Crash - Nicole Williams

Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.


Gostei de Crash há quatro anos, gostei de novo agora. 

E fico toda alegrinha com isso, já que meu nível de enjoamento alçou novos patamares com minha recém-adquirida mania de reler algum livro outrora favorito e acreditar que eu só podia estar bêbada quando avaliei com 5 estrelas.

Tudo bem que algumas coisas foram uma bosta, mas nóis releva porque nóis é gente boa.
Quer dizer... até relevo, mas não deixo de escangalhar uma coisa ou outra porque nem fodendo deixo opinião entalada. 
Tipo, o mocinho.

Pra mim, já deu esses mocinhos com personalidade de gente doida. Jude, por exemplo, é ciumento, possessivo, ameaça geral se fizer qualquer coisa que o pseudo afronte e todo mundo aceita de boa, afinal, ele é lindo, insolente, misterioso, perigoso e o caralho. 
:/
Mas pra evitar a fadiga e como sou uma alma bondosa, relevei essa merda e acabei gostando do cara. 

Já a mocinha me irritou em diversos momentos quando fez umas cagadas fartamente injustificadas. Mas quer saber? Até rolou uma identificação, visto que também tenho o péssimo hábito de cagar na vida. 

Sobre o enredo, preguiça de escrever, mas já adianto que tem uns clichezinhos: ambiente high school com direito a todos os conflito/crisezinha adolescentes, e etc., mocinho atormentado, traumas, e lá vai drama.

Pra quem não se importa? 
Se joga. 
Há grandes chances de você gostar.

;)

2 comentários:

  1. Tícia!
    Já tem algum tempo que não leio muito esses romances voltados para o universo mais adolescente e ainda mais quando o protagonista é tão ciumento...
    E vou dizer, faz tempo que não faço uma releitura, sabia?
    São tantos livros para ler...
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Eu também estou cansada do mesmo roteiro nos livros! Bad boys e menininhas inocentes que se amam.
    Mas eu gosto muito de romances clichês, então vou dar uma oportunidade.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos