Querido Vizinho – Penelope Ward

Como o título do livro já nos diz, teremos o prazer de conhecer aqui um querido vizinho, tão fofo e apaixonante que fica difícil não se imaginar batendo em sua porta para pedir uma xícara de açúcar e aproveitando para entrar e fazer o café ali mesmo, e claro, depois saborear com muita ousadia. Opa desculpa, me empolguei. (Risos)

Mais uma vez fiquei apaixonada por um mocinho de Penelope Ward, acredito que já que essa não foi a primeira vez, não será a última também. Essa autora tem o poder de transformar um homem comum, por assim dizer, em um crush para a vida toda.
Impossível também não gostar de Chelsea e seu drama pessoal, que acaba atraindo mais do que pena, mas consolo nos braços de um homem maravilhoso chamado Damien.

A história começa com Chelsea numa conversa com seu terapeuta e que acaba sendo ouvida por Damien que decide ajudar dando conselhos para uma estranha, e esse relacionamento que parece começar como uma amizade acaba se tornando para nossa mocinha em um novo sentimento, em algo que ela deseja consumar, literalmente. Mas nosso mocinho tem um probleminha, não quer entrar em um relacionamento, e de maneira nenhuma vai deixar Chelsea derrubar as barreiras que ele criou em torno de seu coração tão sofrido, porém será que ele vai conseguir resistir?!

Penelope Ward cria um clima tão intenso entre nossos mocinhos que fica impossível largar o livro até desvendar e desfrutar de todos os seus segredos. Chelsea é uma mocinha forte e que apesar de baqueada pela vida sabe o que quer e luta por seus objetivos. Já nosso querido Damien encanta durante toda a narrativa e traz um mistério que precisa ser desvendado, e que faz o leitor elaborar as mais diversas possibilidades até que nos é jogado na cara a verdade, que assusta. Mas, só mesmo lendo o livro para entender o qual profundo são as raízes desse problema e o que ele pode acarretar em um relacionamento que está apenas começando.

Acho que não preciso dizer o quanto gostei dessa história não é verdade?! Acho que histórias assim, escritas com maestria por uma autora que sabe o que faz, são difíceis de achar, e vale muito à pena ler e se encantar.
Eu recomendo a leitura imediata. E claro, não se esqueça de voltar para trocarmos figurinhas.

P.S.: Para quem não sabe Chelsea era a namorada de Alec, personagem do livro anterior Meu Querido meio-irmão, que infelizmente eu não li ainda. 


Depois de tomar um pé na bunda, a última coisa que eu precisava era me tornar vizinha de alguém que me lembrasse do meu ex-namorado, Elec. Damien era uma versão mais sexy do meu ex. O vizinho que eu chamei de “artista irritado” também tinha dois cachorros enormes que me mantinham acordada com seus latidos. Ele não queria nada comigo. Ou era o que eu pensava até que uma noite eu ouvi risadas vindo através de um aparente buraco na parede do meu quarto.
Damien estava ouvindo todas as minhas sessões de telefone com o meu terapeuta. O artista sexy agora conhecia todos os meus segredos mais profundos e inseguranças. Nós começamos a conversar. Ele me deu dicas para superar meu rompimento. Tornou-se um bom amigo, mas deixou claro que não poderia ser nada mais. O problema era que eu estava me apaixonando por ele. E por mais que ele me afastasse, eu sabia que ele sentia algo por mim... porque seu batimento cardíaco não mentia. Eu pensei que meu coração havia sido destruído por Elec, mas estava vivo e batendo mais forte do que nunca por Damien. Eu só esperava que ele não o destruísse para sempre.

7 comentários:

  1. Juro que se não tivesse lido sua resenha sobre esse livro não teria considerado dar uma chance, pois quando li a sinopse no Skoob não me empolguei com a história. Agora voltei a ficar interessada.

    ResponderExcluir
  2. Penelope é incrível e sabe como ninguém, desenhar um enredo simples, mas que faz a gente ficar com "quenturinhas" só de pensar no enredo.rs
    Tenho três vizinhos aqui que só por Deus.rs Aliás, a família é toda linda,então...rs(kaketa)
    Mas adorei o que li acima e mesmo não tendo lido também o primeiro livro, quero saber mais deste vizinho!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse, Angela.
      Não senti falta de ter lido o livro anterior, se eu não soubesse do fato nem mesmo teria citado no post.
      CUIDADO COM ESSES SEUS VIZINHOS, HEN, RSRSRS

      Excluir
  3. Oi Leninha!
    Toda resenha que leio desse livro é boa demais, tô curiosa pra conhecer esse tal vizinho viu rsrs
    O enredo parece ser bacana.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se todos dizem que estão gostando, um fundo de verdade tem, rsrsr
      Leia Aline, para tirar a dúvida.
      Bjs

      Excluir
  4. Leninha!
    Que Manoel não leia nem me escute, mas bem poderia ter um vizinho como Damien que viese experimentar minha cafeteira nova por aqui e me dar uns conselhos também...kkkkkkk (brincadeirinha).
    Gostei muito de toda dinâmica do romance e por ser um tanto inédito a forma como se aproximam, né?
    Amei
    Desejo um mês abençoado e uma semaninha de luz e paz!
    “Sede felizes; os amigos desaparecem quando somos infelizes.” (Eurípedes)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos