Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler

Hoje no Sempre Romântica mais uma resenha da Nanda aqui no seu cantinho. Com vocês: Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler.

Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá).
As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Ockler, Sarah. Vinte Garotos no Verão. São Paulo: Editora Novo Conceito, 2014. 288p. Título original: Twenty Boy Summer.  

Bom, mais um livro que eu leio que trata da dor da perda do primeiro amor.

A sinopse revela bastante da história. Nós já sabemos que o mocinho morre e Anna guarda o segredo de que se envolveu com ele. A melhor amiga de Anna, irmã de Matt, nunca soube do relacionamento do irmão e um ano já se passou desde o acidente que tirou a vida dele.

Foi estranho ler partes fofinhas entre Matt e Anna, torcer pelo casal, sabendo que ele morreria. Isso me incomodou. A autora vai e volta no passado, tentando mostrar como a Anna lidou com a perda de Matt.

Toda aquela sensação de vazio, de dor e de culpa são narrados. Conseguimos perceber o quanto a perda afetou Anna e o quanto ela sofre por manter o segredo de sua melhor amiga.

Então a família de Matt decide viajar e Frankie propõe a Anna que ela conheça vinte garotos em vinte dias, para ver se Anna perde a virgindade. Também achei isso meio sem noção, mas Anna encarou o desafio.

Bom, não gostei muito da temática. Livros que tratam de perda com alto nível emocional não são meu forte. Mas para quem gosta é uma boa pedida! Ah, o coração da capa tem tudo a ver com a história também, depois de ler eu entendi.


3 comentários:

  1. Ei Nanda

    Eu gosto de um bom drama, um lindo que eu li com o mesmo tema foi O céu está em todo lugar, não sei se você leu.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. A sinopse desse livro não havia me chamado a atenção não.....E depois de ler a resenha ainda não continuei a me interessar.... Eu até gosto de um drama, mas essa história me pareceu meio forçada....

    ResponderExcluir
  3. Nanda!
    Dramas de amor são sempre intensos e para quem já viveu algo parecido, deve ser ainda mais forte.
    Nunca sofri a morte de uma pessoa amada, mas imagino se acontece comigo como conseguiria enfrentar?
    Resenha sucinta, porém interessante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos