfrentando, caminhando mesmo cambaleando e tropeçando e sentindo dor.
É preciso se permitir seguir em frente. Permitir-se levantar e continuar. Parar de se achar fraco. Você não é fraco, você só está passando por dias ruins, por momentos dolorosos, por algumas situações incômodas. Você está longe de ser fraco.
Olhe quantas coisas você superou, quantas coisas você precisou enfrentar e conseguiu dar a volta por cima. Eu sei que é difícil, mas a única coisa que posso te dizer agora é que vai passar. O resto é o tempo quem diz.
E, sim, vai passar.
Vai, sim.
Você sabe.

Um comentário:

  1. Sou fanática por este tipo de livro, que usa o exemplo pessoal e acaba nos envolvendo de maneira completa em todo o roteiro.
    Textos, crônicas, vida real!
    E quem de nós nunca sofreu por amor, aprendeu na dor, venceu os obstáculos?
    É preciso sempre se espelhar em situações vividas e sim, que sejam dicas que nos levem adiante!
    Com certeza quero muito conhecer o trabalho do autor!!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos