O Sol também é uma Estrela - Nicola Yoon

Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.
Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.
O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

Eu já conhecia a escrita da Nicola Yoon da leitura do livro Tudo e Todas as coisas — que amei de paixão e não vejo a hora de assistir ao filme —, e digo com propriedade que gosto da maneira que a autora escreve: capítulos curtos, personagens que vão se somando à trama, enredo simples mas envolvente e claro, sempre com um final que faz com que toda a história faça sentido.

Conhecemos aqui uma dupla que não tinha nada a ver, a não ser uma vida cheia de sonhos, um futuro indefinido pela frente e um prazer enorme por viver, pura e simplesmente. O destino os coloca por acaso um no caminho do outro e um dia decisivo para os dois se transforma em algo memorável.
 
Não tem como não perceber o enfoque que a autora dá nas características dos personagens, pois temos aqui uma jamaicana que se aceita linda e negra como ela é, e um coreano que tenta seguir os conselhos de pais que querem para ele no futuro o sonho americano. Tudo seria perfeito se ambos não fossem tão fortes em suas personalidades, cada um buscando um objetivo. Natasha quer apenas ficar morando no país onde se criou e Daniel sonha em ser um poeta. Lindo, não é?! Parabéns à autora por caracterizar tão bem esses dois personagens tão apaixonantes.
 
E temos tantas coincidências — obras do destino talvez —, tantas coisas acontecem nesse dia atípico para nossos dois protagonistas que é difícil não torcer para que aquele fato aconteça, aquele outro talvez seja melhor que não, e assim vai, o leitor sempre tentando interagir com o enredo e buscando mudar, alterar ou acrescentar uma pitada aqui outra ali, tirar uma coisinha que talvez não altere em nada o enredo para tentar que aquele final dos sonhos aconteça.

Mas acredito que quando a autora iniciou a escrita desse livro ela já tinha na cabeça o começo, meio e fim e sabia também que faria essa brincadeira com o leitor, deixando a gente tão envolvida que ficaria impossível largar o livro. Por um breve momento, eu meio que desanimei com a leitura, mas eu não desisti, e fui em frente com a certeza de que seria assim minha reação ao final: eu amei muito tudo do jeitinho que a autora escreveu, sem tirar nem pôr.
 
E o que falar da capa, da diagramação, do cuidado que a Editora Arqueiro teve com esse livro?! Fico sempre grata quando leio uma história que passou por mãos cuidadosas e que nos é dado como um verdadeiro presente. Foi assim com O Sol também é uma Estrela e com tantos outros publicados pela Arqueiro. Só tenho que render meus elogios sempre.

Fica aqui mais uma dica de leitura que fará o leitor se apaixonar. Personagens que você não encontra em qualquer livro, com vidas tão bem descritas e famílias tão passíveis de erros, como tantas que vemos por aí. Leia e se envolva nos dramas de Natasha e Daniel. Eu recomendo a leitura para ontem.
 

4 comentários:

  1. Leninha!
    O livro está a maior badalação no mundo literário.
    Quem leu como você, diz que a escrita é fabulosa e a história, apesar de passar em pouco tempo, é bem intensa e ainda aborda o tema da diversidade nos relacionamentos, deve ser muito bom mesmo.
    “Preferi sempre a loucura das paixões à sabedoria da indiferença.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ler com a certeza que irá gostar, Rudy.
      Não é modinha, é talento mesmo. Essa autora é top.
      Bjs

      Excluir
  2. Oi, Leninha!
    Ainda não li Tudo e Todas as coisas mas está na minha lista de leitura, e assim como você não vejo a hora de assistir o filme, e olha que eu ainda não li ao livro imagine então depois de ler como irá ficar o grau da minha ansiedade em relação ao filme?! rsrs
    Quanto a O Sol também é uma Estrela, confesso que a minha expectativa está bastante alta; gosto de personagens fortes em sua personalidade, Nicola Yoon parece criar personagens únicos e apaixonantes dentro de tramas inesquecíveis... Espero ler esses dois livros dela em breve!
    Ps: Concordo com você, a Editora Arqueiro arrasa nas suas publicações, a dedicação e a atenção para com os seus leitores é algo único e que devemos reconhecer sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, leia, leia!
      Vá assistir o filme depois de ler, acredito que isso é essencial para fazer uma comparação justa. Doida no filme.
      Arqueiro arrasa, rsrsrs
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos