O Segredo de Sophia - Susanna Kearsley

Hoje tenho o prazer de trazer ao blog mais uma resenha da colunista Paty. Ela nos brinda com a resenha de um livro ainda não publicado no Brasil, uma edição de Portugal, que já me ganhou pela bela capa.
Achei o mote super interessante e o livro foi para minha lista de sonhos de compras na Wook.

Mas vamos parar de rodeios e falar do que interessa. Com vocês...

O Segredo de Sophia - Susanna Kearsley

Carrie McClelland é uma escritora de sucesso a braços com o pior inimigo de qualquer artista: um bloqueio criativo. Em busca de inspiração, ela decide mudar de cenário e visitar a Escócia, onde se apaixona pelas belas paisagens e pelo Castelo de Slain, um lugar em ruínas que lhe transmite uma inexplicável sensação de bem-estar. Tudo parece atraí-la para aquele lugar, até mesmo o seu coração, que vacila sempre que encontra Graham Keith, um homem que acaba de conhecer, mas lhe é também estranhamente familiar. Com o castelo como cenário e uma das suas antepassadas - Sophia - como heroína, Carrie começa o seu novo romance. E rapidamente dá por si a escrever com uma rapidez invulgar e com um imaginário tão intrigante que a leva a perguntar-se se estará a lidar apenas com a sua imaginação. Será a "sua" Sophia tão ficcional como ela pensa? À medida que a sua escrita ganha vida própria, as memórias de Sophia transportam Carrie para as intrigas do século XVIII e para uma incrível história de amor perdida no tempo.
Depois de três séculos de esquecimento, o "segredo de Sophia" tem de ser revelado.

O Segredo de Sophia foi um dos livros que li este ano, impulsionada tanto pela capa quanto pelas resenhas positivas, através das redes sociais literárias, e posso dizer que ele não é o livro que eu esperava.

Primeiramente acredito que tanto o título em inglês como em português não revela a história com totalidade e nem o que ela transmite, faz imaginar que vamos embarcar num romance de mistério, e isso não é bem o ponto central da historia. O romance - que ganhou merecidamente o prêmio de Melhor Romance Histórico, pelo Romantic Times - é uma obra histórica que cumpre bem o seu papel, historicamente.

Susanna Kearsley nos leva, no decorrer de 510 páginas, à Escócia tanto dos tempos atuais, como à Escócia do século XVIII, com uma narrativa em primeira pessoa e uma linguagem madura e bem desenvolvida. Nos faz embarcar tanto na história de uma escritora quanto na visão de uma simples jovem que viu todo o desenvolvimento, de uma das várias tentativas do Rei Jamie para tomar de volta o trono escocês.

Tudo começa quando Carrie, uma escritora famosa, passando por um bloqueio na escrita, vai visitar uma amiga na Escócia, e a história de sua antepassada Sophia começa a surgir espontaneamente em sua mente. Ela se verá de tal forma envolvida em sua trama, que só quer escrever, até que certo dia, conversando com o historiador local, começa a perceber que tudo que ela escreve, realmente aconteceu, e que não está escrevendo uma história ficcional, mas real.

Apesar de ficarem algumas indagações porque sua antepassada morava e esteve num dos castelos principais da revolta, Sophia é só mais uma condutora e narradora para levar o leitor a compreender o desenrolar da invasão. É claro que Sophia tem sua historia, mas ela não é o ponto principal da obra.

A autora trabalhou muito bem a trama, intercalando as duas épocas entre os capítulos e soube segurar a curiosidade do leitor e o ritmo de cada história, quando em um momento crucial, intercala de uma a outra, diferenciando cada capitulo de cada época usando um recurso simples, os capítulos atuais são números normais e os capítulos do passado algarismos romanos.

O livro tem sua dose de romantismo, mas a autora não soube dar a ambas o ritmo e desenvolvimento romântico igual. Enquanto uma ficou mais sobrecarregada de emoções, a outra personagem quase não teve nenhum percalço. Teve algumas passagens do livro que não concordei e nem entendi porque determinada personagem tomou aquela decisão. Apesar disso o livro é bastante interessante, que te prende e emociona, que te faz torcer pelos personagens, onde até chorei em algumas páginas.

O Segredo de Sophia é o primeiro de uma série de dois livros chamada Slain, que infelizmente não foi lançado no Brasil, mas você pode adquiri-lo em Portugal, e o segundo volume só existe em inglês.

Recomendo este livro para quem gosta de romances históricos e, principalmente, para aqueles que gostam da história da Escócia que é incrível. Para quem não conhece, recomendo-o para que se apaixone e, claro, para os românticos que gostam de histórias de romances emocionantes que te fazem chorar.

13 comentários:

  1. A capa é maravilhosa não tem como não se paaixonar!
    Mas a sinopse deixa um pouco a desejar, pelo capa acho que esperamos mais doçura e mais romance rs
    Mas eu até gostei, quem sabe um dia eu leia.

    Beijos.
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariádne!
      Apesar da sinopse não ser muito clara, acredito que compense ler o Segredo de Sophia, e um ótimo livro que fala sobre a historia da escócia, e apesar de não ser voltado muito para o romance.
      E a parte romântica da Sophia é boa.
      Bjs

      Excluir
  2. Paty, não sabia que vc era colunista do Sempre Romântica. Amei saber disso. Só meninas 5 estrelas. :)

    Olha eu sou suspeita para falar porque adoro essa história. Sou apaixonada pelos livros dessa autora.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!
      Já faz quase 3 meses que sou colunista rsrs. Obrigada
      E um dos motivos para ler esse livro foi por sua indicação, adorei sua resenha, mas como nem sempre concordamos com que uma escritora faz com seus personagens, tive algumas reservas....
      Gostei dos livros, mas acredito que sinopse não foi muito verdadeira.
      Bjs

      Excluir
    2. Eu compreendo perfeitamente a sua posição. Por exemplo eu sou louca pelos livros da Florencia Bonelli mas nem sempre concordo com as opções dela. Não posso dizer que tenha concordado nesse livro da Susanna Kearsley, mas entendi.

      Eu ando muito por fora de imensas coisas. O tempo está cada vez mais escasso. Ultimamente nem para ler tenho tido tempo e isso é uma coisa que me deixa arrasada. rsrs

      Beijão!

      Excluir
    3. Oi Carla!!!
      Esse semestre mesmo, eu também to numa correria danada, quase não lendo nosso amados livros, essa semana mesmo tive prova todos os dias e ainda vou ter 3 =P, já ate cansei rsrs.

      Em relação ao livro nem entender, entendi kkk, achei que ela poderia ter tomado outra decisão.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi lindinha


    Ahhhh a capa desse lindo pessoalmente é ainda mais linda!!!

    Um livro que ganhou um premio desses já vem com uma grande bagagem não acha?

    Amei sua resenha. Correeee pra lista!!!! Opssss errei!!! Ele ja esta na lista!!! kkkk neh Carlita?


    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi FFDUARTE!
      Obrigada!
      A capa é linda, a historia muito bem escrita.
      Recomendo para amantes da historia escocesa como eu.
      Bjs

      Excluir
  4. Comecei a ler esse livro durante minha viagem à Bienal. mas com toda aquela confusão e cansaço, acebei deixando-o de lado. rsrs
    preciso retomear a leitura, pois sou apaixonada por históricos e a Escócia é um cenario sensacional.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hérida!
      Se você gosta da historia escocesa com eu, com certeza vai adorar o livro.
      Depois que li esse livro fiquei com mais vontade ainda de conhecer a escócia.
      Bjs

      Excluir
  5. Ei meninas,

    Escócia e romance histórico me lembra Diana Gabaldon, tem elementos em comum? será que eu gostaria deste igual de A viajante do tempo? rs
    Engraçado que amo as capas da Wook, mas esta eu não gostei, sei que ela está correndo, mas para mim parece que a moça está abaixada no matinho hauhuahuahu
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é como os livros da Diana Gabaldon, Fernanda. Nos livros da Diana a mocinha viaja no tempo mesmo, nos livros dessa autora elas viajam através da memória (memória genética). São estilos diferentes, mas eu adorei.

      Excluir
    2. Oi Fernanda!
      Gosto e uma coisa bem pessoal, não e mesmo? Eu adorei a capa rsrs, foi um dos motivos porque comprei o livro.
      Em relação a imagem não se foi porque a imagem fico pequena dá essa impressão, mas a modelo não estar agachada e sim atras, de alguns arbustos, e acho essa capa bem mais bonita do que americana.
      Como a Carla mesmo falou, o livro não e o mesmo gênero da viagem do tempo da DG.
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos