Em Cartaz – Um amor de Filme: Tudo por uma Esmeralda

O filme de hoje foi escolhido a dedo, pois para mim é o que mais se assemelha aos livros de aventura romântica que eu lia na minha adolescência. Tudo por uma Esmeralda é um daqueles filmes que os fãs de livros de romances adoram, adoraram ou adorarão assistir. Ele conta a história de Joan Wilder (Kathleen Turner), uma escritora solitária que gasta seu tempo escrevendo e fantasiando o homem perfeito. Mas, sua vida muda de rumo quando ela viaja para resgatar sua irmã, sequestrada por bandidos para lá de atrapalhados, e se descobre procurando um tesouro com o homem de seus sonhos, que vem a ser Jack Colton (Michael Douglas), um aventureiro e mercenário capaz de fazer qualquer mulher suspirar. Eu particularmente tenho uma paixão platônica por Michael Douglas até hoje, no auge dos seus 74 anos.

O filme é de 1984, estrelado por Michael Douglas, Kathleen Turner e Danny DeVito, e foi seguido por uma sequência de 1985 intitulada The Jewel of the Nile. A Jóia do Nilo. Tudo por uma Esmeralda se tornou o "único grande sucesso" da 20th Century Fox em 1984.

Tudo por uma Esmeralda foi bem recebido pelos críticos. O consenso crítico do site Rotten Tomatoes (um website americano, agregador de críticas de cinema e televisão) diz: "Romancing the Stone remonta aos clássicos seriados de sábado de manhã com uma aventura repleta de ação, animada pela química cintilante entre seus protagonistas bem combinados".

O filme foi indicado ao Oscar de melhor montagem e Editores de Cinema Norte-americanos. Ganhou o Golden Globe Awards de melhor filme de comédia ou musical e melhor Atriz de comédia ou musical para Kathleen Turner.

Eu sou suspeita para falar desse filme, amo de paixão não só os protagonistas como a história que é tão bem contada, tão romântica, por assim dizer, que não tem como não amar. O cenário, a fotografia, o envolvimento e a química existente entre nossos mocinhos é perfeita. 
Joan Wilder é Jack Colton são personagens de nossos livros de época, com seus defeitos, suas peculiaridades e até com sua inocência. A caça ao tesouro e o perigo pelos quais eles passam só atiçam quem assiste ao filme, nos deixando vidrados na tela da TV e ansiosos por um desfecho para lá de feliz. Super recomendo.

Um pedacinho do filme para apreciação.

6 comentários:

  1. Ola Leninha
    Ainda não assisti esse filme vou baixar para assistir
    Antes eu mais revia filmes porque achava mais seguro assitir algo que já tinha visto e gostado do que me aventurar em filmes desconhecido por medo de perder tempo
    A gente tem cada ideia!
    Por isso gosto muito de indicações e estava esperando esse coluna do blog ansiosa e curiosa
    Ansiosa porque quero ver se um filme que tanto amo vai ser indicado por você e curiosa porque sou curiosa mesmo rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que você nunca assistiu esse filme?! OMG!!!
      Você vai amar, Eliane.
      Obrigada por curtir sempre a coluna e o blog.
      Olha só, fiquei bem curiosa com esse filme que você ama, mas acredito que vou descobrir, porque se é bom eu vi, rsrsrs
      Bjs

      Excluir
  2. Adoro de paixão esta coluna!!Reviver estes grandes clássicos que marcaram o cinema mundial é maravilhoso e traz esse gostinho de nostalgia!
    Puxa, Michael é um ícone até hoje, tal como vinho que quanto mais tempo tem, melhor fica!
    Mas aí neste longa, ele estava no auge da boa forma e Danny idem!
    Aliás, duplinha que casou direitinho!
    Estava lendo acima e me lembrei dos Aventureiros do Bairro Proibido.rs
    Não sei se foi tudo na mesma época, mas marcou.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que voc~e gosta da coluna, Angela. É sempre um prazer escrever um post sobre um filme que eu amo, ainda mais quando o povo corre para assistir também.
      Amo o filme Os Aventureiros do Bairro Proibido, ele ta na lista para entrar na coluna. Aguarde e confie.
      Bjs

      Excluir
  3. Leninha!
    Nossa! Foi buscar longe, hein?
    Amo esse filme, já assisti mais de 495726141537484 de vezes, sem contar que adoro o Michael Douglas atuando (mesmo que seja um maníaco sexual na vida real...kk), mas enfim, o filme é um amorzinho e cheio de aventura, do jeitinho que gosto, vale a pena assistir.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também já perdi a conta de quantas vezes assisti. Maníaco sexual é? Não vi a mulher dele reclamando, rsrrsrs
      BEIJOS AMORE, É SEMPRE BOM TER VOCÊ POR AQUI.

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos serão respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos