4 Vidas de um cachorro - W. Bruce Cameron


Em Quatro vezes meu cachorro, você vai conhecer Bailey, um cachorrinho muito esperto, que vive em busca de um propósito para sua vida. Depois de vir ao mundo diversas vezes, ele se pergunta se algum dia encontrará sua verdadeira missão na terra. Muito mais do que apenas uma história apaixonante sobre animaizinhos de estimação, 4 vidas de um cachorro é um livro emocionante e, recheado de humor, que vai provar que o amor nunca morre, e, que o propósito de nossas vidas é mais simples do que imaginamos.

Esse é o primeiro livro que leio da minha meta de leitura do ano, e afirmo com toda a certeza que não poderia ter começado melhor. (Para quem não viu a meta de leitura, confira AQUI)

Quem me conhece sabe do meu amor por animais, e por cachorros é ainda maior, então conhecer Toby, Bailey, Ellie e Amigão foi mais que um presente, apesar do livro ter quase me desidratado de tanto que chorei.

O livro nos faz pensar... Será que todos têm um propósito ao nascer? Aqui, nesse caso, será que um cachorro que nasce diversas vezes vem para cumprir uma missão?! Eu gostaria muito de acreditar nisso, até porque adoraria reencontrar meus amigos de estimação em outras ocasiões da vida.

Se você é um apaixonado por animais vai amar conhecer Toby, um cãozinho que nasceu numa vala e que aprendeu com sua mãe a se esconder dos homens, e a procurar sua comida na rua. Toby foi um filhotinho que desejava muito ser amado, acariciado e querido. Mas sua trajetória de vida foi curta e então conhecemos Bailey, um cãozinho esperto que logo depois de desmamar resolve se aventurar pelo mundo, até porque ele conhecia o perigo e de certa maneira conseguia se defender.

Ele foi entregue a seu “menino” Ethan, e entre os dois nasceu uma amizade para a vida toda. Em sua vida como Bailey aprendemos muito sobre o amor, companheirismo, amizade, mas acima de tudo de lealdade entre um menino e seu melhor amigo.

Para quem ainda não entendeu o livro é narrado em primeira pessoa e pela visão do cão, o que torna a história ainda mais interessante. Já imaginou ver a vida pelos olhos de seu cachorro? Conhecer seus sentimentos, ver como ele imagina as coisas, sua percepção do mundo?! Em todas as suas vidas, Bailey relembra de coisas que aprendeu em sua vida passada, sempre em busca de descobrir seu propósito na vida, sempre amando seu dono e dedicando a ele seu melhor.

Não tem como não se emocionar em diversos trechos e não sentir todas as emoções que estão impregnadas na narrativa. Devo confessar que durante a leitura ficava imaginando o que a minha cadelinha Mell pensa quando a deixo sozinha em casa, o que ela sente quando faço um carinho, quando saímos para dar uma volta. Será que já estivemos juntas em outras ocasiões? Será que aquele olhar penetrante que ela me dirige às vezes é reconhecimento?

Tá vendo?! O livro faz isso com você, te enche de questões que ninguém jamais irá poder responder, mas que todos gostariam de saber.

Fica aqui o meu amor por esse livro, esse é um daqueles que você jamais esquecerá e que recomendará a todos os adoradores de animais.

Para quem não sabe, estreou no cinema o filme baseado nesse livro, só pelo trailer notei diversas diferenças, o que já não me agradou muito. Eu estava ansiosa para assistir, mas infelizmente vazou na internet que um dos animais sofreu maus tratos durante as gravações o que tornou inviável que eu, que amo nossos amigos cães incondicionalmente, assista algo que tenha feito mal a um deles. Não me sinto à vontade em pagar para  assistir um filme sabendo que um bichinho sofreu para nos entreter.

Mas o que importa mesmo é que o livro seja lido, apreciado, e traga ao leitor a mesma satisfação que me trouxe. Com certeza essa história tão singela entra no rol dos meus preferidos, ainda mais depois daquele final, que deixará uma marca em cada um que o ler. Deixou em mim.
Amei e recomendo!

9 comentários:

  1. Poxa! Amei sua resenha, Leninha! Sou absolutamente louca dos animais (especialmente cachorros e cavalos). Já tive vários cachorros ao longo da vida. Todos eles me deixaram marcas profundas. Muitos deles me ensinaram mais do que a maioria dos humanos com quem pude conviver nessa existência. Meus inesquecíveis Duque, Duquesa, Fiel, Ringo Star, Valente, Priscilinha, Bitufa, Lessi, Boni, Pretinho, Fofinho, Nicolau e Lucke fazem morada em meu coração. Até mesmo meus cãeszinhos literários Elvis e Luna me deixaram saudades. PARABÉNS PELA RESENHA TÃO SENSÍVEL. Adorei mesmo! Forte abraço, amiga. Vou ler este livro... com toda certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lu, vc sabe que seus comentários são sempre um presente para mim. Bjs

      Excluir
  2. Eu quero o livro. Com o filme tb me desencantei pelos motivos que vc expôs acima.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, apesar de o culpado ser o tratador e que ele deveria ser punido, o filme é que vai levar a pior.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Lena!!!
    Achei a idéia desse livro bastante interessante. Gostei muito da resenha, como bem sabe sou totalmente coração mole quando se trata de cães.

    Beijos,Lu
    Blog: Apaixonada por Romances “A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito interessante, não tem como não pensar no que nossos "filhos" estão pensando quando nos olham.
      Também sou apaixonada por cães, sofro só de pensar neles sofrendo. Aff

      Excluir
  4. Ai Leninha!
    Como sou uma apaixonada pelos animais, principalmente cachorros, fiquei desesperada pela leitura do livro e para conhecer Toby...
    Enquanto lia a resenha me vinha a mente um filme que assisti na tv, mas o cachorro era a 'encarnação' do pai da criança e ele fez de tudo para ficar perto do filho...muito lindo, como deve ser esse livro.
    Já preparei os lencinhos...kkkk
    E também nem vou ao cinema para assistir um filme onde os animais foram maltratados.
    Semaninha De muita luz e paz!
    “Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo esse filme que vc citou Rudy, sofro muito quando assisto ele. Bjs

      Excluir
  5. Gostaria de saber se esse livro tem alguma faixa etária indicativa. Gostaria de presentear uma garota de 13 anos, o estilo de escrita/leitura atende essa faixa etária?

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos