Um Acordo Pecaminoso – Lisa Kleypas

Sabe aquelas histórias que você espera com ansiedade, e assim que o livro chega em suas mãos já corre para ler, mas que para que a leitura dure mais tempo lê três livros juntos?! Tá certo, nem todo mundo vê isso como normal, mas a história de Pandora e Gabriel é tão gracinha, tão envolvente que só lendo aos pouquinhos para desfrutar intensamente da história, e foi isso que fiz. 

Conhecer Gabriel, filho de dois personagens tão queridos — Evie e Sebastian, protagonistas de Pecados no Inverno da série As Quatro estações do amor —, foi um prazer mais que aguardado. Ver sua personalidade forte, seu caráter, sua masculinidade à flor da pele é como conhecer um parente que dá orgulho à família. E Gabriel não me desapontou em nenhum momento da história, ele foi compreensivo, carinhoso, amoroso, um romântico com certeza. Já nossa pequena e atrapalhada Pandora é um caso à parte, ela traz alegria por onde passa, com seu sorriso solto, sua doçura nata e encantadoramente inocente conquista o leitor e faz com que esse casal se tornasse um dos mais fofos que já li, dos romances da Lisa Kleypas.

A história não se resume apenas ao encanto da conquista, pois pela primeira vez a autora nos traz algumas questões até então pouco vistas nas leituras de época, uma delas é o tratamento da mulher depois do casamento, onde ela passa a ser protegida pelo marido, sem direitos. Consegui ver em Pandora a mulher que luta pela independência e que pisa forte na intenção de não se casar e assim não se tornar propriedade do marido, em todos os sentidos. Pandora, quem a conhece dos livros anteriores, é a garota que sonha em ter um lucro certo com a venda de seus jogos de tabuleiro, e assim ser independente, mesmo que na época isso seja totalmente inapropriado para uma mulher solteira. Com certeza Pandora é uma mulher guerreira, uma feminista, por assim dizer.

Adorei o livro, cada página, cada novo desdobramento, o jogo da conquista, os desafios e a química que cresce a olhos vistos entre nossos protagonistas. Mais uma vez Lisa Kleypas nos brinda com um romance delicioso, capaz de me fazer demorar duas longas semanas na leitura, pelo simples medo de que o livro terminasse. Adorei e recomendo.

Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.
Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.
Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.
Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar.

4 comentários:

  1. ola LENINHA
    REALMENTE tem romances que a gente não quer que acabe e assim a gente vai enrolando ACONTECE COMIGO. COMO voce disse pode não parecer normao mas as vezes nós leitoras cometemos algumas esquesitices EMBORA tenhamos mais livros para ler ficamos enrolando porque não querenos que o livro acabe .
    JÁ LI o primeiro livro dessa serie e amei ,e espero o quanto antes adquirir o restante da serie
    LISA KLEIPAS É maravilhosa ;que bom que ela trouxe uma mocinha guerreira .independente
    NÃO SEI quando vou ler o romance mas como sou apaixonada por romances historicos esse com certeza já está nos meus planos
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda essa série é perfeita, Eliane. Lisa tem o dom de encantar com seus personagens apaixonantes.
      Depois me conta o que achou da leitura.
      Bjs

      Excluir
  2. Mesmo que não tenha lido os livros anteriores, confesso que sempre quis conhecer os precursores de desta história.
    Lisa é maravilhosa em seu jeito de conduzir os enredos e adorei saber que desta vez ela trouxe uma mulher preocupada com essas "podas" que sempre existiram naquela época.
    Poucos livros mostram isso hoje em dia,mas que é um fato, isso é.
    Com certeza, quero ter a oportunidade de conferir não somente esta obra, mas os livros anteriores também!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar a Pandora. Eu, particularmente, não esperava muito dela, mas me surpreendi.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos