Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas

Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Infelizmente devo confessar que o livro Tentação ao pôr do sol, que conta a história de amor entre Poppy e Harry, acaba de perder o seu lugar de queridinho da série para Paixão ao Entardecer. Estou totalmente apaixonada, encantada e extasiada com a história da doce Beatrix e do perfeito e o traumatizado capitão Christopher.

Adoro histórias que começam com um amor que nasce a partir de troca de cartas, ver a simplicidade e o encantamento surgir entre pessoas que mal se conhecem e que vão se descobrindo com palavras que eles só se permitem trocar através de cartas, são sensações que não tem preço.

Beatrix sempre foi uma gracinha durante a transição de seu crescimento dentro dos livros da série, louquinha, amante dos animais mais inusitados e abandonados, doce e com um coração do tamanho do mundo. Infelizmente ela se sente melhor entre seus bichos do que entre as pessoas. Todos esperavam que ela se envolvesse com o veterinário da cidade, mas com a idade avançada do mesmo, esse enlace seria impossível [risos]. Mas nada prepara o leitor para o escolhido do coração de Beatrix, um soldado amargurado, transtornado por suas perdas e cheio de traumas.

Christopher decidiu trocar cartas com uma moça chamada Prudence, que ele achava que poderia ser a mulher que iria ajudá-lo durante seu período na guerra com palavras doces, que o tirariam do terror daquela situação. Mas Prudence é uma garota vazia e deixou a cargo de sua amiga Beatrix as respostas das cartas “sem graça” do capitão. Beatrix tomou Christopher como um bichinho ferido, entendia seu coração mais do que ninguém, sua dor e seus traumas eram compreensíveis para ela que lia nas entrelinhas de suas palavras trocadas nas cartas toda a dor pela qual o capitão estava passando e conseguia entender seus sentimentos.

Christopher se apaixonou pela pessoa que responde suas cartas, acreditava piamente que era a bela Prudence que lhe escrevia, então ele volta para casa com o intuito de se casar com ela, apesar de seu medo constante dos traumas que adquiriu com a guerra. Ele só não esperava sentir tantas sensações conflitantes pela rebelde e estranha Beatrix. Começa, então, a luta de dois corações na busca incansável do amor.

E quando se pensa que tudo está encaminhado, eis que a reta final do livro dá uma guinada, com novos personagens e um pouquinho de ação para animar ainda mais essa bela história de amor e superação.

Não quero falar mais nada sobre o enredo do livro, só quero frisar, para quem ainda não entendeu, o quanto a paixão entre Beatrix e Christopher me tocou. Não tem como não vê-los juntos, cada um aceitando o outro com seus defeitos e qualidades; ajudando um ao outro mesmo que involuntariamente.

Amei cada passagem, cada conversa inteligente, cada participação dos membros da família Hathaways que me encantaram em cada um de seus livros. Revê-los foi um prazer inenarrável, e saber que posso vê-los novamente, em outra série que a Editora Arqueiro pretende lançar, já me aguça a curiosidade e a ansiedade. Apesar de alguns errinhos de revisão o livro não deixa a desejar em nada.

Prepare-se para se encantar não só com a simplicidade do amor que nasce entre Beatrix e Christopher, como também com todos os Hathaways que participam da trama, exaltando e dando mérito aos animais protagonistas, principalmente do cão Albert, que com suas peculiaridades acaba unindo ainda mais esse casal apaixonante.

Recomendo a leitura de toda a série, que acaba de entrar no rol das minhas preferidas. E Paixão ao Entardecer fica no topo da lista como o melhor, e que fecha com chave de ouro essa aventura que foi conhecer os Hathaways.

14 comentários:

  1. Oi Leninha,

    Então... me apaixonei outra vez pelo romance, através de sua resenha!

    Que romance maravilhoso, perfeito, lindo. Os personagens são imperfeitos, e temos vontade de "remendá-los, tirar suas dores com as mãos, enfim, o casal é um dos melhores pares que já vi juntos.
    Mas confesso que continuo amando a Poppy e o Harry ... e o Leo!

    Fiquei curiosa sobre a outra série que a Arqueiro pretende lançar. Espero que seja "As Encalhadas", do qual somente li Paixão Sublime ( Sebastian, apaixonante até mesmo quando vilão no livro anterior...)
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história é uma delícia, eu me apaixonei por Harry e seu jeito carrancudo,mas adoro homens com traumas existenciais, dá vontade de pegar no colo e Beatrix fez exatamente isso, rsrsr

      A série que será lançada é anterior aos Hathways, Os Wallflowers.
      Ansiedade modo on
      Bjs

      Excluir
  2. Este livro é tão lindo! Eu li em apenas um dia e depois fiquei com raiva de mim mesma por ter ido com tanta "sede ao pote", não ter aproveitado mais a leitura. Não sei se é o meu favorito, pois amo de paixão o livro do Kev e da Win mas tá no empate no primeiro lugar!
    É uma história romântica e muito divertida; já gostava da Beatrix e adorei o Christopher. E, claro, amei o Albert!

    Pena que é o último livro. Sentirei saudades desta família.

    bjs!

    Thaís:)
    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei todos os livros da série, mas Bea e Chris estão no topo do amor meigo e apaixonante, rsrs
      Sentirei saudades, assim como você Thaís.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Leninha, infelizmente ainda não comecei a ler a série, mas pode ter certeza que seguirei seu conselho e em breve!
    Esta capa ficou muito bonita, aliás, da série acho que é a mais bonita.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você leia em breve Rose, vai amar com certeza.
      Quanto às capas, nuosssa, amo demais todas elas.
      bjs

      Excluir
  4. Ei Lena

    Estranho, eu comentei aqui ontem e sumiu aff.
    Então, este também é meu favorito, eu amei demais. Mas antes dele eram o 2 e o 4, o 3 foi o que eu menos gostei rs.
    A Beatrix é ótima, o que mais gosto da autora é o senso de humor, eu morro de rir com os diálogos.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blogger e suas gracinhas devorando comentários alheios, ainda bem que você voltou para comentar outra vez.
      Com certeza Bea e Chris fecha com chave de ouro essa série, adoro o senso de humor que a autora dá à história apesar do drama dos protagonistas.
      Bjs

      Excluir
  5. Leninha!
    O amor descoberto através das correspondências trocadas entre os protagonistas é o amor de alma, como sempre chamo, porque você afinal não sabe quem realmente é a pessoa que responde as cartas (como é o caso aqui de Beatrix que se passa pela amiga). Você se apaixona pela essência da pessoa.E que bom saber que acabaram superando os problemas iniciais e acabam curando suas feridas juntos.
    Não li nenhum livro da série ainda, mas já está aqui nas desejadas.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você Rudy, amor assim é amar a essência, lindo isso.
      Leia amiga, vc vai amar!
      Bjs

      Excluir
  6. Dona Leninha,

    já vi que a senhora vai me viciar em outra série... Agora, por conta da sua resenha maravilhosa, serei obrigada a comprar o livro.. ;-)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laís, você vai amar essa série. Ela tem tudo que a gente gosta; humor, tiradas inteligentes, uma pitada de drama e muito romance.
      Cai dentro, rsrsr

      Excluir
  7. Amei toda a série, foi realmente fechada com chave de ouro, esse livro é muito encantador, lindo mesmo. No entanto, de toda a série o livro que mais gostei foi Tentação ao pôr do sol, a história de Poppy e Harry amei *-*, e uma frase desse livro vai ficar para sempre em minha memória " ela teria sido sua se você a quisesse, mas eu a quis mais. Série maravilhosa que vai deixar saudades...
    PS: Sou apaixonada pelo Leo =)
    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei Harry e Poppy mas, Bea e Chris tem o toque de drama que me apetece, por isso tomou a frente sem pestanejar.
      Vou sentir saudades também.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos