Um Amor Conquistado - Silvia Spadoni, por Van Meiser

Um quentinho no coração! 
Sabe quando você termina a leitura de um livro com vontade de beijar a autora? Pois é, foi exatamente isto que me aconteceu ao concluir a leitura de ”Um Amor Conquistado”. 

O livro conta a história da francesa Sophia de Breteuil, filha dos marqueses de Polignac que, depois de precisar fugir às pressas para a Inglaterra com sua madrinha por conta da Revolução Francesa, nunca mais soube notícias dos pais. Sophia cresceu na Inglaterra, levando uma vida simples, mas cercada de amor e carinho por parte da madrinha que, jurou cuidar e proteger a afilhada. 

No entanto, chega o dia em que Sophia se vê sozinha no mundo. Depois da morte de sua tutora a menina precisa buscar uma forma de se manter e, acaba se candidatando à vaga de preceptora da sobrinha do Conde de Buckington, Edward, também conhecido como ‘Conde de Gelo’. 

Edward é o tutor de Louise desde a morte dos pais desta e, tem passado trabalho em conseguir uma preceptora que permaneça no emprego devido à personalidade arredia da menina.

Sophia e Louise se adaptam uma à outra imediatamente e o emprego está garantido, mas não sem antes uma boa resistência por parte do Conde que, tem uma grande aversão à França e aos franceses por motivos particulares e também políticos. No fim das contas, Sophia, pelo fato de ser francesa, acabará por ser mais útil ao Conde do que ele esperava e, os dois precisam viajar juntos à França e fingirem estarem noivos em nome de uma missão de espionagem. Sophia aproveita a oportunidade para tentar descobrir algo sobre sua família. 

Claro que esta viagem e mais o fato do noivado fictício, acabam por aproximar a dupla que inicialmente não se suportava, mas que com a convivência e inegável atração física terminam por se relacionar... Mas será que eles serão capazes de passar por cima das birras e assumirem o sentimento?

Gente, que livro mais amorzinho este! Que escrita mais deliciosa. É daquelas histórias que você não quer largar nem para ir tomar banho e, quando termina fica com um sorriso bobo no rosto e uma vontade imensa de indicá-lo à todas amiguinhas românticas de plantão!!! Nota máxima com certeza!

Ainda criança, Sophia foi levada para a Inglaterra para fugir da perseguição e do terror impostos pela Revolução Francesa. Com medo de ser descoberta, nunca revelou sua origem nobre, mas manteve viva a esperança de reencontrar sua família. Após o falecimento da madrinha, Sophia se vê obrigada a buscar trabalho para sobreviver e, por isso, se candidata à vaga de preceptora de Louise, a sobrinha órfã do conde de Buckington, um nobre conhecido pela sua frieza e arrogância. Uma brincadeira do acaso e ela se vê diante da possibilidade de voltar à França sob a proteção do nobre inglês e de descobrir o que aconteceu com seus pais. Mesmo avisada sobre os riscos, ela decide seguir em frente, ainda que isso signifique fingir ser a noiva do conde de gelo. Edward é um homem frio e arrogante, disposto a qualquer coisa para vingar-se do francês que destruiu seu irmão, até mesmo embarcar para a França em companhia de uma desconhecida apresentando-a como sua noiva. Ele conhece os riscos da empreitada, só não está preparado para os sentimentos contraditórios que invadem seu coração.

5 comentários:

  1. Van!
    Nunca li nenhum livro da editora e fiquei fascinada com esse exemplar, porque além de romance de época, é também um romance histórico onde podemos aprender muito com a ambientação e tdo movimento que acontecia na época em termos de política e guerra.
    E claro, poder acompanhar o romance que é o principal.
    Muito boa resenha.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente amei este livro e já estou lendo o segundo da trilogia que por sinal, é igualmente maravilhoso, em breve trago a resenha dele! Bjks

      Excluir
  2. Olá!
    Não curto muito romances históricos. Mas gostei muito da capa desse, sempre vejo aquelas capas com vestidões na frente e acho todos muito parecidos. Esse já se destacou na capa. A história parece ser bem delicada e ir além do romance tratando de outros temas <3
    Acho que as fãs do gênero vão gostar muito desse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa dele é linda mesmo, mas não só a capa, a história é uma graça, se possível dê uma chance a ele e depois venha nos contar o que achou... Bj.

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos