Métrica - Colleen Hoover

No Sempre Romântica mais uma resenha da Nanda aqui no seu cantinho.
Com vocês: Métrica - Colleen Hoover, Editora Galera Record.


Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. 




Vou contar algo antes de começar a resenha. Nunca fui de chorar com livros. Na verdade, nem Nicholas Sparks me faz chorar (sério!). Mas Métrica me emocionou de uma forma que eu pensei que não pararia mais de chorar. E não digo isso apenas por causa das situações narradas no livro, mas por toda a reflexão que ele me proporcionou.

Layken ou Lake, como é mais conhecida, tem 17 anos e sua vida está passando por grandes transformações. Ela acaba de se mudar para o Michigan, junto com a mãe e o irmão de 10 anos. Depois da morte do pai seis meses atrás, o orçamento financeiro da família ficou defasado e a única solução foi a mudança para um local menor.

Lake ainda está muito abalada com a morte do pai. Ela alterna entre as fases negação, raiva, barganha e depressão sem nunca chegar a uma aceitação completa.

Ao chegar à casa nova, seu irmãozinho logo faz amizade com o garoto da casa da frente. E é quando os dois estão brincando que Lake conhece Will Cooper, o irmão mais velho do garoto e o cara que vai dar um novo sentido à sua vida.

Will é o tipo de garoto perfeito, responsável, inteligente, lindo, e nutre um amor incondicional pelo irmão mais novo. Também muito abalado pelos fatos inexoráveis da vida, ele logo sente uma intensa conexão com Lake. Os dois se completam e a atração é imediata.

No primeiro encontro dos dois, Will apresenta Lake ao mundo do SLAM: poesias de autoria própria apresentadas num palco com gestos corporais e diferentes entonações de voz.  As apresentações são julgadas pelo próprio público e recebem notas. Nesse primeiro encontro Will se apresenta e escolhe a poesia que conta a história de sua vida. Ele se expõe totalmente para Lake e é a partir daí que percebemos o quanto os dois tem em comum. Will e Lake vão enfrentar um longo caminho juntos, cheio de obstáculos, assumindo responsabilidades muito cedo.

Eu queria falar mais da história, mas acabaria revelando o que não devo. O livro é tão curtinho, mas é de uma profundidade enorme. O que me fez chorar foi me colocar no lugar do personagem, me imaginar naquela situação. Adoro histórias assim, que me deixam envolvida a esse ponto.

Como todos já sabem, Métrica faz parte de uma trilogia. Concordo com a maioria que acha que não era necessário, pois o livro tem até epílogo, mas drama demais na vida desses mocinhos nunca é demais, certo?!
Então, que venha Pausa!

2 comentários:

  1. Oi Nanda!
    Esse livro é emocionante! E concordo com alguns, não precisava de uma trilogia, rsrs.
    O bom é que no segundo temos uma mudança no narrador =D
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ei Nanda

    Eu não li ainda e sempre vejo ele aqui na fila esperando e fico ansiosa rsrs, mas atrasada para dar conta de tudo aff. Ao contrário de vc sou a maior chorona nos livros kkkk
    bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos