Em Cartaz - Um Amor de Filme: Os Aventureiros do Bairro Proibido

Estrelando hoje na coluna Em Cartaz – Um Amor de Filme um clássicos do cinema, Os Aventureiros do Bairro Proibido, que apesar de ter sido um fracasso de bilheteria na época, concorrendo com Psicose III, Karate Kid II e Aliens, O Resgate, acabou se classificando como um filme Cult. Os Aventureiros do Bairro Proibido conta a história de um típico americano, o caminhoneiro Jack Burton (Kurt Russel), que se envolve em uma briga milenar de Chinatown depois que a noiva de seu amigo é raptada por um mago de 2 mil anos de idade. Assim, ele acaba se envolvendo no submundo do bairro asiático, e encontrando figuras misteriosas e místicas. Ele terá que recuperar Gracie Law (Kim Catrall) sozinho, e para conseguir isso vai ter de enfrentar o terrível feiticeiro LoPan (James Hong). 

Quer aventura mais mística do que essa?! Eu, particularmente amo de paixão esse filme, que tem aventura, romance e magia. Para fazer o post de hoje claro que me dei o prazer de assistir ao filme o que me fez notar que o brilho dos efeitos especiais da época já não fazem mais tanto sucesso hoje, até porque dá para ver algumas falhas na produção dos efeitos. Porém, nada que tire o encanto que foi assisti-lo na sua estréia nos cinemas.

Apesar dos seus mais de 30 anos o filme ainda traz à lembrança os grandes sucessos da mesma época, como se um filme puxasse outro e mais outro. Quem não se lembra de O Rapto do menino Dourado, filme estrelado por Eddie Murphy que tinha uma temática similar?! Mais esse é outro filme e que ainda terá seu espaço aqui na coluna. 

Os Aventureiros do Bairro Proibido marcou gerações, trouxe a magia para as tela do cinema e encantou jovens que sonhava em ser heróis, daqueles que salvam a mocinha em perigo. Eu mesma sonhava em ser a Gracie só para estar nos braços do maravilhoso Kurt Russel. #abafaocaso

Super recomendo que assistam a esse filme, um clássico Cult que angariou uma legião de fãs pelo mundo. 

Uma pequena cena do filme para apreciação.

2 comentários:

  1. Quando eu vi no face que hoje seria sobre este filme não aguentei esperar! rs
    Adoro, adoro!!!Mesmo depois de 30 anos, o roteiro continua original, impecável e trazendo toda a magia que trouxe na época.
    Muitos jovens vão torcer o nariz "que que é isso?",mas eu? Me orgulho em ter vivido na época grandiosa do cinema, onde os efeitos especiais beiravam os defeitos especiais,mas traziam a simplicidade, beleza e fechamento em suas histórias!!!
    Vou aguardar ansiosa pelo Rapto do Menino Dourado e tantos outros grandes clássicos!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabia que você iria gostar do post, rsrsrs
      Concordo com você em relação aos (d)efeitos especiais, beira o tosco, mas a gente adora, rsrsr
      Aguarde que em breve teremos ótimos filmes sendo relembrados aqui.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos