Em Cartaz – Um Amor de Filme: Flashdance - Em Ritmo de Embalo

E para não perder o pique de recordações musicais, a coluna Em Cartaz – Um Amor de Filme traz hoje mais um dos sucessos que embalou os jovens nos anos 1980.

Flashdance (Flashdance - Em Ritmo de Embalo) é um filme americano de 1983, do gênero romance musical. O filme conta a história de Alex, uma jovem de garra e talento, que não mede esforços para realizar o sonho de se tornar uma bailarina. Para isso, durante o dia, ela trabalha como operária e à noite trabalha como dançarina numa boate. No decorrer do filme, ela se envolve com seu chefe, Nick, enquanto se prepara para concorrer a uma vaga em uma escola de dança de prestígio.

Não tem como não se sensibilizar com uma moça que aparenta ser bruta, quase selvagem em sua maneira de ser e vestir, com um emprego específico para homens e que tem a delicadeza de uma bailarina, mas não qualquer dançarina, ela tem estilo, garra e muita doçura. 

Alex é uma personagem inspiradora e nos deixa uma mensagem de força e determinação. Apesar de tudo somar contra, ela não desiste de seus sonhos, e com uma performance de tirar o fôlego ela deixa o  telespectador com os olhos vidrados na tela, ansiosos pelo desfecho romântico e vitorioso.

Eu, particularmente amo os musicais dos anos 1980 não só por serem lindos e envolventes, mas também por deixarem sempre uma lição inspiradora. Dirty Dancing, Footloose e Flashdance fizeram história e até hoje encanta que assiste. Eu recomendo!

8 comentários:

  1. Eu gosto taaanto, tanto, que já fiz minhas filhas assistirem diversas vezes e elas também gostam... Este filme marcou uma época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esperei demais para assistir com a minha filha, ela assistiu e riu, achou a dança do final boba e desinteressante. Coisas de uma jovem já passada do tempo dos grandes arroubos da adolescência, rsrsrsr.
      Mas eu amo, adoro, acho inesquecível.
      Bjs, Van.

      Excluir
  2. Se eu te falar que tenho essa música no pendrive do fone de ouvido até hoje, você acredita??
    Não consigo deixar de ouvir. A cena da cadeira é icônica e todo o enredo em volta de Alex é importantíssima!
    Engraçado que quando foi lançado no ano de 1900 e guaraná com rolha, o fato da personagem fazer um trabalho masculino e lutar tanto por seus sonhos, passa até despercebido, por isso é tão bom rever agora, depois de adultos.
    Eu já perdi as contas de quantas vi o filme e sei que ainda verei mais. Uma verdadeira lição de "Não Desista Nunca".
    Por isso, eu amo essa coluna aqui, dá essa nostalgia gostosa e aquele sentimento gostoso no coração!!!!
    Posso pedir uma lembrança boa?? Caravana da Coragem?? rsrsrs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Musica boa tem que estar sempre no pendrive, e essa é uma delas, não é a toa que esta´no seu e no meu também.
      Aquela cena na cadeira mexe até hoje com o público e é imitada em muitos clubes e boates da vida, e até em filmes e novelas.
      A lição que esse filme deixa para nós mulheres é muito boa, e olha que era década de 80, imagina quem assiste hoje?!
      Beijos, Angela!

      Excluir
  3. Olá! Outra preciosidade e essa cheia de cenas épicas, retratadas em vários outros lugares, teve clipe, teve filme, teve série se inspirando, e não é para menos, porque foi maravilhosa e mereceu essa homenagem, confesso que esse eu acabei assistindo menos do eu gostaria também, mas nada que uma parada nesse final se semana não mude isso! Muito bacana que um filme lá dos anos 80 traga uma mensagem tão especial e um tema forte e que ainda levanta polêmica, o jeito é ir preparando a pipoqueira, afinal fim de semana está batendo na porta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso em rever o filme nesse fim de semana, adoro essas sessões nostalgia.
      Bjs e bom filme!

      Excluir
  4. Leninha!
    Acho que já falei que amo musicais, ainda mais com romances.
    Flashdance é u m dos melhores filmes para mim de toda uma vida, aquela cena da água caindo enquanto ela dança é excepicional.
    Adorei a escolha.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil escolher melhor cena nesse filme, todas são épicas e memoráveis.
      Amo e recomendo sempre.
      Bjs, Rudy!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos