[Divulgação] A Jovem Alessia

A Jovem Alessia
Autor: Louise Benett
Ano: 2016
Páginas: 380
Editora: Forsaken
Século XVIII. Perto da fictícia cidade de Verlaines, na França, vivia uma jovem doce e inocente chamada Alessia. Ela pouco saía da fazenda onde morava com seu pai, o conde Duchamp. Mas, numa rara ocasião em que vai ao mercado da cidade, avista um rapaz alto e belo, que imediatamente chama a sua atenção. O Capitão Marcus de Lanpré também fica encantado com a jovem. E enche seu amigo Louis de perguntas sobre ela.
Algumas semanas depois, a princesa Anna, amiga de Alessia, dá um grande baile para comemorar o seu aniversário. E então os corações dos dois jovens se enchem de esperança, prevendo um reencontro. Mas um grande problema podia impedir a
aproximação dos dois. Alessia era nobre, filha de um conde. E Marcus, apenas um empregado de sua majestade.
Um livro que fala sobre nobreza, amor, amizade, conflitos familiares, guerra, lutas de espadas, segredos. Escrito para pessoas românticas, que querem algo a mais depois do "e viveram felizes para sempre".

Embora a autora se utilize de termos rebuscados para dar um toque de época ao livro, a narrativa é rápida e leve, e traz seguramente a marca da modernidade. As situações retratadas no livro não descrevem nenhum trecho da verdadeira história da França ou das famílias reais que lá viveram. No entanto, os detalhes históricos, principalmente sobre sucessão monárquica, sobre história dos costumes e outros de maior relevância, foram minuciosamente pesquisados com o intuito de dar veracidade à história.

Sobre a autora:
Louise Benett é tradutora e escritora. Casada há 23 anos, mora com o marido no interior de São Paulo. Formada em Letras e com Pós-graduação em Tradução Técnica pela USP, foi secretária em multinacionais e, há mais de dezoito anos, trabalha com traduções técnicas, literárias e legendagem de filmes. Desde a juventude escreve contos, peças teatrais e poemas. As peças que escrevia naquela época eram encenadas no colégio onde estudava.


Clique AQUI ou AQUI para adquirir seu exemplar.


Redes sociais do livro e da autora:
 

A autora tem um convite para fazer!!
 

6 comentários:

  1. Que linda capa e que mote interessante! Acredito que as autoras nacionais estão cada vez mais se destacando no cenário literário e palmas para quem divulga e aprecia suas histórias.
    Desejo sorte à autora e que a Bienal seja um sucesso para ela.
    ótima dica de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo a hora de ler.
      A Bienal será com certeza um sucesso para a Louise e também para muitas outras autoras que eu admiro muito.
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Leninha,
    Como já disse, sou fã de romance histórico, sem dúvida é meu gênero literário favorito. Amo essas histórias que me permitem embarcar em outra época, sempre imagino as donzelas em seus vestidos longos e rodados, os bailes cheios de glamour, os duelos de honra, os costumes dos séculos passados...amo tudo isso! Minha mãe sempre diz que tenho a alma antiga, pois vivo falando que nasci na época errada haha
    Então é claro que vou querer ler A Jovem Alessia, e adorei que se passa na França, gostei desse diferencial, pois normalmente os livros desse gênero tem o enredo na Inglaterra do século XIX.
    Amo esses romances proibidos entre pessoas de diferentes classes sociais.
    Que maravilha conhecer mais uma autora brasileira apostando nesse gênero, vou querer ler esse livro assim que for possível.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou igualzinha a você no quesito imaginação, também fico imaginando isso tudo, os bailes, as roupas, os costumes, rsrsrs
      Também achei o diferencia de ser na França um atrativo a mais, quero ler logo esse livro.
      Bjs

      Excluir
  3. Confesso que não curto muito histórias onde o que impede que o casal protagonista fiquem juntos é a diferente posição social entre eles, sempre tem aquele alguém de posição social elevada que faz de tudo para separar o casal e geralmente não curto tramas assim, me dá uma aflição tão grande rsrs, mas por ser um livro nacional e um romance de época fiquei super curiosa em relação a A Jovem Alessia, sem falar que sou uma pessoa romântica, que quer algo a mais depois do "e viveram felizes para sempre"... Então, se eu tiver a oportunidade de ler esse livro e conhecer a história de Alessia e Marcus vou ler com certeza, e espero que isso aconteça em breve...
    Espero que a Louise Benett tenha tido uma ótima Bienal. E obrigada por mais essa dica, Leninha. Espero que mais e mais autores nacionais embarque nessa onda de escrever romances de época pois esse é um gênero que gosto bastante e não tenho dúvidas de que nossos autores tem talento para isso...
    Ps: amei a capa de A Jovem Alessia, achei um encanto, muito linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior Any, é que a maioria dos romances de época tem esse mote de classes sociais diferentes, e é bom ver o preconceito que existia na época.
      A autora é uma fofa e merece todo o sucesso, em vendas na Bienal e na sua carreira em si.
      Bjs Any!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos