As Letras do Amor - Paula Ottoni

Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos.

Ottoni, Paula. As Letras do Amor. Ribeirão Preto, SP: Editora Novo Conceito, 2016. 224p. 

Comecei a leitura do livro As Letras do Amor lembrando do rostinho delicado da autora. Não tem como não me lembrar da pequena Paula Ottoni com um carinho imenso, já que a conheço já faz algum tempo. Recordo-me daquela menina, sempre acompanhada pela mãe, sentada discretamente num cantinho do auditório durante os eventos de romances que apresentei aqui em Brasília. Ela tem uma doçura, uma delicadeza que transpassa o olhar e se reflete aqui nessa história tão delicada.

A lembrança já vem pela capa. Quem conhece a Paula percebe o quanto a garota da capa se parece com ela de costas. Já a história não sei se foi baseada em fatos acontecidos com ela ou não, mas um dia ainda terei o prazer de perguntar. Ah, e aproveitar para pegar meu autógrafo.

Vamos falar da história...

Temos aqui uma jovem que está passando por alguns momentos turbulentos na vida, e vê a oportunidade perfeita de escapar desse furacão indo atrás de seu namorado para Roma, nesse caso seria unir o útil ao agradável, já que ela iria para a cidade mais romântica do mundo, e talvez pudesse viver lá sua grande história de amor, até porque sei namorado estaria com ela nessa empreitada.

Nesse ponto o leitor já imagina que muita coisa pode acontecer na trama, e em alguns momentos deduzir esse ou aquele fato. E a forma que a autora escreve já deixa o leitor esperando o fato a seguir, isso torna o livro num romance clichê, porém muito gracinha de ler.

Nossa mocinha se vê em um turbilhão de emoções conflitantes, sem saber ao certo o que fazer de sua vida, que rumo tomar, que atitudes assumir. E tudo fica mais fácil pela maneira com que a autora leva a escrita da trama, de forma leve, sem muito drama e que deixa o leitor na expectativa pelo final. Final esse que pode parecer previsível, mas estamos aqui lendo um romance gracinha, que não tem pretensão nenhuma de se tornar um best seller internacional.

Não quero falar mais sobre o enredo e o desenrolar da trama para não perder a graça da leitura, até porque poderia acabar soltando um spoiler e isso não seria nada agradável. Durante a leitura percebi alguns errinhos de revisão, mas nada que desabone a leitura. Achei fofa a capa, a diagramação foi delicada, assim como a história, e enfim, gostei bastante da narrativa, da história em si e do seu desfecho.

Paula Ottoni escreve com uma delicadeza ímpar e apesar da história ser bem previsível, foi uma ótima leitura. Indico para todas as idades, até porque um romance que fala de amor de forma tão singela se encaixa para todas as faixas etárias. Recomendo a leitura!  

2 comentários:

  1. Leninha!
    Muito bom ver uma pessoa que conheceu há anos e acompanhava os eventos como a mãe, se tornar uma escritora.
    Como gosto dos romances fofos e com um pouquinho de dramaticidade, gostaria de poder fazer a leitura do livro, sem contar que com o cenário na Itália me atrai ainda mais.
    “Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade Rudy, ela já tinha livros publicados quando frequentava os eventos, mas sempre tímida ficava num cantinho só observando.
      Que bom que a NC valorizou seu talento e publicou um dos seus livros.
      Espero outros livros.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos