Autor Talento Nacional: Jeanette Rozsas

Oi, pessoal. Tudo bem? Me chamo Ademar Júnior, criador e administrador do blog Cooltural. O blog Sempre Romântica foi um dos primeiros que conheci quando entrei para a blogosfera literária, pouco mais de seis anos atrás. Há alguns dias, o Facebook atestou esse contato com a Leninha, ao nos relembrar que já somos amigos por lá há pelo cinco anos. Por isso, não poderia deixar de me sentir feliz, lisonjeado com esse convite, assim como na obrigação de participar e contribuir para o aniversário de oito anos do Sempre Romântica.

Poxa, oito anos não é pouca coisa, muitas histórias para contar, ficcionais ou não. E cá estou eu, para contar uma, ou melhor para cumprir à missão que me foi dada, de indicar para vocês um(a) autor(a) nacional que eu acho que merece ser conhecido pelos leitores do Sempre Romântica. Levando em conta essas questões de amizade, histórico de blog e gosto literário, resolvi falar da queridíssima Jeanette Rozsas.

A autora e sua obra
Conheci a Jeanette Rozsas em 2010, através do seu livro As Sete Sombras do Gato. Na época fiquei intrigado com a forma como Jeanette conseguia unir vários gêneros literários, nuances, temas e referências em um só livro. A mistura entre romance policial noir e de horror igualmente me prenderam desde a leitura da sinopse. O livro trata da investigação de um assassinato, cuja única testemunha é um gato chamado Lúcifer. O detetive, José Josafá, o adota e a partir daí se desenvolve uma trama que fala sobre crime, machismo e insanidade, com pitadas de mistério, romance e horror. E caso você ainda não conheça a autora, essa é uma boa dica para começar a lê-la, especialmente porque a temática combina com outubro, o mês do horror.

Depois de ter publicado uma resenha do livro no blog, ainda em 2010, tive a grata surpresa de ter sido contatado pela própria Jeanette, e desde então temos mantido um contato muito bacana. Mas, As Sete Sombras do Gato (2008) não foi a estreia da escritora. Seu primeiro livro foi publicado em 1996 e desde então vários títulos se somaram à sua diversificada bibliografia. O segundo livro da autora que li foi o romance biográfico Kafka e a Marca do Corvo (2009), publicado pela Geração Editorial. E foi esse livro que me fez acreditar e gostar de fato do trabalho da autora. Com base em dados de pesquisa, ela desenvolve um romance para contar fatos curiosos e reconstruir passagens da vida do autor de A Metamorfose e O Processo. O livro da Jeanette acabou sendo premiado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ.
A partir de então, os romances biográficos têm sido a praia da escritora. De suas pesquisas sobre grandes nomes da literatura universal, vieram os livros seguintes: Edgar Allan Poe: O mago do terror (2013) e As Vidas e as Mortes de Frankenstein (2015). Este segundo, tive a oportunidade de ler antes de ser publicado e é também uma ótima dica para ler no mês de outubro. Diferentemente dos demais romances biográficos, esse mais recente mescla fatos reais, resultado de pesquisa da autora, com ficção. Além dos títulos citados, Jeanette é autora de Feito em Silêncio (1996), Autobiografia de um crápula (2000), Qual é mesmo o caminho de Swann? (2005), Morrer em Praga (2008), além de outros trabalhos e contos publicados em diversas revistas e antologias.

Por fim, como perceberam, Jeanette Rozsas é uma escritora com história pra contar, muitas por sinal. Não quis me restringir a indicar apenas um livro da autora, por isso falei um poucos dos que já li, mas de qualquer forma, já que é pra deixar uma indicação, recomendo o mais novo, As Vidas e as Mortes de Frankenstein, por ter sido lançado recentemente, pela temática muito relacionada ao mês do horror e ainda pelo belo trabalho editorial e pelo projeto gráfico do livro. Vale muito a pena.

Espero que tenham gostado da dica, se quiserem trocar ideias, estou a um clique de distância, logo ali no Cooltural.  Até a próxima!

5 comentários:

  1. Adorei o tema do livro. Tudo o que remete a gatos me interessa!
    O unico problema é conseguir achar os livros de autores nacionais para comprar, nas livrarias é certeza de não achar e nas virtuais também é muito dificil. Uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cris,
      As sete sombras do gato você encontrará pela Internet ou em qualquer livraria das grandes em São Paulo. Se não tiverem em estoque, eles encomendam. Ficarei muito honrada com a sua leitura. abraço da Jeanette Rozsas

      Excluir
  2. Ei Ademar

    Não conhecia a autora e achei bem interessante o tema abordado pelo livro, diferente.
    Lena, legal a ideia desse ano para as comemorações de aniversário.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nanda. Sempre conhecer mais dos nossos talentos nacionais.
      Bjs

      Excluir
  3. Ademar!
    Fico me perguntando em que planeta eu andava que ainda não conhecia a autora e suas obras que aparentemente são magníficas?
    Agradeço demais a dica.
    “Tudo é precioso para aquele que foi, por muito tempo, privado de tudo.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos