Tem que vigorar – Gil do Vigor


Esse é um livro pra gente vigoraaar. Gil do Vigor é uma figura icônica: entrou no BBB, gritou, jogou, fez cachorrada e conquistou o Brasil com seu jeito único e intenso de encarar a vida.

Ao sair, escreveu, em pouco mais de cem páginas, parte da sua história. Um resumão mesmo, num exercício de memória, voltando lá pro interior pernambucano, passando pela adolescência na igreja, ingresso na universidade, entrada no BBB, sonhos despedaçados, restaurados, esperanças, incentivos, dramas, enfim, tudo... uma grande cachorrada.

Rápido, houve quem disse que o "Tem que vigorar" foi escrito por um ghostwriter; não que isso venha à questão, mas pouco me parece importar quando você abre o livro; ele tem a "alma" de Gil.

O jeito da escrita, a narrativa, tudo tem aquele tom brincalhão, espalhafatoso, "agoniado" do Gil que acompanhamos por meses no BBB. Além disso, o livro é atravessado por depoimentos emocionantes e motivadores de Jacira, a figura que é sua mãe.

Apesar de todos os pontos positivos, há de se considerar que o livro toca em coisas que poderiam ser mais exploradas. Racismo, violência, homofobia e outros que poderiam render mais discussões. Entende-se a pressa para que o livro fosse escrito, finalizado e lançado ainda no fervor do programa, por isso peca nessa questão.

Se eu gostei? Claro! Gil é uma inspiração. E seu livro também o é. Serve tanto pra matar a saudade, quanto pra conhecer, ao menos em parte, sua trajetória de vida. Cachorrada até altas horas.

Boa leitura!

*Resenha publicada originalmente no IG Amantes por Livros e adaptada.



4 comentários

  1. Eu não sinto muita vontade ler esse livro não,mas claro que entendo a comoção que ele causou nos fãs do programa e acima de tudo, nos fãs da pessoa de Gil, que é alegria pura e sincera em um mundo de gente ruim.
    E olha que andei lendo que o livro está entre os mais vendidos e isso é um ótimo sinal rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Olá! Confesso que nunca na história desse país vi um livro ser escrito e lançado com tanta rapidez (risos), ok, eu também entendo que era necessário aproveitar a “vibe”, mas ao mesmo tempo, fica aquela pergunta, porque não esperar um pouco mais e nos entregar algo mais detalhado dessa que sem dúvida é uma história inspiradora, independente disso, acho que a leitura é válida, tanto para quem acompanhou a trajetória do Gil pelo programa, quanto para quem ainda não o conhece tanto assim.

    ResponderExcluir
  3. Ronaldo!
    Gil é simplesmente maravilhoso!
    Um exemplo a ser seguido por muitos que enfrentam ou passam pela mesma situação que ele passou e tudo com muito bom humor, alegria e vigor.
    O livro já foi lançado com sucesso certo e estourou, sinal que a pressa não teve problema nenhum, todos querem acompanhar a história narrada por ele, mesmo que de forma superficial.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Eu não sinto muita vontade ler esse livro não,mas claro que entendo a comoção que ele causou nos fãs do programa e acima de tudo, nos fãs da pessoa de Gil² O livro não foi escrito por ele realmente tem um termo em inglês que você da algumas idéias e paga para alguma outra pessoa escrever... E isso perdeu todo o encanto para mim para ler esse livro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!