Em Cartaz – Um Amor de Filme: Gatinhas e Gatões

Eu não costumo fazer post para essa coluna toda semana, mas devido a essa quarentena pela qual estamos passando decidi brindar meus amigos e seguidores com mais uma dica de um ótimo filme que ficou lá, perdido no tempo, mas que sempre que assisto é como uma viagem. Estou falando do filme Gatinhas e Gatões, de 1984.

Temos aqui a história de Samantha Baker (Molly Ringwald), uma jovem que está completando seus 16 anos e tem todos os sonhos de uma jovem adolescente: namorar o rapaz mais bonito da escola que por um acaso namora a garota mais bonita da escola. Nesse ínterim toda a sua família está as voltas com o casamento de sua irmã Ginny, e em meio a todo esse tumulto todos esquecem seu aniversário, o que para ela é sinal de o quanto ela é insignificante naquela família.

O filme é uma comédia romântica com cenas hilárias e muito papo cabeça, por assim dizer. Todos os dramas adolescentes vão se mesclando e nos envolve no enredo de forma que fica difícil não torcer para que nossa mocinha se descubra, se deixe amar e ame intensamente. 

Mais um clássico dos anos 1980 que até hoje encanta quem assiste, desde que se entre com a mente aberta, pois é um filme com todas as características dos anos em que é retratado, com suas músicas, figurinos e cenas até um pouco toscas, isso sem contar algumas cenas que até hoje geram um conflito nos mais convencionais, já que deixa claro a relação de “abuso” a uma jovem bêbada. 

Eu, particularmente amo de paixão e assisto todas as vezes que passa na TV.
Então é isso, espero que todos curtam e se divirtam nessa quarentena, com bons filmes.

6 comentários:

  1. Sabe o que é mais irônico nesse clássico? O título do filme. Puxa, não combina de jeito nenhum.rs
    Eu sempre odiei o título e amei o enredo, os personagens. Tá, são jovens(ou eram) e na época eu pensava que seria outra coisa e ao me deparar com um enredo tão gostoso e terno,passei a odiar o nome.
    Mas com certeza,é um filme gostoso, leve, engraçado e sim, essa coluna traz tantos sentimentos gostosos na alma!!!
    Obrigada por fazer sorrir, mesmo em meio ao caos!!

    Continue se cuidando e dos seus!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensando bem realmente esse título não tem nada a ver mesmo, rsrsrs
      Amo o filme, tanto que nem me ative a esse detalhe.
      Obrigada por estar sempre por aqui, se cuida também!
      Bjs

      Excluir
  2. Olá! Ahhh que esse eu também não assisti, mas já ouvi falar e muito sobre, por isso, praticamente considero que eu assisti (risos), mas mesmo assim, espero poder conferir de verdade e me diverti um pouco, pois sim será um tanto quanto hilário acompanhar essa história que venhamos destoa da nossa atualidade, vale até um remake mais atual hein... brincadeirinha, remakes quase sempre são horrorosos, prefiro ficar com a nostalgia mesmo, partiu aproveitar a quarentena da melhor forma possível!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista mesmo, Elizete... Você vai se divertir muito.
      Beijokas!

      Excluir
  3. Assisti muitoooo, fez mais feliz as minhas tardes em casa!!! Lembro de sempre ficar olhando pra atriz e pensando: Credo, que guria bem feia! Rsrsrs 😅
    Deu uma sensação de nostalgia aqui... Tempo bom. 😘

    Beijo amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive o prazer de assistir essa semana no Telecine Cult, matei a saudade.
      Bons tempos na época em que assistia sempre na sessão da tarde.
      Beijokas!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos