Pecados no Inverno - Lisa Kleypas

Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias.
Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai.
Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela.
Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida.

Eu aguardava ansiosamente para ler esse livro, desde o término de Era uma vez no Outono que me deixou totalmente de “cara” na expectativa máxima para descobrir o que Evie e Sebastian iriam aprontar juntos, e qual não foi minha surpresa ao ficar completamente apaixonada pelo livro, inclusive acho que até agora foi o melhor da série.

Quem leu o livro anterior sabe do que estou falando, mas não posso entrar em detalhes para não tirar o prazer de quem não leu, então não irei me aprofundar nesse quesito. Só quero frisar que Lisa Kleypas sabe o que faz, e criou um casal totalmente inadequado que se completa de uma maneira única, e não deixa margem para dúvidas de que um personagem pode ter mil faces, mas em seu livro ele se torna um ser primoroso em seus defeitos e irresistível — claro que estou falando de Sebastian, mais conhecido como lorde St. Vincent.

Pensa numa pessoa arriada os quatro pneus e o estepe por um homem?! Essa pessoa sou eu, mas acredito que não sou a única. Você que já leu, conta pra mim! (Risos)

Um casal inusitado, um enlace por conveniência, um amor que nasce aos poucos e que deixa o leitor completamente extasiado. Eu me tornei fã de Evie por sua força de vontade, eita mulher firme! Ali, quando tem um propósito, encara sem medo de fraquejar. Esse é o tipo de mocinha de época que admiro e busco em cada romance, e na série As Quatro Estações do Amor, elas são unanimidade. 

Como eu disse na resenha do livro anterior da série "O texto de Lisa Kleypas cria um laço entre os personagens e o leitor que não dá para quebrar, um magnetismo que prende de um jeito que não dá para resistir. A dinâmica da escrita envolve e nos leva para dentro da história; você de repente se sente um protagonista oculto fazendo parte de toda a trajetória dos personagens", e é bem assim que a gente se sente durante a leitura.

Diferentemente dos outros livros da série, o trio de amigas só aparecem mais para o meio do livro, mas a presença de cada uma faz a diferença mesmo que de forma tão sutil. E o que falar na participação do nosso amado Cam Rohan (Desejo à meia-noite) que dá o ar de sua graça ainda jovem, e que me deixou morta de saudade dos Hathaways — mas essa é outra história.

Não tem como não ficar ansiosa pela sequência da série ao terminar esse livro, tanto que já peguei Escândalos na Primavera para ler. Minha curiosidade em relação à Daisy é tamanha que preciso descobrir logo o que essa leitora de aventuras e romances irá aprontar em seu livro. Já sei que irei amar.
Recomendo a leitura de toda a série, sem titubear.

6 comentários:

  1. Oi Leninha, eu fiquei super surpresa com a participação do Roham (muito amor por ele)...
    Evie também foi uma surpresa para mim, não esperava, ou não imaginava que ela sofresse tanto nas mãos da família dela. Ela teve muita coragem ao procurar Sebastian. Aliás, ela também foi inteligente na proposta. Sebastian a meus olhos se redimiu completamente do que tinha feito no livro anterior.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rever o Rohan antes da Amélia foi uma surpresa para mim. Adorei a Evie, mesmo tendo sofrido tanto ainda é forte para resistir ao Sebastian, né?!
      Sebastian está super perdoado para mim, srsrsrsr

      Excluir
  2. Leninha!
    Bem, não li ainda nenhum dos livros dessa série, mas gostei de saber que o protagonista é apaixonante, que as personagens dos outros livros aparecem nesse e que o enredo é totalmente envolvente.
    Gosto dos romances onde o amor vai surgindo aos poucos e torna-se essencial.
    Desejo uma semana alegre e feliz!
    “Um saber múltiplo não ensina a sabedoria.” (Heráclito)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que você ainda não leu nenhum dos livros, Rudy?! Não sabe o que está perdendo, rsrsrs

      Excluir
  3. eu amei o livro do começo ao fim, mais uma vez Lisa criou um encantamento em torno da história que ficou impossível não se apaixonar por personagens tão carismáticos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente Thaila, em número, gênero e grau.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos