Querida Sue - Jessica Brockmole

Março, 1912: A jovem poeta Elspeth Dunn nunca viu o mundo além de sua casa, localizada na remota ilha de Skye, noroeste da Escócia. Por isso, não é de espantar a sua surpresa quando recebe uma carta de um estudante universitário chamado David Graham, que mora na distante América. O contato do fã dá início a um intercâmbio de cartas onde os dois revelam seus medos, segredos, esperanças e confidências, desencadeando uma amizade que rapidamente se transforma em amor. Porém, a Primeira Guerra Mundial força David a lutar pelo seu país, e Elspeth não pode fazer nada além de torcer pela sobrevivência de seu grande amor.
Junho, 1940: começo da Segunda Guerra Mundial: Margaret, filha de Elspeth, está apaixonada por um piloto da Força Aérea Britânica. Sua mãe a alerta sobre os perigos de um amor em tempos de guerra, um conselho que Margaret não quer ouvir. No entanto, uma bomba atinge a casa de Elspeth e acerta em cheio a parede secreta onde estavam as cartas de amor de David. Com sua mãe desaparecida, Margaret tem como única pista do paradeiro de Elspeth uma carta que não foi destruída pelas bombas. Agora, a busca por sua mãe fará com que Margaret conheça segredos de família escondidos há décadas.

Querido leitor,

Eu não poderia escrever essa resenha de outra maneira que não fosse da mesma forma em que o livro foi escrito, em forma de carta.

Sei que você deve estar curioso para saber um pouco mais sobre esse livro que vem angariando fãs pelo mundo e embalando corações. Com certeza, você irá se apaixonar.

Prepara-se para adentrar na narrativa dessa bela obra de arte, cada página, ou carta, é um ar fresco, um momento único, inesquecível. É como sentir uma leve brisa no rosto e perceber que poderia ser um beijo de uma pessoa querida que há muito não se vê; é sentir os pingos da chuva e saber que logo belas flores florescerão; é ouvir uma bela canção e lembrar-se de momentos perdidos no tempo. Esse livro deixou em mim uma marca, será difícil esquecer tamanha delicadeza e doçura.

Pois é, caro leitor, essa trama tão bem escrita aflorou em mim a poesia. Se permita encontrar aqui o que de mais belo se pode achar numa narrativa; amor, encontros e desencontros, seres apaixonados na incansável busca pela felicidade, mesmo que para isso seja necessário ir contra tudo e todos.

Em forma de cartas trocadas entre duas pessoas, a autora nos conta uma história encantadora e perspicaz, que torna o leitor um voyeur de fatos secretos que impressionam pela força e pela sutileza com que é contado.

Em cada página, querido leitor, você irá sentir nascer o amor, como uma flor que se abre ao sol, como uma chuva que começa apenas como uma leve brisa e, de repente, se torna um vendaval. Vai se impressionar com a fineza e a poesia impregnada em cada palavra escrita e trocada entre duas pessoas, que apesar de nunca terem se visto pessoalmente, foram capazes de tudo para viver o inesperado e o impossível.

Conhecer Elspeth e David foi como rever velhos e conhecidos amigos, o entrosamento entre os dois e suas delicadas palavras trocadas, foi uma descoberta única, e se encantar com o envolvimento de ambos foi perfeitamente louvável e impossível de resistir. Outro personagem marcante envolvido em toda a trama é a guerra e suas consequências devastadoras, porém sem ela, infelizmente, não poderia existir a bela história de amor impregnada em cada página desse livro deslumbrante.

Então é isso, caro leitor, me faltam palavras para descrever, mas em Querida Sue você sentirá o perfume do amor, da paixão, mas acima de tudo irá se sentir prisioneiro em um laço de fitas, as mesmas que prendem as cartas trocadas entre amantes, guardadas eternamente em baús de saudades e lembranças.

Ouse adentrar nas páginas desse livro, querido leitor, com a certeza de que a seu término surgirão do seu mais íntimo ser, suspiros de um coração que acaba de se apaixonar por uma história.

Foram poucas, mas são as mais sinceras palavras que com todo o carinho vos deixo.
De uma humilde fã que acaba de adicionar a autora Jessica Brockmole no rol de suas autoras favoritas.

16 comentários:

  1. Lena, é bom demais quando um livro nos emociona e permite sonhar.

    Amei sua carta e fiquei muito curiosa em conhecer essa história.

    Bjs

    Juliana Vicente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom demais mesmo.
      Obrigada, tenho certeza que você vai amar o livro.
      bjs

      Excluir
  2. Uau. Realmente, uma forma diferente de fazer uma resenha. Ficou muito bom. É ótimo quando uma obra toca nossos corações de tal maneira que nunca mais esqueceremos da história contada. Parabéns :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luciano!
      Foi um prazer imenso escrever essa resenha, assim como foi um prazer ler esse livro.
      Vai ser difícil esquecer, mas quem disse que eu quero esquecer?!

      bjs

      Excluir
  3. Que maravilha de resenha! Fiquei curiosa para ler o livro

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lena.

    Você evocou um lirismo nessa carta que dá margens para muitas emoções, que me lembrou dos livros da Jojo Moyes e da Francine Rivers.

    Comprei esse livro em pré-venda na Amazon, iniciei a leitura e estou amando. Sabia que ia gostar, já que temos gostos muito parecidos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amiga, seu comentário sempre levanta meu astral, rsrs

      Obrigada por suas palavras, beijos!

      Excluir
  5. Querida Leninha!
    Como você resolvi este comentário em forma de carta, afinal, a correspondência é um hobby que cultivo desde a adolescência e já se vão mais de 35 anos de amizades fieis e longas, onde podemos trocar tudo que acontece em nossas vidas.
    Imagina amiga então, qual não é o tamanho da minha vontade em poder ler esse livro? Tenho certeza que agora a correspondência será mais bem vista em tempo de internet e de mensagens instantâneas, porém sem o imenso prazer em receber uma carta bem escrita e cheia de carinho.
    Encantada! Palavra que descreve meu sentimento em relação ao livro e sua resenha.
    Obrigada por disseminar a cultura através de sua bela resenha.
    Até a próxima...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo Rudy, adorei suas palavras. Também sou adepta à troca de cartas entre amigos. Infelizmente hoje em dia isso não é mais usado, uma pena.

      Beijokas e te espero em breve aqui no blog novamente.

      Excluir
  6. Minha querida e gentil Leninha, acho temos, como ávidas leitoras que somos, algo em comum, pois apesar de gostarmos de livros sensuais, são as tramas delicadas, essencialmente românticas e bem escritas que se tornam inesquecíveis para nós. São livros como "Querida Sue" que ficarão em nossa memória por muito tempo, e seus personagens nos acompanharão como se fossem de nossa própria família.
    Estou providenciando imediatamente a compra desse livro, pois além dessa resenha adorável, fiquei curiosíssima para saber quem é Sue!
    Parabéns,
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo seus comentário Sueli, você consegue sentir tudo que tentei passar com minha resenha e dessa vez me tocou fundo. Com certeza somos assim como você descreve, gostamos do delicado, sensual, bem escrito e romântico.
      Acredito que esse livro é a nossa cara, você vai amar!

      Beijo e obrigada sempre por comentar de forma tão singela.

      Excluir
  7. Oi Leninha,
    Estou sem palavras até agora! Achei incrível a forma como a resenha foi incrível e a cada palavra lida eu me lembrava de um livro que li assim que comecei a cultivar o gosto pela leitura. Além da sinopse maravilhosa, o amor presente na carta é tão lindo <3.
    Quero lê-lo assim que possível.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  8. Oi Leninha! :)
    Que linda resenha, eu tive a mesma opinião que você, aliás, duvido alguém não gostar desse livro <3 Me apaixonei de verdade pela história de Sue e David, e não conseguia largar o livro um segundo sequer, molhei-o em alguns trechos. Adorei a resenha em forma de carta, genial! :) Me senti a Margareth lendo as cartas da própria mãe e descobrindo seus segredos.

    Um beijo querida,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos