Tentação ao pôr do sol - Lisa Kleypas

Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar. Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele. Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.

Definição de um membro da família Hathaway — Desprovidos de modos requintados, autênticos, atípicos da nobreza, destinados a se envolver com pessoas que procuram em seus parceiros: inteligência, conversas com conteúdo e acima de tudo personalidades transparentes, sem rótulos.

Foi uma delícia conhecer Amélia, Win e seus relacionamentos atípicos nos livros anteriores da série, porém desvendar os mistérios de Poppy foi mais do que gratificante.

Na sua terceira temporada na corte, Poppy está definitivamente certa que jamais encontrará seu príncipe, na verdade ela até achou que o encontrou, mas ele acabou se revelando um sapo. Mas em seu caminho surge um homem rústico, recluso, que se define como um vilão, e eis então que nasce a química perfeita, um casal, digamos assim, feito um para o outro.

Harry Rutledge não é um cavalheiro, não comparece a eventos sociais, não gosta do envolvimentos profundos e descarta o que não lhe dá mais prazer. Poppy para ele se torna um desafio, algo que ele deseja conquistar, ela é doce, linda, inteligente e ele sabe que a merece. Decididamente Harry não era alguém preparado para a felicidade, e nem saberia o que fazer com ela, ele desconhecia o que era fazer parte de uma família. Ardiloso e manipulador, acostumado a ter tudo o que quer, ele a atrai para seu laço, mas em nenhum momento imagina que é seu coração duro e frio que está sendo laçado.

Uma história encantadoramente apaixonante, difícil de largar depois de iniciada a leitura. Em minha opinião o melhor livro da série até agora, não desmerecendo os outros, é claro. Cada um tem seu encanto, mas o casal Harry e Poppy foi deliciosamente caracterizado com paixão, encanto, mistério e muita, mais muita sensualidade. É tocante o carinho que Harry sente em relação a Poppy, e esse sentimento vai crescendo ao longo da narrativa, ele deseja protegê-la. Ele, com seu estigma de homem insensível, que se recusa a estabelecer laços vai vendo aos poucos seu coração de gelo sendo derretido pela doçura da pequena Poppy.

A excêntrica família Hathaway são um show à parte durante toda a história, a série não seria a mesma sem a presença de todos, e de cada um especialmente, no momento certo e oportuno.

Leo e a Srtª. Marks já dão um prenúncio do que nos espera no próximo livro da série, e a pequena Beatrix cria uma expectativa enorme em relação ao que esperar do seu futuro enlace. Quem irá domar a travessa amante dos animais?

Para Tentação ao pôr do sol rendo meus aplausos e recomendo como um histórico que deve fazer parte da leitura obrigatória de todos. Não tem como não se encantar com cada página e com o desfecho dessa linda história de amor, conquista e redenção.

Amei e indico a todos!

16 comentários:

  1. Pois é. Eu gostei muito desse livro. Muito mesmo, mas, na minha humilde opinião, o "mocinho" estragou o que poderia ter sido uma história "perfeita". Eu adorei quase tudo mas o Harry...o meu grande problema com ele é que é que ele não gostava dela (tinha desejo, OBSESSÃO mas não amor) e a falta de amor num livro romântico meio que mata a história pra mim. E nem foi uma questão de ser ogro ou não (já li mtos livros sobre/com ogros apaixonados). Foi a falta de amor mesmo. O que ele faz tem a ver com posse não paixão.
    Mas ainda bem que eu amei a Poppy! Que mocinha extraordinária! Só por ela já valeu a leitura- sem contar o resto da família.

    bjs!

    Thaís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu senti amor no Harry, foi surgindo ao longo da trama, no sentimento de proteção, cuidado. Pode ter começado com posse, mas virou amor, pelos menos eu senti.
      A Poppy é realmente uma gracinha, tbm virei fã.

      Bjs

      Excluir
  2. oi Leninha,
    acredita que ainda não comecei essa série?
    mas como fã de romances históricos, está na minha lista de leituras.
    Doidinha para conhecer os Hathway.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Ta perdendo!!
      Começa logo que vc não vai conseguir parar, kkk
      Beijokas!

      Excluir
  3. Adorei esse livro, Leninha. Estou super ansiosa pelo próximo volume.
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Ei Lena

    Ah que tudo, estou esperando o meu chegar e louca para ler. :)
    O anterior foi o que mais gostei até agora, vamos ver.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei o relacionamento Poppy & Harry, acho que você vai passar a gostar mais desse do que do anterior, torcendo!

      Beijokas e volta para me contar!

      Excluir
  5. Amei este livro, o Harry tb foi me conquistando aos poucos, mas pra mim o Kev ainda é meu preferido, estou encantada com a escrita da Lisa Kleypas, virou uma das minhas favoritas.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não amar, não é verdade?!
      Harry já entrou no meu top do ano.
      Bjs

      Excluir
  6. Oi Lena!
    Eu devorei esse livro! E quero logo ler o próximo livro! rs
    Bjks!

    ResponderExcluir
  7. Oi Leninha!
    Estou amando a série, a autora escreve de um jeito encantador! Acho que o livro do Léo com a Srtª. Marks vai pegar fogo e estou curiosa pra saber que homem se tornará mais interessante pra Beatrix que os seus bichinhos rsrsrs...
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou amando, já imaginando que só faltam dois livros para acabar, sniff
      Ansiosa pelas sequências.
      Beijos Elis!

      Excluir
  8. Li até o 4º livro dos Hathaways e cada um me cativou de um jeito diferente, mas até agora meu preferido foi esse <3 Eu amei a Poppy, me identifiquei com ela e amei o Harry, achei a história perfeita! Estou ansiosa pelo 5º pois adoro a Bea! O que menos gostei foi a história do Leo mesmo, achei esse livro um pouco arrastado. Mas a Lisa é demais, quero terminar de ler os Hathaways e continuar "As Quatro Estações", li só o primeiro até agora. Amei o blog <3 beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poppy também é a minha preferida, Hary é de tirar o fôlego. Obrigada pela visita Thais!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Pré-venda!

Lançamentos