Em Queda Livre - L.M. Halloran

A gente nem sempre está preparada para ler histórias com temas fortes e que acabam mexendo demais com o nosso psicológico,  não é verdade?! Em Queda Livre, de L. M. Halloran, apesar de trazer personagens feridos e cheios de traumas é descrito com tanta leveza que deixa a leitura fluida e muito envolvente.

Temos aqui uma história vista pelos olhos de nossa protagonista Amélia, que apesar de a princípio não ter me causado empatia, foi me conquistando aos poucos. A história é dividida em duas partes e a gente consegue perceber tudo nas entrelinhas, a autora vai debulhando aos poucos as dores, as decepções, os traumas e vai curando, e deixando o leitor preso às páginas do livro.

Leo é o mocinho que conquista assim que aparece na trama, seja pela boa aparência, pela generosidade mas também é claro, pelo dom de ouvir e entender a quem escuta. Talvez sejam ossos do ofício, não é verdade?!

Mia, como nossa mocinha gosta de ser chamada, passou por poucas e boas na vida, foi internada em uma clinica psiquiátrica após um “acidente”. Espero que as aspas tenham deixado aquela dúvida que ficou em mim durante toda a leitura, a veracidade desse acidente que deixou nossa mocinha à beira do colapso.

Nosso mocinho também é uma incógnita, ele é um psicólogo que sabe manter a discrição, apesar da enorme atração que parece sentir por Mia ele é esquivo, sempre se pergunta até onde a relação médico/paciente deve ser levada e mantida, e isso deixa um calor durante todas as sessões que eles protagonizam.

Não quero falar mais do enredo da trama, só quero deixar claro o quanto foi delicioso ler essa história. Mia e Leo têm uma química perfeita e conseguem crescer juntos durante a narrativa. A evolução no tratamento de Mia pelas mãos eficientes de Leo foi mais que um deleite, foi realmente um achado e despertou em mim diversas sensações e sentimentos.

Encerro essa resenha rendendo palmas e elogios à autora que soube manter o fio condutor da trama sem em nenhum momento perder o ritmo da leitura. Vale a pena conferir e se deliciar.
Recomendo a leitura.

Há coisas que estão fora do seu limite...
E há o seu psiquiatra.
Eles chamam esse lugar de Oasis, e ele é o médico responsável.
Ele acha que pode me salvar. Me curar. Me pegar se eu cair...
Tá bom...
Dr. Leo Chastain é uma distração de dar água na boca.
Por esse motivo, estou inclinada a jogar o jogo dele.
Ele não sabe que eu sou incapaz de sentir emoções que surgem naturalmente nos outros:
Medo, compaixão, amor...
Eu posso ser uma sociopata.
Eu o avisei que estou tão quebrada ao ponto de não poder ser consertada.
Que quanto mais ele me pressiona, mais eu recuo.
Até que ele esteja destruído também.
Eu o avisei.

6 comentários:

  1. Ai gente..que capa né? O mocinho da capa é meu sonho de consumo..rsrsrs
    E lendo sobre Léo, foi ainda mais gostoso saber que ele não é somente lindo, mas parece também, ter um coração mais lindo ainda e isso é maravilhoso.
    Mia eu dei uma torcidinha no nariz..mas se você diz que tem química, vamos lá.(deve ter sido só um cadim de ciúmes mesmo)
    Já quero o livro!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Leninha!
    Romances que aboradam um lado mais psicológico, trazendo um possível desvio de conduta e ainda assim, a autora consegue transformar em um romance, talvez não tão fácil, mas com um possível final feliz, claro que me atraem.
    Pelo que vejo Mia não tem uma personalidade muito atraente a princípio, porém acredito que tudo seja apenas falta de amor, que com certeza Leo poderá dar...
    Quero poder ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Olá! Fiquei de olho nesse livro, justamente pela sinopse um tanto quanto assustadora para mim) e já estava meio que preparada em encontrar algo mais que o romance em si (risos) e pelo visto não vou me decepcionar. Sem dúvida vai ser muito bom acompanhar nossa protagonista nessa jornada e descobrir esse amor.
    PS: E sim esse “acidente” já me deixou aqui com a pulga atrás da orelha!!! Algo de errado não está certo (certeza)

    ResponderExcluir
  4. Hummm, paciente e doutor?! Esse romance já me deixou suspirando aqui, hehe. Percebi que a mocinha tem muitos problemas, passa por poucas e boas até dar início à sua recuperação, fiquei curiosa aqui em saber como o nosso Dr.Leo vai auxiliar... Amo tramas que envolvam corações quebrados prestes a serem colados caquinhos por caquinhos... Amaria ler este livro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos