Para cada leitor um livro... Livros para chorar.


Mais uma semana de participações no aniversário do Sempre Romântica, hoje temos a presença da minha amiga Natália, do blog Menina da Bahia
Naty nos brinda com um mote maravilhoso, o que mais gosto na vida, Livros para chorar. Ela, assim como eu, é fã e não abre mão de um livro que emocione e nos faça debulhar em lágrimas.

Seja bem-vinda Naty!

Drama, livros arrebatadores ou, como gosto de chamar, “livros de chorar” são os meus preferidos. Eu fico, por vezes, chocada como uma pessoa (autor) através de palavras consegue mexer com nosso sentimento ao ponto de nos fazer chorar, e às vezes, chorar compulsivamente.

Eu sei que Leninha adora esse estilo, também, e por isso é um prazer vir aqui, hoje, citar alguns desses livros. Então já sabe, se for ler alguns dos livros abaixo, trate de deixar ao lado a caixinha de lenços, ok?

(Para o post não ficar grande, vou citar apenas cinco)

1. Como eu era antes de você – gente, sério, chorei de soluçar em plena madrugada. Eu simplesmente não conseguia largar o livro e fui lendo até a última página. E que história! Fico arrepiada só de recordar a história.


2.  Dançando sobre cacos de vidro – esse foi minha leitura mais recente, desse estilo. Mas ah, pessoal, que história triste e bonita e forte (como diria, Caitlin de Passarinha). O enredo é incrível.


3.  As suas lembranças são minhas – esse é mais brando, porém Cecelia nos pega de jeito, sem percebermos. Toda vez que leio meu trecho favorito (citado abaixo) fico emocionada. O pai não viajava, morria de medo de avião, mas pela filha ele enfrentou seu medo e foi. E quem era a polícia de Londres para impedi-lo? rs.

"Minha Joyce tem andado por uma estrada esburacada. Ela perdeu seu bebezinho semanas atrás, veja só. Tentou durante anos ter um bebê com um rapaz que joga tênis com um shortinho branco e as coisas finalmente pareciam estar ótimas, mas ela teve um acidente, caiu, veja você, e perdeu o pequenino. Perdeu um pouco dela também, para ser honesto com o senhor. Perdeu o marido, também na semana passada, mas não tenha pena dela por isso. Ela perdeu algo, isso é certo, mas veja, ela ganhou alguma coisa que nunca teve antes. Não sei dizer exatamente o que é, mas seja o que for, não acho que seja algo tão ruim. No geral as coisas não estão dando certo para ela e, é claro, que tipo de pai eu seria deixando-a ir nesse estado? Ela está sem emprego, sem bebê, sem marido, sem mãe e em breve sem casa, e se ela quer ir à Londres descansar, mesmo que na última hora, com toda certeza tem o direito de ir sem que ninguém a impeça de fazer o que quer.

Aqui está, fique com a minha bendita boina. Minha Joyce quer ir para Londres e os senhores devem deixá-la. Ela é uma boa menina, nunca fez nada de errado em toda sua vida. Não tem nada nesse momento além de mim e essa viagem, pelo que posso perceber. Aqui está, fique com ela. Se tiver que ir sem minha boina, sem meus sapatos, sem meu cinto e meu casaco, muito bem, não tem problema, mas minha Joyce não vai para Londres sem mim."


4. O caminho para casa – que autora maravilhosa! Recomendo Kristin Hannah para todas. Ela tem um dom, uma sutileza tamanha, que você começa ler a história despretensiosamente e quando vê, uma lágrima está rolando. Kristin é sinônimo de emoção na certa.


5.  Métrica – a leitura foi dilacerante. Pensei que fosse apenas mais um New Adult da moda, mas meninas... o que foi aquilo? História incrível de dor, superação e amor. Métrica é maravilhoso, corre logo pra ler!






Essa questão de chorar durante a leitura é bem relativo, depende do nosso estado de espírito, do quando aquele livro específico nos tocou. Mas como sou manteiga derretida, vou indicar outros que me deixaram com jeito de “ai, caiu um cisco no meu olho”: Quase todos do Sparks, De volta para casa (Karen White), A culpa é das estrelas (John Green), P.S. Eu te amo (Cecelia Ahern), Branca como o leite, vermelha como o sangue (Alessandro D’Avenia),...
Se lembrarem de algum, só deixar nos comentários do post.

Leninha, mais uma vez, MUITO OBRIGADA. Adorei passar aqui e falar um pouquinho sobre esses livros que gosto tanto. Sucesso no blog e parabéns!
 :)

Natália.

13 comentários:

  1. Ei Lena e Nat

    Engraçado que quando a Lena mandou o convite para o niver do blog, este foi o tema que me interessou hehe. Pena que não deu para entrar este ano.
    Enfim, eu quase nunca choro na vida real, e choro litros nos livros .Este O caminho para casa eu chorei litros, com todos desta autora na verdade.
    Tem vários que choro de soluçar, adoro um drama rsrs.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que não deu para você participar Nanda, teria sido uma choradeira só, nós três e a Ká, chorando com nossos dramas maravilhosos.
      Fica para o ano que vem, espero que dê para vc.
      Beijos!

      Excluir
  2. Ultimamente tenho corrido de livros para chorar... Meu emocional só me pede livros com alto astral, na vibe de chic-lits ou éroticos ( que nao largo nunca!). Mas confesso que adoro livros assim, sou fazona do Tio Sparks e da Cecelia e não tem como não refletir todoa sua vida com eles.... Na minha lista obirgatoriamente ja estão Como eu era antes de você, Dançando sobre cacos de vidros e A culpa é das estrelas, Super recomendadissimos pelas minhas amigas... Assim que ler volto aqui e comento.
    Nati, se você fala que é bom, é bom. Se fala pra ler, leio correndo! FATO!kkk

    ResponderExcluir
  3. Curto bastante um "livro de chorar" e não há como não chorar com as inúmeras histórias de Nicholas Sparks. O homem é especialista num drama. Também gostei dos livros que você apresentou e desses já li "Métrica" e "Como eu era antes de você" e foi satisfação garantida...... Mas, gostaria de indicar um livro nacional que foi realmente foda, e um dos poucos que me marcou profundamente: "O Pássaro" - Samanta Holtz

    ResponderExcluir
  4. Aqui vai mais dois livros para chorar!
    Três desejos da Barbara Delinsky e Souvenir da There Fowler ;)
    Eu chorei rios com os dois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu amei Souvenir, chorei rios...
      Indico todos os livros da Francine Rivers e Kristin Hannah, choro garantido, rs.

      Preciso indicar Nicholas Sparks não né gente?!

      Excluir
  5. Oi, meninas.

    Dos livros mencionados, o único que não li foram os livros 2 e 3.

    Um que faltou foi o "A Culpa é das Estrelas", do John Green; "Apátrida", Ana Paula Bergamasco.

    Concordo plenamente com a Leninha, os livros do Nicholas Sparks, da Kristin Hannah e da Francine Rivers é choro garantido mesmo. Haja lencinho e coração!

    ResponderExcluir
  6. Natália, eu sou chorona a por natureza. Choro à toa mesmo. Por isso evito esses livros que fazem chorar.... Me envolvo demais, daí me deprimo... rs.... Mas realmente é incrível a capacidade de alguns autores de fazerem tais emoções surgirem em nós, não é verdade?! Tem uma pancada de livro que eu li e chorei.... e olha que alguns deles nem eram "drama" não, mas a forma que certas coisas são descritas mexe com a gente. Daí não tem jeito: choro mesmo!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  7. TODOS estão na minha lista e tenho 3 na estante já. E olha que nem curto muito ficar chorando, mas sempre tenho muitos livros no estilo na estante haha.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. "Livros para chorar" sempre são maravilhosos, eu não sou uma manteiga derretida mas quando um livro realmente me toca eu choro feito um bebê. Acho que chorar ao ler um livro faz parte.
    Um livro que eu realmente chorei foi: Uma vida sem limites do Nick Vujicic.
    Beijos
    the-universe-of-books.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Chorei lendo PERDIDA da Carina Rissi! hahahahaha

    O final foi dilacerante pra mim! Anotei umas 3 dicas tuas aqui hoje! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. sou uma manteiga derretida mas quando um livro realmente é´bom eu choro feito um bebê. Acho que chorar ao ler um livro faz parte.quando li.Como eu era antes de você, nossa ! foi lindo meus filhos rsrsr e meu marido quase teve um treco comigo kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Acabei de me despedir de Como eu era antes de Você, eu chorei tanto que me deu até dor de cabeça. Saudades do Will :'(

    Vou procurar os outros pra ler, exceto As suas lembranças são minhas, que abandonei.

    Obrigada pelas dicas :)

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos