Personagens de livros: Escolha a história e me diga, quem você seria?!

Hoje o espaço é da querida Simone, conhecida por "quase" todos apenas como Luka. Uma amiga querida que mesmo com problemas pessoais, tirou um tempinho para homenagear o blog com suas palavras!

Valeu Luka, fique à vontade, o espaço é todo seu!
O post de hoje é um singelo presente para a amiga Leninha do Sempre Romântica.
Atenciosa, carinhosa e tremendamente romântica.
A Leninha é assim. Amor à primeira vista mesmo que seja virtual :-)

Personagens de livros. Escolha a história e me diga, quem você seria ?

Eu já fui Liz Gilbert cansada e sem reconhecer a si própria. Tinha tudo e nada ao mesmo tempo. E jogando tudo pro alto vivi um ano sabático em Comer, Rezar, Amar. Embora que somente na leitura.

A busca do "eu" interior em uma jornada de um ano por três países: Itália, Indonésia e India. 

Diferentes povos, diferentes culturas e diferentes crenças que a levaram não somente a um encontro consigo mesma, mas diretamente ao amor. 
Confesso que até hoje não me falta vontade de dar uma de Liz e viver um ano só pra mim. Quem sabe um dia?!


E completamente motivada, eu já briguei com o destino diversas vezes. Eu não poderia ser a Beth de Amante Sombrio?
A Mary de Amante Eterno?
Por que não?
E a Bela de Amante Desperto?
Não consigo fazer nada que eu quero! O que estou pedindo é tão pouco!
E olha que como sou boazinha dei três opções :

1ª - Beth a mulher do Rei da Irmandade da Adaga Negra . Cego, imenso e totalmente possessivo, nega a si mesmo o que era destino. Beth era tudo que faltava em sua eternidade.

2ª - Mary a doce alma que conquistou o irmão mais lindo e sedutor da Irmandade. Hipnotizado pela voz de Mary Luce, Rhage foi levado ao mais puro frenesi.

A partir daí, tudo que era comum na vida de Rhage toma outro rumo. Aquele acostumado a tomar toda e qualquer mulher se vê torturado em uma trama de vida, esperança e amor.

3ª - Bella, a vampira que conquistou o coração de Zsadist, o guerreiro mais letal da Irmandade. Tão letal por fora e tão destruído por dentro! Bella teve muito trabalho para despertá-lo .

Tudo que há de mais insano dentro de mim já foi despertado por Chelsea Cain na série dedicada a serial killer Gretchen Lowell e ao detetive Archie Sheridan.

Uma serial killer completamente obsecada por sua vítima. Capaz de qualquer coisa para controlar, manipular e seduzir.



"Um policial.
Uma psicopata.
A obsessão de um homem pela mulher que destruiu a sua vida."

Por mil vezes eu tive vontade de pular para dentro do livro e impedir Archie de cair nas garras daquela que quase roubou o resto da sua sanidade. Por mais mil vezes eu tive medo da minha sede de vingança.
Uma série capaz de despertar sentimentos que achávamos incapazes de sentir.

Irlanda... Se tem uma trilogia que me fez viajar para a Irlanda foi a Trilogia do Coração da Nora Roberts. A família dos Gallanger´s envolvida em um encantamento de mais de cem anos diretamente do chalé das fadas nas colinas de Ardmore.

Jude, Brenna e Darcy. Me vi em todas elas. Inevitavelmente encontrando o amor em meio a teimosia e grandes descobertas.

Dizia a lenda que uma maldição foi lançada e nem o príncipe Carrick e nem a Lady Gwen poderiam se encontrar antes de juntar três casais realmente apaixonados.

Jardins encantadores, ruinas e penhascos dignos da Irlanda, o real sentido da amizade, magia, encantamentos e promessas de um amor que foi capaz de tudo.  

E como falar de Irlanda e não se lembrar do irlandês mais famoso do meio literário ?

Roarke lindo, alto, olhos azuis e super, mega, ultra, inteligente e rico.

Ora bolas, quem nunca sonhou em ser a tenente Eve Dallas da Série Mortal por um momento que atire a primeira pedra !
Vivendo em 2058 e trabalhando no departamento de polícia, conquista o coração do melhor partido da galáxia.
Aquele que sempre está listado como suspeito nos crimes.
Aquele que assim como ela, teve uma infância de maus tratos.
Aquele que já dormiu com todas as mulheres bonitas.
Aquele que não aceita um não como resposta.

Aquele que nos faz acreditar inocentemente que todo irlandês pode ser irresistível.

A cada livro que lemos, um portal imaginário se abre.
Duas pessoas podem ler o mesmo livro, mas inevitavelmente criarão imagens diferentes.
Mais intensas, mais densas, mais românticas ou mais eróticas. O importante é imaginar porque afinal, os livros são a verdadeira prova que os homens são capazes de fazer magia.


Parabéns ao Sempre Romântica e seus leitores ! 

 







Simone (Luka) - Quem lê faz seu filme

Uma taurina que pensa demais, lê demais, adora cozinhar e não vive sem internet.





♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥


PS: Não esqueça que comentando nos posts de Aniversário do blog em todo mês de Outubro você concorre a Kits de marcadores Exclusivos! Conto com a participação de todos! 

17 comentários:

  1. Sobre esse seu problema de brigar com o destino por não ser uma das mulheres dos amantes da Irmandade, bem... Eu sofro do mesmo mal. kkkkk

    Muito legal esse tema proposto.

    Já me identifiquei com muitos personagens em várias histórias. Mocinhos e vilões.

    E o outro lado da moeda é que às vezes uma aversão não justificada a determinado personagem pode se mostrar, ao final, um ressentimento a uma característica que compartilhamos com ele.

    bjokas

    ResponderExcluir
  2. Se o autor for detalhista é fato q conseguirei me visualizar na protagonista, ou na personagem q eu mais gostar.

    De todos os livros que já li (ñ foram mtos kkk)eu quis ser a bella de crepúsculo, lógicamente, a elizabeth bennet de orgulho e preconceito, a xhex de meu amante (8° livro da irmandade) e a nora.

    Se fosse pra escolhe entre essas, seria a nora, o patch é d longe o personagem q eu + amo ;)

    @dnisin
    www.docesmeninas.com

    ResponderExcluir
  3. Eu já quis estar no lugar de quase todas as protagonistas dos mtos livros que já li (dizem que isso é uma das características de arianos, querer tudo pra ele kkkkk), será?

    Mas ultimamente li uma saga que tomou meu coração, Academia de Vampiro, porque a Rose é ótima e ela tem o Dimitri. OMG, quem não quer o Dimitri? Me abana!

    Estou lendo Os Instrumentos Mortais, quem não quer ser a Clary pra ter aquele tudo de bom Jace na vida gente? Eu sou Team Jace!! EU QUERO xD

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  4. Realmente,"duas pessoas podem ler o mesmo livro, mas inevitavelmente criarão imagens diferentes."E é isso é que é bom em discutir com alguém sobre livros, é saber a opinião do outro.
    Quanto a minha personagem de livros? Sabe que eu não sei! Gosto muito de viajar nas minhas leituras, mas tenho tanto o pé no chão, sou tão exageradamente realista que nunca pensei sobre isso. Mas vou pensar agora.
    Bju

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Luka.

    Acho que todos nós mulheres românticas queremos ser as shellan dos IAN. (risos).

    Todos os livros que leio, me imagino dentro da história e só sonhamos...

    Se tudo fosse possível, mas não há nada melhor do que viajar durante a leitura e ficar inebriada com nossos personagens preferidos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ser uma shellan de um dos Irmãos da Adaga Negra? Onde que eu assino? Mas, confesso, preferia mesmo ser a Eve Dallas. Não só pelo maridão TDB dela, mas também pela personalidade dela, pelo meio em que ela vive. Sou alucinada pelas "facilidades" trazidas para o futuro.

    A magia dos livros consiste em nos transformar em pessoas diferentes a cada livro lido. Por isso é que eu amo ler!

    @crislayne_df

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luka!

    Adorei!

    Honestamente, queria viver nos chalés lá na Irlanda com o Roarke, pode?

    hahahah

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Lukaaaaaaaa =)
    Nossa pergunta difícil essa hein, são tantas personagens legais que tem, são tantos livros, tantas histórias, tantos gêneros.
    Mas Gretchen Lowell é uma das minhas preferidas, mas ao contrário da Luka eu quis entrar na história e ser a Gretchen O.o rsrs
    Outra que eu gosto muito é a Jane Rizzoli dos livros da Tess Gerritsen, muitos não gosto dela, mas eu adoro, a mulher tem fibra.
    Susan da série A Mediadora da Meg Cabot, fala sério quem não gostaria de ter um Jesse? Aquele "mi hermosa" é a coisa mais fofa rs.
    Megan Chase da série Rei do Ferro da Julia Kagawa, o que é que é aquele Principe de Gelo? Ash *-* ouvir um juramente daquele (3º livro) meu Deus.
    E não poderia faltar a Fay de Adorável Texano da Diana Palmer, meus Deus eu amo o Donavan, que cowboy é aquele, eu vou pro Texas casar com um rancheiro. Aquele homem é de enlouquecer, tão másculo, tão homem, tá chega rsrs

    São tantas mais, mas as que sempre me vem na cabeça primeiro são essas. =p

    ResponderExcluir
  9. Tonks, será mesmo que tenho alguma tendência psicopata ? rsrsrs MEDO
    Denise, eu também quis ser a Bella e a Lizzie de Orgulho e Preconceito, mas o Patch arrasa mesmo rsrsr
    Flávia, eu ainda não conheço o Dimitri :-( Me perdoa ?
    Mônica, bora viajar na maionese com a gente rsrs Sonhar não custa nada :-)
    Carla Fernanda, a disputa por shellan tá grande rsrs
    Kássia, a gente fala muito de Roarke, mas a personalidade de Eve é incrível. Adoroooo
    Carla, Irlanda com Roarke ? Ohhh que perfeito !!!!

    ResponderExcluir
  10. Pri, a Jane Rizzoli é demais. Ela realmente tem personalidade ! Te contei que estou comprando os livros da série ? Doida de pedra !
    Ohhh vc está proibida de falar do Rei do Ferro pra mim tá ?!
    Rancheiro ? Diana Palmer ? Oh God ! Ainda não li esse livro, mas já anotei aqui rsrs

    ResponderExcluir
  11. Leninha e caros leitores do Sempre Romântica,

    Obrigada pela oportunidade de contar um pouquinho da minha experiência literária por aqui. Estou super honrada de fazer parte desse mês de homenagens pelo aniversário do Sempre Romântica.

    Beijos literários a todos vcs e obrigada pelo carinho ^^

    ResponderExcluir
  12. Eu sempre quis estar no lugar da Scarlate Horrara(E o Vento Levou),para ver se fazia um final feliz,sofro muito com o final dramático,rsrrsr.
    Bjnhos.
    Luciane Oppelt

    ResponderExcluir
  13. Eu sempre interajo com os personagens como estou lendo IAN, sou a irmã do Rei com o V,como na minha kbça fantasiosa sou filha perdida da MIranda(Virgem Escriba) e do pai do REI então vivo opinando em tudo, como estou lendo o Z as brigas com eles são ferozes...rsrs...viagem total mas eu amooooooooooo

    ResponderExcluir
  14. Eu acho que a cada história que leio me torno um dos personagens >< ao menos um pouquinho...
    Mas se tivesse que responder que personagem seria (ou melhor, que personagem gostaria de ser), não hesitaria em dizer HERMIONE GRANGER! Adoro essa personagem!

    ResponderExcluir
  15. Sempre me identifico com alguma personagem ou noto em mim algumas características apresentadas na história, mas também imagino o meu marido como o mocinho (rsrsrsrsrsrs); comecei a perceber semelhanças entre as ações e qualidades dele e as dos mocinhos, que às vezes, pela correria do dia a dia, passavam despercebidas.
    Se valorizamos os personagens da ficção, porque não valorizar também as pessoas que estão ao nosso lado e até a nos mesmas ?

    ResponderExcluir
  16. Ah!!! Eu adorei o texto!!! E é isso mesmo: "A cada livro que lemos, um portal imaginário se abre."
    É simplesmente delicioso se misturar, se identificar com um personagem, é até um processo misterioso... hahaha... Por mais que, as vezes, nossos personagens vivam situações complexas, sanguinarias, sensuais, romanticas.


    Bjusss

    ResponderExcluir
  17. verdadeiramente me identifiquei com a Bela, de irmandade da adaga negra. Uma garota/mulher, que deseja ser livre para voar sem ter alguém por perto querendo protege-lá, também foi uma história que me emocionou muito por causa da superação e da batalha interior do Zsadist. mas como em cada livro eu sou uma personagem não dá para escolher entre todos um certo.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Posts Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos

Lançamento!