A Sedutora - Babi Barreto

Ao se deleitar com a visão de uma jovem dançarina de uma boate, na periferia carioca, um perfeito cavalheiro atravessa o limite do perigo que encontramos no submundo do crime.
James Dixon tem um futuro perfeito, mas por vários motivos terá sua trajetória de vida alterada. Consumido pelo desejo por Lana, descobre que ela esconde um terrível passado, e não é capaz de enxergar qualquer futuro além dos seus próprios planos.
Em meio a jogos de poder, intrigas e manipulações, a obsessão de um pelo outro os consome, lançando toda sorte de perigo. Morrer passa a ser uma opção; e matar, uma necessidade.
Quando a vingança se torna sua meta, a obsessão pode ser perigosamente atrativa.

Durante a leitura de A Sedutora me senti  totalmente fora da minha zona de conforto. Logo eu, acostumada a ler romances românticos e dramas me vi jogada de cabeça num ambiente inóspito, na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente num morro, cercado de traficantes perigosos, embalada ao som do funk de Anitta e Ludmila. Vivendo o dia a dia de Lana, uma dançarina famosa, linda, sensual e sedutora.

Nesse universo eis que surge James, um gringo que queria sair um pouco do seu universo certinho, aristocrata, onde vive cercado de luxo, com muitas comodidades, sempre cercado por belas mulheres. Porém, ao esbarrar em Lana num baile funk sua vida vira de ponta cabeça, de repente lá está ele, fugindo do morro de onde foi expulso e com apenas um objetivo na vida: Ter aquela mulher em sua cama.

Deu para sentir o clima?! Deu para sacar o que lhes aguarda na narrativa desse romance, regado com muita música, ação, erotismo, mas, acima de tudo, muito suspense?! Pois é, eu não estava preparada para tanto frenesi. Quando menos esperava lá estava eu vivendo num ambiente hostil, envolvida em segredos que permeiam toda a narrativa, criando um clima envolvente e enigmático que dá aquele medinho de virar uma esquina e dar de cara com um brutamontes armado querendo saber o que eu estou fazendo ali. Ops, viajei, rsrsr.

Um pano de fundo para lá de eletrizante e inesperado, mas não se deixe assustar ao saber que o funk, o morro, traficantes, tiros e muita ação te afaste da possibilidade de ler A Sedutora, muito pelo contrário, acho que quando um autor consegue escrever algo novo, que choca, e mesmo assim prender o leitor sem perder o foco da leitura, ele fez o seu trabalho: entreteu, envolveu e o pano de fundo passa a ser apenas isso, um pano de fundo.

Conversando em off com a autora descobri que ela não deseja ser vista como uma autora que se foca em apenas um estilo literário, e ela está conseguindo isso. Surpreendeu com Magia do Sorriso que é um romance com um toque de fantasia, agora nos brinda com um policial/suspense/erótico/romance, e me confidenciou que futuramente teremos um drama. (Leninha já ansiosa por esse drama).

Voltando ao livro...

Babi Barreto conseguiu me prender na leitura desde o prólogo até as últimas páginas. Me fez arregalar os olhos assustada e transpirar de tanta adrenalina, conseguiu me convencer com o universo que criou, me fez acreditar ser possível esbarrar com um Macalé da vida, me fez sentir uma paixonite pelo James, asco por Emma, e pena de Lana em certos momentos.

Convido você, leitor, a se aventurar na leitura de A Sedutora, só assim você vai conseguir entender tudo que eu quis passar na escrita dessa resenha. Prepare-se para muita ação, emoção, adrenalina, pulsação acelerada, mas, acima de tudo, prepare-se para o final. Você vai se surpreender!

Adquira o seu ebook na Amazon clicando AQUI

13 comentários:

  1. Oie!
    Eu já li vários comentários positivos sobre esse livro, e com certeza será uma leitura onde ficarei presas as páginas do começo ao fim. Muito bom! Não vejo a hora de comprar o ebook <3
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Interessante. A verdade que por mais que muitos odeiem a vida suburbana do Rio, ela é muito exótica para os gringos. Legal explorar isso. Sou a favor que mais autores se arrisquem mais em gêneros convencionais os "deturpando" um pouquinho. Excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Koudan, mas um cenário suburbano como o desse livro inspira ou assusta, rsrsrs
      Torcendo por mais histórias interessantes com panos de fundo atípicos.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá, Leninha!

    Pelo jeito, a Babi Barreto vai ser comparada em breve com o James Patterson, do mesmo modo que a Chris Mello é comparada com o Nicholas Sparks, já que o Patterson é conhecido por escrever em vários gêneros.
    Ela consegue criar um ambiente real e junta-lo a uma trama forte e bem diferente daquela de Magia do Sorriso. Agora é esperar o drama que a Babi vai escrever e ver se a minha comparação com o James vai se concretizar.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos torcer pelo reconhecimento da autora no meio, seja o estilo que ela desejar seguir né?
      Vamos esperar o drama, que venha com força!
      Bjs

      Excluir
  4. Ei Lena

    Não é muito um estilo q me interessa, estou um pouco cansada da coisa hot toda sabe. To precisando ler uns policiais bem sangrentos pra passar a fase, acho que estou de ressaca literária de NA/erótico etc, só dos de época ainda não enjoei rsrs.
    Agora a parte do suspense já gosto, vou procurar saber mais sobre ele, não conheço a autora ainda.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda amore, acho que você iria curtir bastante o livro, o lance "hot" é só um detalhe que nem de perto chega a parecer com os enjoativos que estamos acostumadas, sexo e mais sexo. Aqui o erotismo é sensual e bem desenvolvido.
      Durante toda a leitura fica o clima de suspense no ar, é muito bom ver o desenrolar da trama, e a Babi soube desenvolver muito bem, com todas as amarras bem presas e soltando de acordo com a leitura feita.
      Babi já publicou três romances, dentre eles eu resenhei Magia do Sorriso, muito bom por sinal.
      Eu acho que essa seria uma aposta nacional que você não perderia em jogar.
      Beijokas Nanda!

      Excluir
  5. Oi Leninha,
    Infelizmente, esse é um tipo de narrativa que não me desperta muito interesse. Eu até já tentei ler um romance que misturasse essa de romance hot com suspense e trama policial, mas não funcionou. Era um da Nora Roberts. Não é que eu tenha algum tipo de preconceito com o gênero, acho legal essa diversidade de gêneros e que haja público para todos e que todos compartilhem suas aventuras literárias diversas. Mas em meio a pilha de leituras, fica difícil se aventurar por um estilo que acabou não funcionando pra mim. Mas quem sabe um dia?
    Desejo tudo de bom e muito sucesso pra autora. ;)
    E parabéns pela diversidade de leituras e dicas que você tem trazido para o blog.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem do seu gosto Ademar, você está mais para Koudan do que Leninha , rsrsrs
      Fico grata por seu comentário, incentivar o autor nacional é sempre bom.E obrigada pela parte que me toca, rsrs
      Bjs

      Excluir
  6. Oi Leninha, pensei exatamente como você, a autora me chocou com o cenário inesperado e pouco visto nos romances que leio, ainda assim me prendeu totalmente e eu terminei a leitura de queixo caído... Quero mais coisas da Babi.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos as duas então de queixo caído. E para nós só resta aguardar mais Babi Barreto.
      Bjs

      Excluir
  7. Sinceramente não li a resenha porque o livro esta disponível (por enquanto) no wattpad, e vou correr para lá ler (#desespero), mas ja li Tentador (a séculos atrás, pelo jeito ela vai lançar, pelo o que vi)e é MUITO boa historia, espero que essa seja tão boa quanto!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos