Em cartaz – Um Amor de Filme: De volta para o Futuro

E hoje a coluna Em Cartaz: Um amor de Filme tem a honra de nos transportar para 1985 e nos fazer recordar o filme De volta para o Futuro (Back to the Future), um dos melhores filmes de ficção científica e aventura dos anos 1980, em minha opinião e claro, nas dos críticos do cinema na época.

Quem nunca se imaginou podendo usar uma máquina do tempo e voltar para o passado para tentar modificar um pouco a nossa vida no futuro?! Que atire a primeira pedra! Porém o que acontece com Marty McFly foi meio que por acaso.

A história é mais ou menos assim: 
Marty McFly, um adolescente de uma pequena cidade californiana, é transportado para a década de 1950 quando a experiência do excêntrico cientista Doc Brown dá errado. Viajando no tempo em um carro modificado, Marty conhece versões jovens de seus pais e precisa fazer com que eles se apaixonem, ou então ele deixará de existir. Para complicar, Marty precisa voltar para casa a tempo de salvar o cientista.

O filme é de 1985 e quando lançado se tornou o filme de maior sucesso do ano, arrecadando mais de 380 milhões de dólares em bilheteria e recebendo aclamação pela crítica. Chegou a faturar o Oscar de Melhores Efeitos Sonoros e também foi indicado a outros prêmios.

De Volta Para o Futuro é o primeiro de uma série de 3 filmes baseados nos personagens Marty McFly e Doc Brown. O sucesso do primeiro filme deu origem a suas sequências: De Volta Para o Futuro 2 (1989) e De Volta Para o Futuro 3 (1990). Em minha humilde opinião as sequências são primorosas e não deixam a desejar em nada na qualidade e no bom enredo. 

De volta para o Futuro está completando 35 anos de sua estréia e é fácil assistir nos canais pagos da TV, eu mesma dias atrás, assisti os três numa tarde de recordações. 

Super recomendo para quem nunca assistiu, e quem já conhece as aventuras de Marty McFly vai adorar rever e relembrar os tempos ouros do cinema. 

9 comentários:

  1. Olá! Eita que esse filme marcou minha infância nas tardes da sessão da tarde, perdi a contas de quantas vezes já assisti e cada uma delas sempre maravilhosa. Nem parece que se trata de um dos meus gêneros menos favoritos (risos). Confesso que já me imaginei sim na pele do Marty e amava ficar pensando nas inúmeras coisas que eu poderia fazer com esse carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então somos duas, Elizete. Faço minhas as suas palavras em relação à viagem no tempo, quem nunca sonhou em mudar o futuro, não é?!
      Bjs

      Excluir
  2. Por este e outros mil motivos eu amo esse blog!!! Olha a viagem! Digna de fã de cinema! Eu vi tanto a trilogia destes filmes que até perdi as contas. Mas o primeiro(sem desmerecer os demais) é um ícone. Foi tudo tão novo na época,tão mágico.
    Este filme marcou geração e até hoje, essa viagem no tempo é usada como memes no face(eu morro de rir)
    A trilha sonora é outro marco da história e com certeza, são obras que verei novamente!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Angela, o primeiro é um ícone e merece aplausos, tanto que suas sequências são tão vistas quando ele.
      Valeu por sempre estar aqui no blog.
      Bjs

      Excluir
  3. Leninha!
    Agora me deu vontade de ser transportada para 85 e sentir tudo que senti novamente ao assistir esse filme pela primeira vez.
    Vou explicar: na época eu era fascinada por esse lance de ficção e viagem no tempo e quando o filme foi lançado, mesmo que tenha uma parte cômica, nem pisquei em frente a tela, porque queria aprender cada detalhe e racioncínio de como tudo seria e ainda foi melhor ao ver que tinha um romance no filme, regado a uma trilha sonora tão inesquecível que chega a me emocionar ainda hoje.
    Velu por trazer mais um clássico.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também assisti na época que foi lançado e foi incrível, tantos efeitos, as músicas casando perfeitamente com as cenas, o elenco primoroso e ação do incio ao fim. Uma aventura de tirar o fôlego, com certeza. Assisto sempre que vejo na TV.
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Leninha
    Otima recordaçáo .
    Esse filme realmente marcou epoca e na minha opiniáo essa mistura de ficçao cientifica aventura e comedia que fez o filme ser táo aclamado .acho que se fosse um filme num tom mais serio de fiçáo cientifica ele náo teria alcançado esse enorme sucesso que atravessa geraçóes .
    Some se a isso grandes atuaçoes dos atores efeitos especiais bem executados e uma trilha sonora que e show de bola
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, Eliane. O conjunto de tudo isso é o que faz com que esse filme seja amado até hoje.
      Bjs

      Excluir
  5. Oi, Leninha!
    Lembro que assisti De volta para o Futuro quando adolescente, mas não me recordo de ter assistido as suas duas sequências... Não sou muito fã de ficção científica, mas gosto de aventura e gostei de acompanhar as aventuras do Marty McFly, mas meu personagens favorito com certeza é o excêntrico cientista Doc Brown, amo esse branco cabelo bagunçado dele rsrs.
    Ah, com certeza desejei uma máquina do tempo para ter a chance de modificar o futuro, principalmente na minha adolescência, oh fase difícil esse, viu?! rsrs
    Bjos, amei o post!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos