Dançando sobre cacos de Vidro - Ka Hancock

Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles.

Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente.

Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.

Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.

Dançando sobre cacos de vidro (Editora Arqueiro, 329 páginas) é o primeiro livro da autora Ka Hancock, e passa indubitavelmente a figurar na minha lista de autoras preferidas.

Se existisse um aparelho que medisse o grau de sentimentos e o montante de lágrimas que se vertem durante a leitura de um livro, Dançando sobre cacos de vidro receberia nota máxima.

Já fazia um tempo que não chorava tanto lendo um livro e pode acreditar, sou fã desse momento. Adoro pôr para fora todas as emoções que sinto durante a leitura, e esse romance me fez entrar num turbilhão de emoções, desde o riso até o mais sentido pesar.

Um livro dilacerante que vai machucar e enternecer o leitor tornando-se, com certeza, uma leitura inesquecível.

Lucy e Mickey nasceram um para o outro, os dois de uma maneira meio torta se completam, cada um servindo como apoio para o outro. Mickey tem distúrbio bipolar e vive sobre efeitos de medicação pesada para se adequar ao convívio com outras pessoas. Ele sabe que um relacionamento está fora de cogitação em sua vida, mas ao conhecer Lucy ele se permite vislumbrar uma luz no fim do túnel.

Lucy se encantou por ele desde a primeira vez que o viu, em seu aniversário de 21 anos. Ela vem de uma família com um histórico familiar de câncer e sabe que apesar de poder se relacionar amorosamente com qualquer pessoa, vive em uma linha tênue, entre a saúde e a doença.

Dois personagens que unidos irão tentar conviver com seus problemas. Aos olhos de todos, eles nunca dariam certo juntos, pois seus problemas são complicados demais; mas para eles nada é impossível, tudo é superável pelo amor.

O livro é um prenúncio de uma tragédia anunciada, simplesmente inevitável. Durante toda a leitura você já vislumbra o final, mas vai galgando suas páginas sempre com a esperança de que tudo ficará bem, que todos os problemas serão resolvidos. Mas a vida é bem mais complexa do que isso, nem tudo é perfeito ou termina em conto de fadas, nem sempre o bem vence, infelizmente.

Este não é um livro para qualquer leitor. Para se iniciar essa leitura precisa-se estar preparado, ter controle sobre suas emoções, saber se envolver com os personagens, consciente que a leitura é uma ficção, porque a narrativa é tocante, profunda, pungente, sofrida e ternamente dilacerante.

Eu, como uma apaixonada por dramas, me encantei com toda a história, não conseguia largá-lo, passei uma tarde inteira chorando copiosamente. Ao término da leitura me senti encantada, apesar de triste, pela escrita dessa autora em seu primeiro livro, já estreando com uma nota 10 e entrando para minha lista de “autoras que preciso ler”.

Queria conseguir passar nessa resenha todas as sensações que senti durante a leitura, mas me faltam palavras, me faltam expressões para transcrever e ilustrar todos os meus sentimentos. Queria então frisar que Dançando sobre cacos de Vidro é um livro que precisa ser lido e apreciado em doses terapêuticas. Ele com certeza pode ser classificado como “livro para chorar e se emocionar”.

Se você tem o coração fraco ou tendências à depressão pós-leitura eu recomendo atenção; seu coração vai disparar; você não vai conseguir conter as lágrimas; e sentirá um vazio imenso ao término da leitura.
Para quem gosta de um bom drama, sirva-se, temos aqui um prato cheio!

26 comentários:

  1. Nossa lena!

    Que livro impactante, adorei sua resenha! Você conseguiu passar muita emoção.

    Quero ler.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você vai gostar, mas prepare a caixa de lenços, tem momentos que você vai chorar de soluçar!
      Amei, adorei, passou a fazer parte dos intocáveis, porém super-recomendado para todos os meus amigos.

      Excluir
  2. Ei Lena

    Ah droga! Eu ia pedir ele, ai mudei de ideia e pedir um dos romances históricos pq não li nenhum ainda. Agora eu quero!!! Ahhhhh eu quero rs.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Termina logo o histórico e pede Nanda, você vai se contorcer de angustia se não pedir, e depois de ler vai se apaixonar por esse drama incrível
      Prepare a caixa, pacote de lenços.
      Bjs

      Excluir
  3. Há muito tempo eu queria ler esse livro e assim que vi a sua atualização na minha caixinha de feeds vim logo querendo ler!
    Amei a resenha, e fiquei com mais vontade ainda. Um livro pra se apreciar, apesar de não acabar tão bem, não é mesmo? Mas sempre temos que ter esperança pra alguma coisa, senão não se vive...
    Beijos Leninha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Divs.
      Concordo com você, sem esperança não se vive.
      Beijos e volte sempre!

      Excluir
  4. Fiquei encantad ao ler essa resenha, pois ainda não tinha visto esse livro. Imaginar que duas pessoas combinam as regras para reger a sua felicidade e fazer o casamento dar certo e, de repente, ver tudo isso mudar, terem que asssumir uma nova postura de vida para que o casamento continue dando certo, só me faz crer que não existem regras para se viver, para se amar, a vida e do jeito que e, temos que vive-la, cada dia com seu novo aprendizado e suas regras, que terminam quando o dia acaba, para recomeçar no dia seguinte. Vai para minha lista de #desejados. Bjos Leninha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem mais do que diz na sinopse, bem mais profundo e tocante.
      Você precisa ler Eri, com certeza irá se apaixonar. Deixe as emoções fluírem e se delicie com esse drama pungente.
      Beijos!

      Excluir
  5. Ahhh eu também gosto desse tipo de leitura! Adoro livros que me sacodem com doses de realidade que muitas vezes nos passam a distância. Nossa quando pegar esse livro para ler terei que me preparar pois sempre que termino um drama tenho uma depressão pós-livro ou só quero ler livros do gênero! Vou colocar esse na lista de "prioridades",

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pre-pa-ra!!
      Cara, não resisti, rs.
      Eu engatei um policial na sequência sem nem dar um tempo, senão corria para outro drama, rs
      Não esquece que quero saber sua opinião sobre o livro.
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Lena!
    *suspirando* Já vou separar os pacotinhos de lencinhos, pois vou chorar muito com o livro! Não adianta, eu sempre me emociono em dramas ahahaa
    Logo eu te falo o que achei do livro \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Leninha,tenho certeza que meu coração vai disparar mesmo. Já pelo título ele balançou.
    Bjs, ROse.

    ResponderExcluir
  8. Oi Leninha, achei sua resenha perfeita e confesso que já tinha ouvido falar dele mas me faltou coragem e agora... puxa! Estou mais ansiosa que nunca, mas não sou fã de drama e fico com coração quebrado qdo sei que será inevitável, mas vamos lá! Vc me animou e ele vai voltar para a minha fila. Depois te conto!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc decidiu ler Lú, vou aguardar ansiosa sua volta e sua visão sobre o livro!
      Beijão e volte sempre!

      Excluir
  9. Estou de olho nesse livro já faz um tempinho e adorei a resenha.....Por tudo o que descreveu a respeito das emoções que sentiu, acho que esse livro seria uns daqueles que eu diria, se tivesse lido, que me deixou assombrada (no bom sentido). Parece ser uma leitura tão densa e marcante, que te esvazia e revigora ao final.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Ana, desse jeito mesmo que você fica no final do livro.

      Leia e depois me conta o que você achou, fico aguardando.
      Beijos!

      Excluir
  10. WOW! What a lovely blog to stumble upon. I am so happy to have such lovely readers in Brazil! Thank you all!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I gained my day with your words. His book is wonderful, congratulations!

      Excluir
  11. WOW! What a lovely blog to stumble upon. I am so happy to have such lovely readers in Brazil! Thank you all!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que imenso prazer ter você aqui no blog comentando a resenha de seu livro Ka.
      Volte sempre!

      Excluir
  12. Acabei de chorar rios lindo Como eu era antes de Você e já vou aproveitar e emendar com esse :)

    Que gracinha a autora comentando rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não li ainda Como eu era antes de você, mas garanto que com Dançando sobre cacos de vidro você vai se emocionar.
      Gracinha mesmo a autora comentando, feliz, feliz e saltitante, rs.
      Beijos Flá!

      Excluir
  13. Leninha, sua resenha ficou maravilhosa e me deixou louca para ler essa história!!! Tudo bem que livros assim sempre acabam com os meus nervos, mas são leituras que sempre têm algo à acrescentar. Livros que necessitamos ler. Foi o caso de No Escuro - Elizabeth Haynes, uma das leituras que me marcaram neste ano. E Essas Coisas Ocultas - Heather Gudenkauf.


    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luna. Com certeza essa história tem muito a acrescentar.
      Preciso ler No Escuro, tenho os dois livros que você citou e não li acredita?!
      Leninha lerda em modo on, kkk
      Beijokas!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos