Especial Série Amores - Silvia Spadoni

Hoje o assunto é Romances de Época. Sei que a Série Amores, da nossa querida Silvia Spadoni, já é conhecida por muitos, mas é sempre válido frisar e indicar uma leitura que agrada por sua delicadeza e por nos remeter aos belos dias onde só se lia romances de banca. Isso mesmo, os três livros da série são belos exemplares do que a gente encontrava antigamente nos romances de época vendidos em bancas de jornais. Só esse detalhe para mim é mais que um ponto positivo.

Silvia Spadoni sempre teve o sonho de escrever e publicar seus romances, suas histórias de amor. Ela sempre gostou de histórias mais suaves até porque lia muito romance de banca, inclusive quando escreveu  seus primeiros livros seu maior desejo era que eles saíssem em bancas de jornais, mas infelizmente isso nunca aconteceu e ela acabou optando pela alto publicação.

A Série Amores foi publicada pela Editora Pedrazul, com capas lindas, uma diagramação primorosa, sem falar nas histórias em si, que deixam os leitores com aquele suspiro contido e o coração saltitante. 

Vamos falar um pouco sobre cada um dos livros...

Em Um Amor Conquistado temos a história de Sophia, que foi levada para a Inglaterra para fugir da perseguição e do terror impostos pela Revolução Francesa. Sophia é francesa mas cresceu na Inglaterra, levando uma vida simples, cercada de amor e carinho por parte da madrinha que, jurou cuidar e proteger a afilhada.
No entanto, chega o dia em que Sophia se vê sozinha no mundo. Depois da morte de sua tutora a menina precisa buscar uma forma de se manter e, acaba se candidatando à vaga de preceptora da sobrinha do Conde de Buckington, Edward, também conhecido como ‘Conde de Gelo’. 

Edward é o tutor de Louise desde a morte dos pais desta e, tem passado trabalho em conseguir uma preceptora que permaneça no emprego devido à personalidade arredia da menina.

Sophia e Edward acabam se aliando para fazer uma viagem de volta à França, cada um com um objetivo diferente, mas depois que partem a convivência entre eles pode se tornar em algo arrebatador.


Gente, que livro mais amorzinho este! Que escrita mais deliciosa. É daquelas histórias que você não quer largar nem para ir tomar banho e, quando termina fica com um sorriso bobo no rosto e uma vontade imensa de indicá-lo à todas amiguinhas românticas de plantão!!! Nota máxima com certeza!


Em Um Amor Inesperado temos a história de Amélia que embarca em um plano mirabolante com o único objetivo de se livrar do seu terrível tutor: casar-se com um total desconhecido e, ainda por cima, prisioneiro da Coroa Britânica à espera da execução. O plano parece dar certo. Ela se considera viúva e já não sente mais a presença obscura de seu guardião. Mas o mundo de Amélia vira de ponta-cabeça quando Lorde Cunnington, o herdeiro até então ignorado do conde de Hartford, assume as propriedades e é recebido como herói na sociedade local. Tudo estaria bem, não fosse o fato de ele ser o prisioneiro com quem ela havia se casado no submundo daquela fétida prisão. 
Amélia, agora, precisa enfrentar a vingança do homem cujo nome ela comprou e os novos sentimentos que a simples presença daqueles olhos negros desperta nela.

Esse é mais um romance gracinha que deixa o coração da gente totalmente refém dos laços que unem nossos mocinhos. Uma agradável surpresa para os fãs de romances.


E para fechar com chave de ouro a Série Amores temos Um Amor Apaixonado que traz a história de Prudente. Ao contrário do que o nome indica, ela anseia por aventura. Dona de um espírito livre e apaixonado, ela é tudo menos a tradicional filha de um duque inglês. Desde menina sente uma vontade imensurável de conhecer os mistérios do Oriente, e sua amizade com o príncipe Bahman Al Kaled, iniciada ainda na infância de forma inusitada, a fez desenvolver verdadeira obsessão pela Arábia. Quando surge a oportunidade perfeita para realizar o sonho de viajar até lá, se vê obrigada a ficar sob a tutela e proteção de um príncipe arrogante, insuportável e irresistível! Táriq é um príncipe que, ao contrário do irmão mais velho, odeia o povo inglês. 
Mas o destino coloca sob sua responsabilidade justamente uma nobre inglesa, provavelmente uma que será a síntese da mulher fútil e manipuladora que ele despreza. Mas seu país precisa de uma aliança política e cabe a ele deixar suas razões de lado e evitar que a ousada filha do duque de Barrington seja sequestrada em sua viagem a caminho do palácio Madinat al-Zahr. 

Tudo teria se resolvido em poucos dias se uma terrível tempestade de areia não tivesse frustrado seus planos. Depois de dias e noites sozinhos no deserto, a reputação de Lady Sinclair fica irremediavelmente comprometida. Ainda que seja seu pior pesadelo, um casamento tem que ser realizado, pelo bem de seu país e pela honra da jovem. Será que de um casamento forçado pode nascer um amor apaixonado?

Será que um livro com um enredo desses não é para matar qualquer um?!


Silvia Spadoni nos brinda com três histórias únicas, cheias de amores apaixonados, aventuras, um humor peculiar e desfechos maravilhosos. Não tem como não se apaixonar por leituras tão leves e singelas.

A paulista Silvia Spadoni é advogada, exerceu a profissão durante grande parte de sua vida e a escrita faz parte de um projeto de reinvenção pessoal. É uma apaixonada por livros, como ela mesma se define, e uma leitora bem vivida. Começou cedo quando ganhou do seu pai as coleções de Julio Verne e As 1001 Noites, com as aventuras de Sherazade, presente que ela guarda até hoje. Dos clássicos nacionais aos internacionais, passando pelos contemporâneos, leu diversos autores e estilos. Ama viajar e situa seus romances em locais que conhece, embora retroceda alguns séculos ao escrevê-los, pois em um livro de época é mais fácil ser romântica, admite. A autora tem planos de morar um tempo no exterior e continuar a escrever. É casada há 31 anos, tem três filhos e um cão schnauzer muito amado de 13 anos. Além de Um Amor Conquistado, são dela Um Amor Inesperado e Um Amor Apaixonado.


2 comentários:

  1. Leninha!
    Como boa apaixonada por romances de época, fico bem feliz em ver que nossas autoras nacionais tem enveredado por esse estilo e tem trazido boas histórias.
    Espero poder acompanhar essa série.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fico muito feliz com isso, Rudy. E não é só ela, temos também a Roxane Norris, a M. S. Fayes, a Louise Bennett, e por aí vai.
      Nacionais talentosos é o que não faltam!
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos