O que restou de você – K. C. Bergamini

Quem está sempre aqui no blog sabe o quanto admiro e valorizo o autor nacional, mas não têm como não amar suas histórias, eles cada vez mais nos presenteiam com romances doces, carregados de sentimentos, temas inusitados e que nos deixam assim, completamente apaixonados. 
Vou falar hoje de um romance que me tirou dos eixos, me surpreendeu quando me passou pela sinopse uma coisa e seguiu por outro caminho muito melhor do que eu imaginava.

Essa é minha segunda experiência com um livro da K. C. Bergamini, minha querida amiga Kátia. O primeiro livro que li dela foi Unidos pelo Destino, e se você ficou curioso com o que eu achei do livro tem resenha no blog, mas só para constar, eu amei. Mas, falemos de O que Restou de Você
Imagine passar por um acidente e nele perder toda sua família?! E pior, sentir a culpa por ser o motorista que de certa maneira causou a morte das pessoas que mais amava na vida?! Foi isso que aconteceu com Jacson. Um acidente de carro ceifou a vida da mulher de sua vida e de seu filho amado. Como superar uma dor tão forte e dilacerante assim?! 

Jacson usou a forma mais simples de enfrentar seu drama, assumiu a culpa pelo que aconteceu e passou a viver dia após dia se sentindo o pior dos homens, aquele que não merece ser feliz, a quem só resta esperar que um dia a morte o leve para poder esquecer sua dor.
Porém o destino o coloca à frente de um problema bem mais complexo do que ele pode esperar, e pelos olhos de outra mulher ele começa a ver a vida por outro ângulo. Quem sabe essa não seria a hora de Jacson aprender que nem só de culpa e amargura vive um homem, e que talvez seu milagre esteja preste a acontecer.

Não tenho palavras para expressar o quanto gostei desse livro, uma leitura que leva à reflexão, que toca o coração de quem lê, e que transmite uma paz, um alento tão tocante que fica impossível pegar outro livro para ler em seguida, é necessário alguns dias para conseguir digerir tudo que nos foi passado, com a maestria e a delicadeza da escrita de K. C. Bergamini.

Mais uma vez me senti refém de uma história, passei horas pensando no que seria o melhor que poderia acontecer à Jacson que o trouxesse de volta à vida, porém nada me preparou para o que a autora nos presenteia na narrativa. Com certeza foi uma grata surpresa ver como a trama se desenvolveu, como cada personagem que entrava na história tinha o que acrescentar para abrilhantar ainda mais esse romance tão delicado, sensível e tocante. 

Só posso render elogios à autora por sua obra e dizer para quem ainda não conhece esse livro — que nos traz uma capa super condizente com nosso protagonista —, para que leia, se deixe embalar por todos os sentimentos que nos são apresentados nessa narrativa, aprenda a amar, a se perdoar, a se sentir merecedor de amor, tanto com Jacson quanto com os outros personagens da trama. Mais um autor nacional que deve ser lido e apreciado, vale cada página, cada frase, cada momento.  Leia e apaixone-se também.

Um carro desgovernado, uma tragédia, duas vidas. Quando eu acordei e soube que havia matado minha esposa e meu filho em um acidente, me tornei somente escuridão. Não havia mais motivos para viver. Eu poderia desistir, se não fosse covarde. Eu poderia recomeçar, se não estivesse devastado pela culpa. Então, dediquei minha existência ao sofrimento. Tentaram me falar, inúmeras vezes, que tudo aconteceu porque Deus tinha um propósito para mim. Mentira. O único propósito era meu: pagar por cada momento da vida deles que eu joguei fora. Ou então, era isso que eu imaginava até conhecer Cecília. Quando ela aparece, como um anjo enviado pela mãe da falecida Flávia, sabe que tem apenas uma missão: revelar o que restou depois de tudo. E fará isso mostrando todas as outras rotas que foram alteradas naquele acidente, todas as vidas que foram mudadas drasticamente. Afinal, quantos caminhos podem ser interligados em uma noite tão marcante?

6 comentários:

  1. EU FIQUEI apaixinada pela capa e pela sinopse achei que tem tudo a ver com a estoria .ESSES olhos tristes parecendo querer enxergar alem do que vemos E LENDO a sua resenha sobre o livro me fez querer ler mais ainda.AMO LIVROS que falam de segundas oportunidades ,de que sempre é possivel recomeçar apesar dos sofrimentos.PELO JEITO é um livro que mexe com nossas emoções e nos deixam assim pensativos .parecem que os personagens entram na nossa cabeça e não querem sair mais .E QUE BOM que é de autora nacional .PRETENDO LER SIM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a capa faz jus ao enredo e não tem como não imaginar esse homem de olhos tristes durante toda a leitura.
      Os nacionais sempre me deixando muito feliz com suas histórias.
      Leia Eliane, você vaia amar.
      Beijos

      Excluir
  2. Também sou fã demais da literatura nacional e sabe um dos motivos de ter ficado aqui no blog desde que conheci? Esta possibilidade de sempre estar por dentro destes livros nacionais, que muitas vezes são esquecidos ou nem conhecidos!
    Eu não conheço o trabalho da autora, mas adorei ler a resenha deste trabalho e tive que ir caçar a outra resenha!rs
    Quantas e quantas vezes, perdemos algo, alguém..e precisamos deste novo olhar sobre o que faremos de nossa vida e de nós mesmos!
    O amor..só ele pode salvar!
    E com certeza, o livro vai para a lista de desejados!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que uma das coisas que te trazem sempre aqui são as indicações dos nacionais, eu adoro e valorizo muito.
      Essa história é linda, você vai amar conhecer Jacson e Cecilia.
      Bjs

      Excluir
  3. Leninha!
    Nossa! Deve ser um grande drama toda agonia de Jackson até ter resgatado por um novo amor inesperado.
    Achei a capa tão linda, deve condizer com as reflexões e ensinamentos do livro.
    Amo autores nacionais também, nada devem aos estrangeiros.
    Participo e sairá divulgação no blog.
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DEZEMBRO - 7 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você nem imagina qual amor irá resgatar nosso mocinho de volta à vida. Vale a pena ler para descobrir.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos