Mar de Rosas - Nora Roberts

Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor.
Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.

Vou iniciar essa resenha deixando algumas perguntas no ar. Quem nunca teve um amigo, seja na escola, faculdade, trabalho, pelo qual não sentiu aquela atração? Quem nunca sentiu aquela vontade de roubar um beijo de um amigo para ver se rolava alguma coisa? Quem não desejou aprofundar o relacionamento ou tentar algo diferente? E quem não deixou de agir ou tomar a iniciativa por medo de perder o amigo tão querido ou estragar algo que poderia durar para sempre, apenas por ter seguido um instinto?

Pois é, aconteceu isso com Emma e Jack nessa bela história de amor, escrita pela diva Nora Roberts. Emma sempre sentiu algo por Jack, mas por ele estar ali sempre por perto e por medo de estragar a amizade existente entre eles, ela nunca tentou nada, nenhuma aproximação, nenhum contato mais íntimo. E Jack, apesar da enorme atração que sentiu por Emma, jamais ousou tomar a iniciativa. Mas as coisas mudam de repente, e o que era uma bela amizade começa a fermentar quando acontece um beijo impetuoso entre os dois. Depois disso se desencadeou um frenesi intenso que torna essa história em algo delicioso de se ler.

Emma sempre sonhou em ter um grande amor, viver um conto de fadas. Vive cercada de flores e o sonho de que um dia irá encontrar seu príncipe encantado e dançará ao luar nos braços do seu homem perfeito. Ela só não esperava que ele estivesse tão perto e que seria tão complicado viver esse amor e tornar esse sonho realidade. Jack nunca foi um homem de sentimentos intensos, ele não teve uma família amorosa e mantém seu mundo com toda a organização e de maneira metódica. Ele não queria nada para bagunçar seu mundo de homem trabalhador, mas Emma veio como um vulcão adormecido que, de repente, entra em erupção e desorganiza tudo, onde cada pequeno detalhe fica fora do lugar, tanto em sua vida quanto em seu coração.

Nada é mais perfeito do que esse casal que guarda sentimentos tão intensos enquanto vivenciam uma relação fervorosa, porém sem comprometimento e sem um futuro, até porque os dois apesar de pensarem até onde essa relação irá levá-los, nenhum deles fala sobre o assunto. E assim nos rendemos a uma história tão lindamente narrada ao perfume de flores e ao som de valsas núpcias.

Mais uma vez Nora Roberts nos brinda com uma história simples e tão gostosa de ler, um casal que está perfeitamente em sintonia e que nos encanta com uma pitada de romance, humor, muitos diálogos interessantes e um cenário lindo, cercado de flores por todos os lados.

Foi uma delícia rever as quatro amigas, da empresa Votos, em perfeita sincronia novamente. É possível sentir e visualizar cada detalhe dos casamentos bem elaborados que elas realizam, cada pequena nuance narrada na trama é perceptível, tamanha a descrição feita pela autora, que com certeza sabe sobre o que está falando. É notável o conhecimento que Nora Roberts tem sobre flores e casamentos porque ela transmite isso em cada página e em cada detalhe descrito durante a narrativa.

Emma é a mocinha apaixonada e Jack o homem que não deseja compromisso sério. Juntos, eles formam um casal apaixonante e que nos rende uma bela história de amor, com a sutileza e delicadeza que só Nora Roberts é capaz de passar para o papel.

Novamente rendo meus aplausos e flores à diva, e fico aqui na expectativa pelo terceiro livro da série. Porém é com bastante ansiedade que fico na espera do quarto livro, que irá narrar a história de Parker e Mal. Com certeza esses dois fecharão com chave de ouro esse quarteto adorável e pra lá de interessante.

Preciso dizer que adorei? Acredito que não! Então se prepare para ler e se apaixonar.

11 comentários:

  1. Estou louca para ler Nora Roberts, ainda não li nenhum dela...
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Ei Lena

    Resenha ficou ótima, adorei de verdade o casal. Mas Mac será minha preferida para sempre eu acho rsrsrs.
    Agora pelo trabalho vou gostar mais do 3, como eu disse hahaha. Bolos hummmm. :P
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não escolhi minha favorita, decisão difícil, mas aguardo o término das leituras para me decidir.
      Adoro flores em seu habitat natural, bolos já não sou chegada. Gosto de fotografia, vamos ver a Parker e sua metodologia prática organizacional.

      Daqui uns meses falando novamente sobre isso, rsrsrs

      Excluir
  3. Leninha!
    Suspirei...
    Acompanhar o amor de Emma e Jack deve ter sido prazeroso e gostaria de ter esse mesmo prazer.
    Realmente quem de nós pode dizer que nunca teve uma atração por um amigo chegado? Quero nem lembrar...kkkk
    Linda resenha e a Nora realmente é uma Diva e maestrina na escrita (existe isso?!!!...kkkk)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza essa foi uma bela história, Nora arrebenta.
      As perguntas ficaram no ar, difícil é responder, kkk

      bjs Rudy!

      Excluir
  4. Oi Leninha, já li 3 livros da diva Nora, e me apaixonei...pena que não tive mais nehum nas mãos...kkkkk...e esse Mar de Rosas... <3<3<3...deixa qualquer um encantado com a história...Emma x Jack...já ouvi muito que os melhores partidos são os melhores amigos....kkkk. Abração!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Cali, continue lendo com a certeza que a diva não decepciona jamais, rsrsr
      bjs

      Excluir
  5. Ai Leninha que vontade de ler esta série! Pelo visto nossa Nora continua com a mão ótima!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a mão, a cabeça, o instinto, o dom, tudo está super bem, rsrsr

      Excluir
  6. Uau! Que história!
    Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos