O Par Perfeito - Nora Roberts

Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.
Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.
Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?

Não tem como não amar uma trilogia tão leve, simples, com um fio condutor sobrenatural e escrita de uma maneira superenvolvente, por nossa diva mor, Nora Roberts.

Para quem não sabe, esse é o terceiro livro da trilogia A Pousada, e nele iremos conhecer a história de Ryder. Devo confessar que esperei ansiosamente por esse livro, já que nos anteriores sempre ficava aquele desejo de descobrir o porquê da animosidade existente entre Hope e nosso mocinho.

Não tem como não amar os Montgomery’s e todos os personagens que o cercam. Aqui nesse caso nosso mocinho fica impressionado com uma gerente linda, competente que desde o primeiro livro da trilogia já o deixa nervoso só com sua presença, e que presença!

Ryder Montgomery é um homem que põe a mão na massa, sempre à frente da obra da pousada BoonsBoro e de todos os outros empreendimentos agregados à ela. Sempre com seu cinto de ferramentas na cintura e sua cara amarrada, ele segue ignorando Hope de uma maneira que ninguém entende, nem mesmo ele.

Hope é ex-funcionária de um luxuoso hotel, mas na pousada BoonsBoro é que ela se sente em casa, aceita por uma família de amigos e tendo ainda uma fantasma como companheira de quarto, mas uma coisa a incomoda: o descaso com que é tratada por Ryder. Ela não entende o porquê de tanta austeridade, mas sente que quando estão próximos uma corrente elétrica surge entre eles, algo que ela precisa descobrir o que é. Na verdade, os dois precisam descobrir.

E é assim, meio por acaso que ocorre o primeiro contato, um beijo, que dá força a uma história que têm todos os detalhes para ser deliciosa e, claro, não deixa a desejar.

Finalmente o mistério do nosso fantasma Lizzy foi revelado, e foi algo que esperei com muita ansiedade, já que esse era o elo que unia todos os nossos personagens. Foi nossa Lizzy que uniu os casais, ao longo da trilogia, com seu jeitinho único de “assombrar”. Adoro o jeito que Nora Roberts consegue misturar realidade e sobrenatural de uma maneira que fica impossível não acreditar que seja possível algo assim acontecer. Palmas para ela, sempre!

Como já era esperado mais uma vez, nossa diva arrasou, não deixou nenhuma ponta solta, deu finais plausíveis e viáveis a nossos protagonistas, nos encantou com uma história do passado que me deixou com lágrimas nos olhos, fez com que horas de leitura se transformassem em momentos de prazer. Nora Roberts tem esse dom de prender o leitor e nos tornar refém de suas histórias. Não vejo a hora de conhecer mais uma de suas trilogias e seus personagens simples, porém apaixonantes.

Recomendo a leitura da trilogia A Pousada com muito entusiasmo. Leia e se apaixone!

5 comentários:

  1. Parece bom. Nunca li nada da Nora mas quem sabe se um dia for ler ja sei por onde começar rsrsrs.
    Boa resenha me deu vontade de ler, apesar de não ser meu tipo favorito de leitura.
    Bjussss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você nunca leu Nora Roberts?!
      Menina, vc não sabe o que está perdendo. São tantos livros incríveis que se você começar não vai conseguir parar.
      Tenho vários livros que indicaria para primeira leitura, depois se vc quiser eu te dou nomes.
      Bjs

      Excluir
  2. Leninha!
    Fiquei me perguntando o que tem nesse cinto de ferramentas do Ryder...kkkkkkkkk
    Tão bom quando uma série termina a contento, desvendando os mistérios pendentes e não deixando nenhuma ponta solta.
    Ter de conviver com um fantasma no quarto não é brinquedo não.
    É nora, né? Sempre arrasa.
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No cinto do Ryder tem tanta coisa, rsrsrsr
      Ah, Lizzy é uma ótima colega de quarto, rsrsrs
      A trilogia foi deliciosa, vale a pena ler.
      Bjs Rudy!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos