Como se casar com um Marquês - Julia Quinn

Resenhar livros da Julia Quinn é sempre muito prazeroso, e mais uma vez a diva nos brinda com um livro divertido, muito fofo, doce e com aquela pitada de humor que só a Julia consegue colocar em suas narrativas. Na verdade acho que nesse livro ela exagerou, ri muito com as cenas para lá de cômicas que se passam entre Lizzie e nosso lindo e apaixonante Marquês.

Nossa mocinha está cheia de problemas, sendo a filha mais velha de uma família com quatro irmãos órfãos ela tem a obrigação de conseguir dinheiro, suas irmãs estão crescendo, e além deles precisarem do básico  que é se alimentar, seu irmão precisa ir a Eton, já que ele é um baronete, mas para isso ela precisa trabalhar e quem sabe com a ajuda de um livro intitulado "como se casar com um marquês", ela consiga aprender algo que a faça se casar com um homem rico. Isso ajudaria bastante, não é verdade?!

Nosso mocinho também está cheio de preocupações, finalmente ele decide que chegou a hora de se casar e ter filhos, mas sua tia o convoca para ajudar em uma investigação e ele acaba indo parar na casa de nossa querida Lady Danbury, e lá conhece Lizzie, a dama de companhia de sua tia, que logo de cara aparenta ser a principal suspeita de sua investigação.

Pronto, acho que isso é o bastante para tornar qualquer livro clichê em uma aventura bem legal.

Instigante é a palavra certa para a atração que surge entre nossos protagonistas, a química existente entre os dois é quase palpável e transforma uma história que parecia simples e confortável em uma narrativa bem humorada, cheia de pontos altos e que deixa o leitor preso a suas páginas. Não é à toa que demorei apenas 3 horas para terminar a leitura, e a seu término ficou a sensação mais que certeira de que livros assim deveriam ser publicados aos montes. Julia Quinn mais uma vez mostrou a que veio.

Personagens hilariantes como nossa querida Lady Danburry, órfãos travessos e até um gato deixam a história ainda mais envolvente, me diverti muito, e claro, indico, recomendo, insisto que leiam! 
Amei!

Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.
Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.
Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

9 comentários:

  1. Lady Danburry é uma figura!rs E como é astuta a bichinha!rs
    Adorei este livro da Julia e pode soar clichê e tals, mas Julia mais uma vez conseguiu criar todo um cenário que não só apresenta o romance, mas traz também família. E achei isso lindo!
    A forma como os irmãos de Lizzie são trazidos para a história é única e me envolvi demais com eles!
    E oh, tem até uma pontinha de suspense e isso foi outra jogada de mestre!
    Leitura mais do que indicada!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem preciso dizer que amei tudo isso que você disse aí, né?!
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Leninha!
    Imagino que os livros da autora sejam divinamente prazeroso ler...
    Ainda não tive oportunidade de conhecer sua escrita, espero conseguir um dia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Leninha,
    Amo a escrita da Julia Quinn, li poucos livros dela, mas todos foram maravilhosos. Apesar de não conhecer a Lady Danbury já percebi que ela deixa as histórias que participa todas divertidas, e esse toque de humor que a autora da em alguns dos seus personagens, faz toda a diferença.
    A história é linda, claro que como amo romances eu adorei o enredo criado, e melhor ainda que o casal se apaixonou de forma gradativa, assim podemos curtir a leitura.
    Já tenho o primeiro da Duologia, espero ler em breve e ja comprar o segundo!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Vitória, Lady Danbury dá a pitada necessária para deixar os livros da diva ainda mais interessantes.
      Você precisa conhecê-la.
      Bjs

      Excluir
  4. Leninha!
    Nossa! Terminou a leitura super rápida, hein?
    Fiquei feliz em saber que esse exemplar é ainda melhor do que o primeiro, mais irreverente e hilário. É que tive oportunidade de ler o primeiro e por sua resenha, achei melhor.
    James e Elizabeth devem bem dar o tom do clima sexual entre eles, sem contar com os trechos engraçados. Tensão sexual palpável é uma delícia!
    Gosto demais da autorae quero poder ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi rápido mesmo, até eu estranhei, mas depois que se começa fica difícil parar, o livro é tão gostoso que não dá.
      Se você curtiu o primeiro vai amar esse ainda mais.
      Depois me conta.
      Bjs

      Excluir
  5. Pelo visto a sua leitura foi bem rápida Eu adorei esse livro Foi até melhor para mim do que o primeiro mesmo ambos sendo maravilhosos a leitura era fluido e muito agradável e eu não conseguia parar de rir com a escrita da autora nesse livro

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos