A Carícia do Vento - Janet Dailey

Mais uma resenha da Paty aqui no Sempre Romântica. Hoje com vocês um livro que gera polêmica e o tão famoso "ame ou odeie". Eu amo de paixão, adorei cada página e recomendo a leitura sempre.
Um romance inspirador e com um mote bem inusitado. Vale a pena conferir, não só a resenha como o livro.
Com vocês... 
Sheila Rogers é a jovem milionária, bela, impulsiva e mimada que vivia em Austin, no Texas. Sheila contraria as expectativas de seus pais e foge para Juarez, no México, com Brad Townsend, um homem bonito e envolvente, mas que nada mais era senão um caça-dotes. A lua de mel do casal converte-se num verdadeiro inferno quando seu marido é brutalmente assassinado e ela é sequestrada e levada por um bando de pistoleiros para um esconderijo nas montanhas. É ali que Sheila conhece Ráfaga, homem corajoso e idealista, e logo o ódio se transforma numa paixão arrebatadora.


Já faz um tempo que estava louca para ler o livro A Carícia do Vento, tão bem recomendando e cotado nas redes sociais literárias, mas o tempo e a falta de oportunidade me impediam de lê-lo, mas no começo desse ano resolvi colocar essa leitura no top da minha lista, e claro que não me arrependi.

Há anos vejo ótimos comentários acerca desse livro, o meu maior medo ao lê-lo seria acabar me decepcionando. Com uma premissa um tanto controversa o livro é surpreendente e, apesar de sido lançado em 1979, ele não tem nada de ultrapassado e sim inovador.

Com núcleo de personagens díspares que só o acaso poderia reunir. Janet Dailey conseguiu nos prender e encantar com uma história de ódio, paixão e amor.

Sheila é uma personagem mimada, que sempre teve tudo que quis, e nunca teve ninguém que lhe impusesse certos limites, ao decidir fugir para casar com seu namorado Brad, sua vida muda completamente.

Durante sua viagem de lua de mel, seus sonhos e ilusões são esmagados quando descobre os verdadeiros motivos de seu marido Brad em casar com ela. Ao ser sequestrada pelo bando de Ráfaga, e a partir de então, ela se vê viúva e envolvida com o chefe dos seus sequestradores, e começa a manter uma relação de paixão e ódio, que aos poucos vai mudando e se torna amor. A trama é pautada de cenas fortes, sensuais e algumas bem questionáveis.

Ráfaga é um personagem, a princípio enigmático, um foragido da justiça mexicana, mas com o decorrer da narrativa sua presença, suas ações e seus motivos vão sendo revelados e preenchendo cada vez mais as páginas e o tornando sedutor aos olhos do leitor.

Sheila, no início da narrativa, é uma menina mimada e ingênua que paga uma preço bem alto pela sua imaturidade, tanto ao ser sequestrada como pela desilusão em relação ao seu namorado Brad, mas em meio ao caos de sua vida, ela encontra o verdadeiro amor e amadurece.

Com uma história de amor um tanto controverso e polêmico, o romance consegue envolver e emocionar, e em alguns momentos eu quis que o livro não acabasse, querendo me aprofundar mais nessa história de amor tempestuoso e envolvente como o vento.

O único porém seria o final do livro, que é um caso recorrente em livros antigos, o final é bem vago, não sei se autora quis deixar espaço para a imaginação do leitor ou a editora cortou, talvez antigamente as autoras não soubesse fazer um epílogo, não sei, adoraria ter lido bem mais da trama.

Janet Dailey, com sua escrita, forte e envolvente consegue nos prender e emocionar. Infelizmente no final do ano passado nós perdemos uma ótima escritora, que com certeza marcou a literatura romântica de várias décadas, e sempre vai emocionar as leitoras de qualquer idade. 
 

10 comentários:

  1. Eu adorooooooooooo essa história. Aliás, gosto de quase todas as histórias da Janet, apesar de serem bem polêmicas. Não concordo com algumas ações do Ráfaga (nenhuma mulher hoje aceitaria, acho), mas sempre lembro que é um livro da década de 70, escrito pra mulheres da década de 70/80...enfim!
    Acho que esse é um dos meus favoritos dela =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ket!
      Já li alguns livros da Janet, tanto em formato livraria como banca, e de alguns eu gosto e outros nem tanto, mas algo que eu notei, foi que maioria dos seus livros lançados formato livraria são bem polêmicos, e mais crus...
      E ate agora A Carícia do Vento foi o melhor dela que li também, adorei Ráfaga, apesar de algumas ações dele serem bem polemicas.
      Bjs

      Excluir
  2. Noooooooossa!
    Tô doida pra ler esse livro.
    Acho que me falta coragem, mas vou dar um jeito. Esse ano vai. kkkkkk

    bjooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ler mesmo Tícia, Ráfaga e TDB kkk ,e claro que não queria cruzar meu caminho com ele rsrs, nem com o bando dele..
      Mas ler com a mente a aberta, ele foragido da justiça...
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Paty!
    Tenho esse livro numa edição bem antiga em capa dura, queri meuito ler e não sosseguei enquanto não consegui!
    Bom, até hoje não sei se gostei ou odiei esse livro, achei a Sheila bem chata, mas o que acontece com ela no início do livro me deixou chocada!
    Tenho sentimentos muito controversos com relação à autora do livro, tbém não sei se amo ou não!
    Mas, que bom que gostou do livro!
    Beijos Fabi
    Romances e Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana!
      Quem me dera ter uma edição com sua rsrs, eu adorei a historia.
      Sempre que leio livro com mote polêmicos tento manter, minha mente aberta, ainda mais se são escritos nos anos 70 e 80, as mulheres eram tratadas de outra forma.
      Sheila e chatinha mesmo, mas ela passa por tanta coisa, e acredito que no fim ela amadurece, e Ráfaga apesar de suas atitudes questionáveis, conseguiu me encantar.
      Em relação Janet, tem alguns livros dela que amei e outros que nem tanto, mas acredito que os em formatos de banca são bem doces rsrs e os de livrarias mais pesados.
      Bjs

      Excluir
  4. Li esse livro em 2011 em ebook e em 2013 comprei essa versão que tá aí em cima, e até hoje é o meu favorito não só da Janet mais sim de todos os livos que li, seja de livraria, banca, enfim... Já tentei até fazer uma resenha sobre ele mais acho que não foi 50% do que senti lendo esse livro.
    Como não se apaixonar pelo Ráfaga? como não sentir pena ou raiva da Sheila? E quem pelo menos uma vez não torceu pro Laredo?
    Foram tantas cenas memoráveis, quando ela é sequestrada, a primeira vez deles, quando ela tenta fugir e paga com as consequências, quando ambos assumem que gostam um do outro, até mesmo o final que é vago. A Janet é esperta, tenho certeza que ela fez justamente isso para que nós leitoras ficássemos imaginando o que aconteceu com eles. Isso foi um pouco frustante mais também é um diferencial do livro que ajuda A Carícia do vento ser atemporal. Encantou na década de 70 quando foi lançado, nas de 80,90 e 00, transpassou as feministas que com certeza não engoliram algumas coisas que o Ráfaga fez, me encantou em 2011 e encantou você em 2014. E por aí vai, tenho certeza que daqui a 50 anos quando eu for bem velhinha vou continuar relendo essa história e tenho certeza que ela continuará encantando muito mais pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. * nas décadas de 80,90 e 00.

      P.S. pode me chamar de nathay também.

      Bju!

      Excluir
    2. Oi Nathay!
      Realmente o livro é apaixonante, realmente Ráfaga e apaixonante, Sheila e chatinha, mas passa por tanta coisa, e aquele final foi um aperto no coração, adoraria ter lido bem mais.
      Outro livro bem emocionante que personagem masculino e ponto forte da historia é Shanna da Kathleen E. Woodiwiss, e tão linda a historia, é histórico, vale muito a pena ler.
      Bjs

      Excluir
  5. Achei esse livro na casa da minha avó quando tinha uns 11 ou 12 anos, li e me apaixonei. É uma edição bem antiga de capa dura. Não empresto pra ninguém pq além de amar a história o livro tem valor sentimental, já que era da minha avô.💖

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos