The King (O Rei) - J.R. Ward

Todos irão surtar com a surpresa que a Tícia preparou hoje para os amigos e seguidores do Sempre Romântica. Em primeira mão a resenha de um dos livros mais esperados do ano, The King, ou O Rei, lançamento da Editora Universo dos Livros. A queridaça Tícia leu e claro, se apaixonou por mais um livro da Série Irmandade da Adaga Negra.
Porém chega de enrolação e vamos cair nos braços de Wrath, o rei mais maravilhoso e esperado de todos os tempos #LeninhaEmpolgação.

Depois de recusar seu trono por séculos, Wrath, filho de Wrath, finalmente assumiu o manto de seu pai – com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Enquanto a guerra com os Redutores continua, e a ameaça vinda do Bando de Bastardos está chegando perto de acontecer, ele é forçado a fazer escolhas que põe tudo e todos em risco. Beth Randall pensou que sabia no que estava se metendo quando ela se relacionou com o último vampiro puro-sangue no planeta: não seria nada fácil. Mas quando ela decide que quer ter um filho, percebe que não estava preparada para a resposta de Wrath – ou a distância que essa decisão criaria entre eles. A questão é: o amor verdadeiro vencerá?

Nota: O REI ainda não foi publicado no Brasil, por enquanto só nas terras norte-americanas. É, chega o Natal de 2059, mas não chega agosto, data para termos mais esse livro da Irmandade entre nós.

Eu li.
Após meses de espera e de alguns mini-AVCs – provocados pelo tantão de spoiler da Ward via Facebook – eu finalmente li The King.
Bem, dizer que amei cada pedacinho dele é uma óbvia e maçante redundância. Aliás, sou suspeitíssima pra falar qualquer coisa sobre IAN.
Fã arregaçada.

Tudo em The King foi bom, desde a história principal com Wrath e Beth, até as secundárias com outros casais, que se iniciaram nos livros anteriores.
É, eu sei. Há quem diga que a proposta da série descangotou nos últimos livros, que as coisas estão diferentes do início e mais uma dúzia de rosários desfiados pelos insatisfeitos. Bem, eu até compreendo esses esculachos, mas nem esquento com as mudanças porque gosto da forma como Ward tem conduzido as histórias.

Tudo bem que eu adoraria outras dezenas de livros sobre Zsadist, Vishous e Rhage, mas como sei que a probabilidade de isso acontecer é equivalente à possibilidade de Xabi Alonso e eu fazermos vários Alonsinhos, me contento humildemente com os novos conflitos e personagens.

Mas vamos a um resumo bem piquininim da trama.
Em The King, o negócio está feio e tenso para Wrath: de um lado temos a insurreição dos à toa (glymera dos infernos) que, por falta de um terreno pra capinar, quer depô-lo do trono. Mas como desgraça pouca é para os fracos, Wrath ainda tem que lidar com os desejos maternais de Beth: ela quer um filho de qualquer jeito, enquanto ele não quer de jeito nenhum. E as brigas entre os dois são muito, muito fofas. *_*!!!

Junte a isso Xcor e os bastardos tumultuando a coisa toda. Aqui, vale uma pausa. Como meu fraco é um gostosão atormentado e marginalizado, cada vez mais estou alimentando sérios sentimentos pelo Xcor. Sérios sentimentos. E como assim a situação entre ele e a Layla me termina daquele jeito?
Rir histericamente alivia a agonia?

Já entre Assail e Sola, quem leu Amante Finalmente sabe que a história de ambos terminou mais cabeluda que minha canela no inverno. Bem, em The King este conflito se resolve; entretanto, a má notícia é que um ainda pior se inicia. Como assim a situação entre eles me termina daquele jeito? (+1)

Temos ainda Trez buscando arduamente escapar de seu destino funesto, sua relação crescente e fofa com Selena e também temos iAm se virando nos 15 para ajudar o irmão. Ah, e não poderia esquecer: a própria Ward já disse que os Sombras serão os protagonistas do próximo livro. Bem... sei não, a Selena me deixou a impressão de que haverá um drama medonho nesta história.

Mas The King também nos agracia com a presença do resto da Irmandade. *_* 
Tá certo que são pontas miseravelmente pequenas, mas eu aceito até um paragrafozinho que for sobre eles. Quer alguns exemplos? É John tendo desmaios repentinos (sim, todo mundo já sabe do que se trata), é surto desvairado de vampiro, é Zsadist mantendo a tradição de me deixar aparvalhada e tem até a história dos pais de Wrath (que me recusei a ler porque já sabia que teria fim desgraçado). Eu pulei desavergonhadamente essas partes.

Já falei que amei este livro???
É, eu AMEI, com letras garrafais.

Recomendo?
Aaaaahhh... nem vou falar nada.
;)

20 comentários:

  1. o livro é ÓTIMO! e a reação dele qndo descobre sobre a situação da Beth é MUITO fofa

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pah,
      realmente; ÓTIMO em maiúsculas. Adoro tb essa cena.
      bjoooooooooo

      Excluir
  2. Estou em cólicas por esse livro, nem ligo de ver as pessoas esculhambando o rumo que série tomou, eu AMO e pronto!
    Não sei pra que a Ward se alimenta/dorme e etc, bobeira isso, ela devia encarnar a Nora Roberts e escrever mil livros no ano.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Eve.
      Tô contigo: pra que respirar ou comer? Ou ter vida social? Se a Ward me inventou essa série e arrumou um mooonte de fãs, é obrigação publicar um livro por mês.
      Totalmente apoiada.
      bjooooooooooo

      Excluir
  3. Ei Tícia

    Preciso continuar a série, não vou ler antes dos Amantes, mas ainda só li os 3 primeiros até hoje aff.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Fernanda?
      Só míseros 3???
      Eu aqui, morrendo relendo a série por pura abstinência e vc aí, com esse tanto pra ler?
      Não faça isso, mulé! Leiaaaaaaaaa!!!

      bjoooooo

      Excluir
  4. Eu tenho uma vontade imensa de ler essa serie mas é tão longa e cara ($$), que desanimei para poder ler tudo isso. Mas parabens pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mininu!
      De vez em quando tem nesses sites umas promoções ótimas e os livros saem muito barato. Vale MUITO a pena. Não deixa de ler.

      bjoooooo

      Excluir
  5. Pois é, Tícia, eu nem leio essa série, mas adoro ler as suas resenhas. Sempre tão divertidas que nem vou lembrar do fato de suas canelas ficarem cabeludas no inverno! rsrsrsrsrs
    Parabéns,
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaahhh, Sueli...
      sempre muito gentil. Receber uns elogios desses vindo de vc, minha diva das resenhas, faz o dia mais mió de bão. ;)
      Pois é, nem me fala. Inverno = perna cabeluda ao estilo Tony Ramos.

      bjoooooooo

      Excluir
  6. NUM VÔ LÊ NADINHA!!!
    Enquanto não tiver o meu precioso nas mãos. Morrendo aqui, rsrsr. Se comprar na pré-venda adiantasse alguma coisa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Nelma...
      essas pré-venda ainda me infartam. Mas vai valer a pena a espera, afinal,. é WRATH em toda a sua glória!

      bjoooooooo

      Excluir
  7. Ah! Eu adoro essa série e também já li O Rei. Adorei! Amei a pontinha do Lassiter que foi muito divertida. E as cenas quentes entre Assail e Sola? hummmmm, quentes mesmo!
    Só achei o final meio corrido e mal explicado, mas não serei específica por causa dos spoilers.
    Gostei da resenha, empolgante!
    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilda.
      Tb achei o final meio corrido e algumas partes meio desnecessárias, mas sabe como é fã, né? A gente passa por cima. kkkkkk

      bjooooooo

      Excluir
  8. Eita Tícia!
    Li apenas 3 ou 4 livros do início da série e fui totalmente fisgada.
    Na minha opinião uma das melhores séries de vampiros, porque amo esses seres hipnotizantes, sensuais, conquistadores e 'chupadores' de sangue....
    Dei boas risadas e só isso já valeu porque hoje estava bem preocupada e triste, obrigada pela terapia vampiresca.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, Rudy!
      Se fiz o seu dia um cadim mais feliz, então tá bão, uai!
      Pra mim, de longe, é a melhor série de vampiros. Aliás, é uma das melhores séries sendo ou não de vampiros.
      Fã arregaçada. kkk

      bjoooooo

      Excluir
  9. Já estava louca pra ler, agora então nem se fala, que chegue logo agosto. Seu jeito de escrever é sensacional Tícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Obrigada. ;)
      Menina... se eu que já li tô doida que o livro seja publicado , nem imagino vc! Mas vai valer a pena esperar, acredite!!!

      bjooooo

      Excluir
  10. Amei The King e foi uma daquelas leituras que se eu não me segurasse terminaria o livro sem nem perceber!

    ResponderExcluir
  11. Amei The King e foi uma daquelas leituras que se eu não me segurasse terminaria o livro sem nem perceber!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos