Prazer em Julgamento – Nina Müller

Mais uma vez cá estou eu resenhando um livro de autor nacional, dessa vez com uma pegada diferente, mais sensual. Para quem não sabe esse é o terceiro livro da série Sentença, de Nina Müller, conhecida por seus grandes sucessos nas plataformas digitais, inclusive essa história já conquistou mais de 2 milhões de leitores on-line.

O prólogo do livro nos faz imaginar que teremos uma história bem dramática e tensa, só com esse detalhe já ficamos na maior expectativa, porém a leitura do livro é bem rápida e nem tão intensa assim, chega a ser quase um clichê.

Como citado na sinopse Lívia foi vítima de um relacionamento abusivo na adolescência, o que de certa maneira mudou seu jeito de ver os homens e seus relacionamentos. O que seria um pano de fundo perfeito para ser explorado foi tratado de maneira leve e bem superficial, mas nada que desabone a leitura.

Lívia agora está estagiando como psicóloga e seu primeiro cliente é Rodrigo, um piloto da FAB. Apesar de competente foi advertido por manobras arriscadas no ar e precisa passar por uma avaliação psicológica para retornar às suas funções. Eles só não sabiam que seria bem mais arriscado estarem juntos, porque a química entre eles é instantânea e bem fervorosa.

O passado de Lívia poderia ser um obstáculo para que esse casal não desce vazão a seus desejos, mas esse fato é apenas um detalhe que passa pelo enredo sem muitos problemas. E temos um relacionamento intenso e bem gostoso, algo que vale muito a pena apreciar.

O livro em si é bem envolvente, os capítulos são alternados entre os protagonistas e fica fácil de entender o ponto de vista de cada um ao longo da narrativa. Apesar de ter sido levado em consideração o pano de fundo sobre violência doméstica o assunto fica relegado a um mero tema não explorado como seria esperado. Mesmo assim a leitura foi bastante prazerosa. Apesar de eu não curtir muito livros hots, esse teve sua dose acertada e fluiu de maneira confortável.

Não conhecia as obras da autora, mas nota-se o seu talento e sua delicadeza na escrita. Gostei muito de Prazer em Julgamento e adoraria ler os livros anteriores em formato físico. #FicaDica Editora Essência.

Primeiro livro físico da autora fenômeno de vendas na internet
Lívia é uma psicóloga dedicada e tenente da aeronáutica. Vítima de um relacionamento abusivo no fim da adolescência, ela não se sente capaz de se relacionar de maneira saudável com outra pessoa. No entanto, um de seus primeiros pacientes é seu colega de farda Rodrigo Guerra, um piloto suspenso pelo comandante da base por arriscar sua vida e o equipamento com manobras ousadas demais no ar. Agora, ela não consegue evitar a eletricidade que percorre seu corpo toda vez que encontra Rodrigo, e o resultado dessa complexa relação entre terapeuta e paciente é imprevisível.
Prazer em Julgamento, primeiro livro físico da escritora Nina Müller, fala da redescoberta da sexualidade e do prazer de uma mulher abalada pelos traumas do passado.

14 comentários:

  1. Olá.
    Gostei muito da resenha, embora o tema não me chame muita a atenção... mesmo o tema abuso, que tá quase batido ao meu ver. Se bem que, talvez essa abordagem diferente dê um outro tom, quem sabe?
    Não conheço a autora, mas fico tão feliz quando vejo autoras nacionais fazendo sucesso! Sobretudo quando a história é autenticamente brasileira (cenário, nomes dos personagens rs). Ah! E AMEI a capa! Linda!
    Bjss

    http://www.cafeidilico.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Eduarda, nem esquente com o pano de fundo da história, ela passa de maneira tão leve que você nem entra na questão. Pode ler, você vai gostar muito.
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Leninha!
    Já havia lido resenha do livro, e apesar de querer mto ler, também senti a necessidade de explorar melhor o tema abuso, é algo tão sério, que deveria ser bem trabalhado, apesar disso acredito que a história de Lívia e Rodrigo deve ser bem intensa, principalmente a protagonista redescobrindo o amor depois do que passou. Gosto de romances com pegada sensual, sem exageros, e esse livro parece estar na medida certa.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza a química entre os protagonistas é bem intensa e deixa a história bem quente. Leia e depois me conte o que achou.
      Bjs

      Excluir
  3. estou com muita vontade de ler esse livro, mas o fato do livro tratar de maneira superficial relacionamentos abusivos, me deixou com um pé atrás. Amei a resenha.

    https://analeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Analeu, nada melhor do que tirar suas próprias conclusões. Não esquece de me contar o que achou.
      Bjs

      Excluir
  4. Leninha!
    Gosto demais de livros narrados em primeira pessoa, principalmente quando vemos as duas versões.
    Nossa! A vida de Lívia deve ser dolorosa, mas é bem como falou, representa a vida de muitas mulherres na nossa realidade, infelizmente. E bom ver que esse tema foi abordado, mas ficou um tanto relegado o lance da violência doméstica.
    E gosto quando as personagens tem personalidades bem construídas.
    Gosto dos livros hots e de conhecer novas autoras nacionais.
    “Ninguém é assim tão velho que não acredite que poderá viver por mais um ano.” (Cícero)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Eu sou fã de livros com essa pegada mais sensual, mas que também conseguem trazer assuntos mais densos e sem com isso, perder o romance que deve estar contido na estória.
    Talvez o fato de não ter sido tão explorado o abuso, seja mais uma forma da autora deixar tudo mais leve, afinal, não é apenas um drama, mas um romance!
    Como não conhecia o livro, já vai para a listinha de desejados com certeza.
    Show de capa.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Flor, essa pode ter sido a intenção da autora, tornar mais leve a história.
      Bjs

      Excluir
  6. Oi Leninha,
    Pelo que eu entendi os outros livros da autora foram lançados apenas online?
    Poxa que pena que o assunto do relacionamento abusivo não teve um enfoque maior, eu acho super importante tratar temas tão difíceis e presentes na sociedade. Um livro que li recente que tratou da questão foi "Sorrisos Quebrados" e achei a abordagem dele bem feita ao mesmo tempo que o romance também foi explorado.
    No entanto eu gosto de leituras mais suaves também, até porque amo romance de época que acho que é um dos gêneros literários com mais livros clichês.
    Gostei do livro ser abordado da medida certa no hot, confesso que também fico um pouco desconfortável em ler alguns livros que tem uma abordagem um pouco mais pesada.
    Uma pena que não tem no kindle unlimited pois eu sempre fico mais pré-disposta a ler mas mesmo assim gostei do que você falou e espero poder dar uma chance em breve. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Catarina, os outros livros estão na Amazon.
      Leia o livro e tire sua própria conclusão, acredito que vc irá curtir.
      Bjs

      Excluir
  7. Olá meninas,

    Confesso que estou muito curiosa com este romance, como Analeu comentou estes temas de violência me deixa meio com o pé atrás. Não acho que este tema esteja batido, ao contrário, em boa parte dos romances vejo que as mocinhas estão em situação de violência doméstica, principalmente nos Bianca. Na vida real nem se fala. O problema é que boa parte das mulheres fica fantasiando com esses homens mandões e machões, que mordem e depois assopram, sabe? Tipo assim: Ele apronta, depois diz que não faz mais, faz promessas, você aceita as desculpas e volta a ser a louca amando loucamente e ai ele apronta novamente e fica nessa, ele apronta depois vc perdoa e quando vc ver o tempo passou e vc nem percebeu que estava em situação de abuso. Na vida real aceito um cara que eu não tenha de limpar a sujeira dele e nem que ele queira dar na minha cara ou ficar me perturbando. Já na imaginação o céu é o limite huahuahua O confeiteiro seria uma boa KKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma realidade difícil, mas presente aí fora, não é?!
      Livros assim abrem um leque de lições e abre os olhos de muita gente para não confundir amor com relacionamento abusivo.
      Leia, vc vai gostar.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos