[Filme] Um Conto do Destino

Esta história fantástica, baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois.


Com certeza o filme é muito mais do que diz a sinopse, na verdade ela não faz jus à linda história de amor que assisti no domingo. Digo em poucas palavras que eu não poderia ter apreciado mais. Uma história com todos os toques de romance, fantasia, magia, e claro a tão temida luta entre o bem e o mal.

Eu estava bastante curiosa a respeito do livro no qual se baseia o filme, e acredito que se ele for pelo menos a metade o que vi na telona irei amar, sofrer e me encantar com a leitura.

A beleza do cenário, o figurino, a música, o mote da trama, a presença dos mafiosos e gângsteres e a química entre os protagonistas só engrandece o enredo do filme. 

Tudo pode ser real quando o amor é a base, e também quando o milagre do amor é o foco principal de uma trama. 

Vi-me aos suspiros durante toda a apresentação, o ator Colin Farrell, escolhido para viver o belo Peter Lake, é um divo, com todos os pontos fortes para encantar os corações dos desavisados. Um sorriso bonito, um charme peculiar e com certeza a pegada certa para hipnotizar qualquer um. Quanto à mocinha, só tenho que render elogios. Lindamente interpretada pela beldade Jessica Brown-Findlay, ela encantou com todos os seus predicados transformando a história de amor entre os protagonistas num conto de fadas. O que falar de Russell Crowe como o vilão da história?! Nada, a não ser que ele foi perfeito! Até Will Smith teve seu lado assustador na trama, realmente a caracterização dos vilões foi merecedora de aplausos.

Com maestria e encanto o filme é um prazer de ser assistido, me vi em alguns momentos retendo suspiros e em outros com os olhos rasos d’água, tamanha a emoção que senti durante o filme.


Só espero que o livro não me falte com a beleza que o filme transborda e que ele me seja uma surpresa muito mais grata do que foi o filme. Sempre acreditei que o livro é melhor do que o filme, espero então me debulhar em lágrimas durante a leitura.

 






E para você aumentar ainda mais sua vontade assista o trailer do filme!


P.S.: O único problema é encontrar o filme nos cinemas. Aqui em Brasília ele só está em cartaz em um cinema e sendo apresentado em apenas uma sala. Então quer uma dica?! Corre e assista, antes que seja tarde, você vai se emocionar com um filme que é muito mais que um romance.

18 comentários:

  1. To louca pra assistir, parece ser maravilhoso!

    Beijos,
    Agenda Fashion

    ResponderExcluir
  2. Lindoo *--*
    Quero muito ler/assistir hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim só falta ler, mas se for a metade do filme, certeza que irei amar.
      Bjs Paola.

      Excluir
  3. Oi Leninha, eu não vi o filme ainda, comecei ler o livro e confesso que não me entusiasmei com a leitura, não consegui uma conexão com o enredo. Acabei deixando-o um pouco de lado para mais tarde.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que eu goste da leitura tanto quanto gostei do filme.
      Não desista Rose!
      Bjs

      Excluir
  4. Oi

    eu tive outra experiência assistindo a esse filme, achei chato depois da primeira parte, parece que se perde quando " aquilo triste ocorre" e achei que o diretor jogou fora talentos como o de William Hurt e Russel Crowe no filme, poderiam serem melhores explorados.
    Por mais que concorde que Colin está maravilhoso, os resto do elenco perde a sintonia em um filme que lá pela metade começou a me dar um certo sono.
    Gostei de sua crítica, pois sempre gosto de ler pontos de vista diferentes

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto de opiniões diferentes Raffa. Eu, diferente de você achei que o filme foi digno de aplausos. Em nenhum momento achei chato ou cansativo, mas respeito sua opinião e gostaria de ler outras aqui nesse post.

      Obrigada pela visita e volte sempre!
      Bjs

      Excluir
  5. Ei Lena

    Quero ler antes, então já era ver no cine rsrs. Mas preciso ler logo, estou curiosa. Também espero que seja tão emocionante quanto você disse aiai
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Meninas, estou lendo o livro mas confesso que não está me agradando. Ele é praticamente todo na terceira pessoa e com pouquíssimos diálogos, sem falar no excesso de detalhes. Acho que se fossemos retirar os detalhes desnecessários a quantidade de páginas se reduziria em mais ou menos 50%. Apesar de ser uma leitura cansativa, vou insistir até o final para saber o que acontece. Não consigo "não terminar um livro", fico com a sensação de que não é certo hahahaha (coisas de leitora compulsiva).
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, agora estou com medo!
      O filme é tão lindo e tão rico em detalhes que acredito que o autor deve ter dado uma enxugada no livro, por isso o medo de o livro ser como você disse; cansativo.
      #oremos

      Excluir
  7. Assistir ao filme eu sei que não vou... pelo menos por agora. Na minha cidade não tem cinema e nas cidades vizinhas, mais próximas também não. Então já viu né!?
    mesmo que eu tivesse a oportunidade de vê o filme, eu não assistiria, tô meio traumatizada com os filmes de agora. É tudo triste e eu fico numa deprê, fora o mico que eu pago me debulhando em lágrimas, já que eu choro que é uma beleza... rsrsrs
    Prefiro encarar o livro, vou pro meu cantinho sossegada e aí choro até...
    Mas o filme parece ser lindo, quando esse trauma passar, com certeza eu assistirei.

    Bjos!
    Ronevia Novaes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você irá se surpreender com esse filme. Mesmo que demore um bom tempo, sei que um dia você vai assistir, daí você volta e me conta.
      Quando terminar a leitura do livro, volta e me conta também.

      Beijokas!

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Concordo em grau e em gênero com a Ana Paula Avila. Estou lendo o livro também, e é realmente cansativo. Destalhes exaustantes, comparações e metáforas que não têm fim. O livro dá mais ênfase em cada meio-fio de New York do que no romance em si. E a forma que eles se conhecem é confusa, rápida e quase sem diálogo algum. Ainda quero assistir ao filme na esperança de ser melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, mas acho que você pode gostar do filme, tenta assistir e depois me conta.

      Excluir
  10. Esse filme é muito lindo hehe ... embora não conheça uma pessoa que tenha ido no cinema ver ... somente eu kkkkkk ....

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos