Em Cartaz – Um amor de Filme: A Lagoa Azul

E continuando com as dicas de filmes que marcaram gerações, é claro que não poderia ficar de fora o clássico A Lagoa Azul, não é verdade?! E olha ela aí de novo, a nossa linda Brooke Shields. Na verdade esse post deveria ter entrado antes da do filme Amor sem Fim, mas foi um erro meu, me perdoem. Porém vamos ao que interessa...

A Lagoa Azul  é um filme norte-americano de aventura e drama romântico lançado em 1980 nos cinemas dos Estados Unidos, se tornando um grande sucesso comercial na América do Norte, apesar de receber críticas mistas. No Brasil, o filme chegou aos cinemas em setembro do mesmo ano, mas, até hoje, o longa é mais lembrado pelos brasileiros pelo fato de ter sido exaustivamente reprisado durante anos na TV pela Sessão da Tarde, na Rede Globo.

O filme conta a história de duas crianças isoladas em uma ilha tropical paradisíaca no sul do Pacífico. Longe da civilização, as duas crianças crescem sozinhas na ilha e se apaixonam aos poucos à medida que atingem a puberdade, e tem como protagonistas a atriz Brooke Shields, e o ator Christopher Atkins.
Brooke tinha apenas 14 anos quando estreou o filme, o que criou um grande problema aos produtores já que ela tinha que aparecer com os seios à mostra em várias cenas, e a única maneira de não mostrá-los foi colando os cabelos da moça sobre os seios. Ah, e para quem não sabe o casal engatou um romance durante as filmagens, só que não durou muito tempo, infelizmente.

Juro para vocês que ficarei de “cara” caso alguém venha aqui para comentar que nunca assistiu esse filme, sucesso nas tardes da Globo, sem cenas deletadas, apesar de não ter nada tão demais para mostrar além dos seios de uma dublê da atriz Brooke Shields, já que por ser menor de idade, como eu já citei acima, as cenas de semi nudez não podiam ser feitas por ela.

Eu amo o clima desse filme, o amor que nasce na inocência, o cuidado dos personagens um com o outro, e ver o amor florescer num cenário paradisíaco fez com que na época a veia romântica que brotaria em mim ficasse ainda mais palpitante. 
Assisto esse filme até hoje, me desculpem, mas eu amo.

Trailer sem legendas

8 comentários:

  1. Quem nunca se deparou com este filme na sessão da tarde e mesmo resmungando foi lá e assistiu, que jogue o primeiro lencinho!
    Não há como nunca ter visto este filme. Um ícone do cinema mundial, que marcou tanto não somente uma geração,mas creio também que dos atores também.
    Brooke é lindíssima até hoje e mesmo quando a vemos na tv depois de tantos anos, a associação com a personagem é impossível de não ser feita.
    O amor inocente precisava é ser ressuscitado, isso sim!
    Se recomendo?? Muito! rs e sim, deu vontade rever!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duvido mesmo que alguém tenha resistido ao filme, Angela, rsrsr
      Para fazer o post eu tive que assistir, e que lindo, novamente.
      Bjs

      Excluir
  2. Isso lembra muito sessão da tarde...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito mesmo, acho que esse foi o filme mais reprisado da história da sessão da tarde. Quem duvida?!
      Bjs

      Excluir
  3. Agora vou tentar achar o filme pra assistir. Sessão nostalgia hehe

    ResponderExcluir
  4. NOSSA assisti muitas vezes esse filme
    REALMENTE um filme tão lindo .com o amor sincero nascendo entre os dois .
    UM FILME que com certeza foi assistido por muita gente e que ficou marcado na nossa memoria .INESQUECIVEL .

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos