Analisando a música: Resposta ao Tempo - Nana Caymmi


Já faz alguns dias que uma ideia vem crescendo na minha cabeça com relação a algumas músicas que amo, que escuto sempre e que me fazem viajar em suas melodias. Pensei no quanto as letras das músicas às vezes nos passam batido e a gente acaba cantando sem nem mesmo prestar atenção. Aconteceu comigo um dia em que eu fiz uma análise de uma música do Paulo Ricardo que fala sobre traição. Eu a cantava em alto e bom som e nem mesmo prestava atenção na letra, daí quando decidi escutá-la de verdade me decepcionei muito. Foi daí então que veio a ideia de analisar algumas canções, de forma amadora, porque não sou nenhuma entendida no assunto, diga-se de passagem.

Pode ser que seja uma nova coluna aqui no blog, que pode aparecer de vez em quando, fica aí a questão, porém hoje eu tinha que compartilhar com vocês essa letra linda de uma canção de Nana Caymmi. Não sei se vocês a conhecem, por isso irei deixar o vídeo no final do post.
Espero que gostem!

Então fica o convite, analise comigo “Resposta ao tempo”.

Batidas na porta da frente
É o tempo (Sempre de mansinho...)
Eu bebo um pouquinho pra ter
Argumento (Tentar argumentar com o tempo, doce ilusão)

Mas fico sem jeito calado, ele ri (ele faz troça da gente)
Ele zomba do quanto eu chorei
Porque sabe passar
E eu não sei (O tempo sempre zomba das pessoas, porque ele passa e deixa marcas na gente, nem sempre boas)

Num dia azul de verão
Sinto o vento
Há folhas no meu coração
É o tempo (Folhas que caem, pessoas que passam, lembranças, é assim que vejo essa estrofe)

Recordo um amor que perdi
Ele ri
Diz que somos iguais
Se eu notei
Pois não sabe ficar
E eu também não sei 
(Somos tão pequenos diante do tempo, ele só deixa lembranças, e ele não sofre, nós é que choramos, sofremos, buscamos voltar no tempo a cada dia)

E gira em volta de mim
Sussurra que apaga os caminhos
Que amores terminam no escuro
Sozinhos 
(Aqui o tempo é cruel, zomba dos nossos amores perdidos, das pessoas que ficaram no esquecimento e afirma que nosso destino é a solidão)

Respondo que ele aprisiona
Eu liberto (Tapa na cara do tempo)
Que ele adormece as paixões
Eu desperto 
(É aí que sacaneamos o tempo, porque sabemos deixar o amor vivo dentro da gente, mesmo que o tempo o faça passar, ir embora, conseguimos mantê-lo vivo)

E o tempo se rói
Com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor
Pra tentar reviver 
(Sim, o tempo precisa aprender que podemos mantê-lo dentro da gente, com lembranças, saudades, sentimentos bons)

No fundo é uma eterna criança
Que não soube amadurecer
Eu posso, ele não vai poder
Me esquecer 
(Eu posso esquecer do tempo, mas ele jamais esquecerá de mim, porque me manterei viva nas lembranças de quem me amou e de quem amo).

Resposta ao tempo nada mais é que um confronto, uma análise de nossas vidas com relação ao tempo, as lembranças e como podemos nos tornar inesquecíveis. Podemos driblar o tempo com boas atitudes, nos tornando presentes para as pessoas com nossas ações. O tempo passa, ele não perdoa, deixa marcas e cobra. Cabe a nós saber viver cada dia fazendo bom uso do tempo.



Música: Resposta ao Tempo
Interpretada por: Nana Caymmi
Compositores: Cristovao Bastos / Aldir Blanc





Então é isso, se você consegue interpretar essa música de forma diferente, me diz aí nos comentários. Obrigada pela atenção e me diz se gostou!

11 comentários

  1. Adorei esse novo quadro.
    Bom que nos traz nostalgia, e música ainda mais.
    Essa eu não conhecia, e a Nana tem canções maravilhosas.
    Já ouviu Fascinação na voz dela? É sublime.
    Em relação à música do Paulo Ricardo, eu nunca me atentei na letra, somente agora.
    Quando somos jovens nem prestamos atenção, mas agora temos outra vivência, o que acaba sendo chocante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Carlinha.
      Vou ouvir agora Fascinação, deve ter ganhado uma nova cor na voz da Nana. Com relação à música do PR eu também me senti enganada, jamais imaginei que se tratava de traição se não tivesse prestado mais atenção na letra, mas isso acontece. Fico pensando se essa garotada presta atenção nas letras dos Fanks que cantam e dançam, só a graça mesmo.
      Beijinhos, Carla, bom te ver por aqui.

      Excluir
  2. Leninha!
    Achei sensacional a ideia e se ficar como uma nova tag , será ótima!
    Sou movida a música e sabe que costumo fazer essa análise sempre aqui em casa?

    acho o Aldir Blanc um dos melhores compositores, pena que nos deixou.
    E essa música na interpretação da Nana Caymmi, sempre que escuto, tenho a impressão que é o próprio tempo se arrastando em nossa vida e nos mostrando o quanto não podemos fucir dele, mas podemos aproveitá-lo da melhor forma possível. Sensacional!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou , Rudy, vou tentar fazer mais posts assim, até transformá-la em fixa aqui.
      Gostei da sua visão do tempo se arrastando em nossas vidas e nos mostrando que não podemos fugir dele.
      Obrigada por comentar sempre.
      Bjs

      Excluir
  3. As inovações do Sempre Romântica!!!
    Que coisa mais linda e começar assim, com chave de ouro,numa canção que sim, traz o tempo. Rude, cruel, mas que é nossa vida correndo e parando, parando e correndo!
    Amei a análise e agora lá vai eu começar a analisar as canções rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Angela, seus comentários sempre me emocionam. Bom que você curtiu a "nova coluna".
      Depois compartilhe suas análises comigo, adoraria conhecer suas músicas.
      Bjs

      Excluir
  4. Olá! Ahhh que música é mais uma das minhas paixões, por isso, já amei a ideia e já quero mais (risos), apesar de não estar muito familiarizada com essa música em especial, depois de ler e ouvir deu para sentir o quanto ela é repleta de reflexões ao falar de um tema que assusta tanto, pelo a menos a mim assusta um tantinho. Eu quando gosto muito de uma música sempre vou atrás para saber mais sobre o seu significado o que normalmente a torna ainda mais especial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse espaço vai ser bom também para que se conheçam novas músicas, viu como você gostou da carga emocional dessa?! Pois é, de vez em quando essa coluna vai aparecer por aqui, aguarde.
      Bjs

      Excluir
  5. Ola Leninha
    Gostei da postagem e começou com chave de ouro ao trazer essa bela cançáo que fala sobre o tempo .Tempo de desafia os nossos planos ,tempo que corre ,corremos atraz do tempo perdido Tempo que se foi tempo que virá .tempo de novas coisas tempo de reviver tempos passados
    Acredita que tenho um poema preferido que fala sobre o
    tempo? Pois é ha muito tempo eu li um poema na revista CLaudia e até hoje eu o mantenho escrito numa de folha de caderno .
    Vou escrever um trecho
    'Mais uma vez o tempo me assusta
    Passa afobado pelo meu dia
    Atropela minha hora
    Despreza minha agenda
    Corre prepotente a disputar um lugar com a ventania
    O tempo envelhece e náo se emenda.'
    O poema termina assim
    'Apesar do tempo e sua pressa desleal agradeço a Deus por ter vivido amanhecer e continuar teimando '
    BJS

    ResponderExcluir
  6. Oi, Leninha!
    Antes de adicionar uma música na minha playlist faço todo um processo, sabe?! Quando me interesso pela música paro um momento para prestar atenção na letra, frase por frase, e quando é uma música internacional, então?! Aí é que vou atrás da tradução, vai que eu estou cantando algo que não devia sem saber?! rsrs... E só então após essa análise eu decido adicionar ou não a música na minha playlist, muitas vezes descartei músicas por não curti a letra depois da minha "análise" rsrs.
    Tenho a música Flor da Noite da Nana Caymmi na minha playlist que gosto muito, mas Resposta ao Tempo eu não conhecia... Achei linda a letra, e amei sua interpretação, e realmente, o tempo passa, as vezes devagar outras vezes depressa, as vezes ele é insuportável, mas temos que conviver com ele, e aprender a fazer bom uso.
    Bjos, amei o post, vou torcer para virar coluna permanente aqui no blog! E claro que já estou adicionando Resposta ao Tempo na minha playlist!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!