Por Você – Silvana Barbosa

E mais um romance de época nacional entra para o rol dos meus queridinhos. Para quem não sabe esse livro já foi resenhado aqui no blog pela nossa colaboradora Tícia, e esse foi um dos vários motivos que fizeram crescer meu interesse por ele. Como todos sabem a Tícia é bem “arisca”, por assim dizer, em relação a leitura de autores nacionais, (leia a resenha dela AQUI e entenda o que eu quero dizer) e eu diferente dela, amo nacionais. Cada novo lançamento dos meus queridinhos só aumenta meu desejo para que eles façam o sucesso almejado e merecido. 

Eu simplesmente adorei Por Você pela sua singeleza, pela delicadeza do amor que acontece no primeiro olhar, no primeiro toque, na primeira dança. Juliet e Tristan são dois personagens apaixonantes, e que encantam o leitor. Eu, particularmente, fiquei bem empolgada durante a leitura que fiz em poucas horas, tamanha foi a facilidade de me envolver no enredo, que, diga-se de passagem, é bem simples e romântico. 

Temos aqui um casal que se conhece em um baile — bem clichê, não é verdade?! Tristan sente o peso da persistência da mãe em vê-lo casado, constituindo família, tendo um herdeiro, mas ele não está muito empolgado com a ideia e vê sua presença nos bailes, fervilhando de mães casadouras, bem entediante. Até que ele conhece Juliet, uma moça que chama a atenção pela sua beleza, é claro, mas principalmente por ser diferente das mocinhas que transitam nos bailes que ele frequenta. Ela o encanta por sua meiguice, pelo seu sorriso fácil, sua timidez e sua conversa inteligente, aí pronto, se forma um casal que merece nossos suspiros.

Porém nem tudo são flores no mundo dos contos de fadas, como todos já devem saber, e eis que algo inesperado acontece, mas não antes de nossos protagonistas passarem por diversas situações embaraçosas e de certa maneira engraçadas. 

Juro para vocês que fiquei durante toda a leitura — e são apenas 190 páginas —, pensando no que poderia acontecer de errado que pudesse fazer um amor tão bonito estremecer, mas nada me preparou para o que li, e eu achei de uma sacada muito bem bolada da autora, que trouxe de volta um fato que eu não via há muito tempo nos romances que eu leio. Gostei muito do enrolar e do desenrolar desse fator inusitado que fez a diferença na trama. 

Deu aquela vontade de ler mais, de conhecer a história dos outros personagens que aparecem durante a leitura, e poder continuar por mais tempo nesse universo mágico dos romances de época, que Silvana Barbosa soube descrever muito bem. Mas sabe o que é bom?! A série Libertinos já tem mais dois livros na Amazon, prontinhos para serem lidos. Porém, não vejo a hora de vê-los publicados em formato físico, adoro a sensação que o livro na mão me dá. 
Recomendo a leitura?! Sim, com certeza.

A partir do momento em que o libertino Tristan Smith convida a inexperiente Juliet Fiennes para dançar, tudo o que poderia ser considerado tradicional cai por terra.
Desde a forma como ele a conduz durante o bailado, até o modo como a pede em noivado, nada entre eles ocorre segundo as normas vigentes da época. E exatamente por isso o amor floresce espetacularmente entre os dois.
Usando de todos os métodos de sedução, o jovem empresário de origem nobre dribla seus rivais, e consegue vencer as resistências da dama, provando seu valor e enfim conquistando seu coração.
Mas quando tudo parece perfeito e encaminha-se para o final feliz típico dos contos de fadas, o inesperado acontece, e tudo muda. Como poderá o casal lidar com as dificuldades que surgem em seu caminho tentando mudar seu destino e destruir sua bela história de amor? Nesse romance, onde a força da persistência se entrelaça com a beleza do amor, descubra que às vezes o destino pode ser surpreendente!

12 comentários:

  1. Olá!
    Leninha como sou louca por romances de época este livro não poderia estar de fora da minha listinha né?
    Pela capa eu já pegaria pra ler, achei linda!
    Eu qro mto ter oportunidade de conhecer os personagens e tbm a escrita da autora...
    Bjs!


    https://aguardiadasresenhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, você não irá se arrepender de ler esse livro gracinha. Depois me conta!!!
      Bjs

      Excluir
  2. Obrigada, Leninha! Estou super feliz de você ter apreciado a história de Tristan e Juliet! Sua resenha está lindo, e eu fico muito grata por ela. Continue lendo os Libertinos, os rapazes são encantadores, e suas amadas, apaixonantes <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Silvana. Não vejo a hora de ler os outros livros da série.
      Bjs e volte sempre.

      Excluir
  3. Pois é. Sou um cocô mesmo. Falou que é nacional, to fugindo. kkkkk
    Mas esse livro... sabia que vc ia gostar. A Silvana mandou bem, até eu choquei por ter gostado tanto.
    Feliz que vc tenha gostado. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc nem é um cocô tanto assim não, Tícia! Rsrsrsrs
      Bom te ver comentando por aqui, bjs.

      Excluir
  4. Leninha, essa série é mara!!! Na verdade, tem mais 3 livros + 1 conto dessa série na Amazon! Li todos eles e amei!!! Os livros 3 e 4 são meus favoritos (principalmente o 3, que tem meu mocinho favorito: Chris). Esse mês sai o último da série e mal posso esperar pra ler o lorde Tim!!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por avisar, suelen.
      Em breve estarei lendo, só quero esperar os livros físicos.
      Bjs

      Excluir
  5. Também sou fã demais dos livros nacionais e sempre faço questão de ter e ler eles! Conhecer novos autores nacionais também é algo maravilhoso.
    Me recordo bem da resenha deste livro e como sou esta romântica incurável, não abro mão de viajar em algum clichê e suspirar com os enredos. E como o livro é tão curtinho, deve ser ainda mais gostoso!!!
    Com certeza, espero ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você leia logo pra gente trocar figurinhas. Me conta, tá?!
      Bjs

      Excluir
  6. Leninha!
    Li a resenha da Tícia e ela é muito irreverente.
    Não li nada da autora ainda, mas como gosto de romance clichê, e quanto mais clichê melhor, porque não existe amor sem clichê, fiquei interessada, ainda mais que tem toda essa situação inusitada que traz a reviravolta no livro, demais.
    Desejo um mês repleto de alegrias e uma semana abençoada.
    “Só são verdadeiramente felizes aqueles que procuram ser úteis aos outros.” (Albert Schweitzer)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos