Novelas Mexicanas - O Diário de Daniela

'El Diário de Daniela' (no Brasil O Diário de Daniela) é uma telenovela Mexicana produzida pela Televisa e exibida no Canal de las Estrellas entre 1998 e 1999.
Foi exibida no Brasil pelo Sbt em 2000, entre as temporadas de 1999 e 2000 de Chiquititas.
Foi reapresentada no Sbt em 2007 em 90 capítulos, substituindo Cúmplices de um Resgate.

Trama:

O Diário de Daniela conta as aventuras de uma turminha comandada por Daniela Monroy, que tem apenas dez anos, é bonita, simpática, encantadora e conquista a todos com sua meiguice. Além dos amigos inseparáveis, Daniela tem como aliado um diário onde ela conta seus sonhos, segredos, tristezas e, principalmente, confessa suas travessuras. 

Mas Daniela tem um amigo especial, um garotinho fantasma que vai ajudá-la a enfrentar momentos muito difíceis.


A família de Daniela é formada por cinco pessoas. Henrique e Leonor são seus pais, Adélia e Joãozinho, seus irmãos. O amor, a união e a compreensão fazem da família Monroy, que é muito feliz, mas também têm problemas, igual a todas as outras.

Leonor e Henrique são apaixonados, mas apesar da felicidade, Leonor reclama da sua dedicação em tempo integral ao teatro, o que acaba provocando algumas desavenças entre eles.

Adélia é a filha mais velha, entre quinze e dezesseis anos, que tem a rebeldia e a ansiedade típicas da idade. Joãozinho, o caçula, é um garotinho encantador, mas muito travesso.

Daniela é o ponto de união dessa família. Carinhosa e sensível, ela se preocupa com todos e está sempre disposta a ajudar a família e os amigos.

A história dessa turminha se passa no interior do Teatro Principal, de propriedade do pai de Daniela, Henrique Monroy. No palco ou nos bastidores eles vivem intensamente no limite entre o real e o imaginário.


Curiosidades:

* A telenovela foi um grande sucesso entre o público infantil mexicano, com grandes índices de audiência.

* No Brasil, a telenovela também foi um sucesso. Foi exibida durante as férias da novela Chiquititas, e alcançou boa audiência (mais do que a própria Chiquititas naquela época).


Minha Opinião:

Uma novela que encantou todas as idades, por trazer uma gracinha de menina, sua imaginação fértil e imensa doçura. Uma família comum, com problemas e muito amor entre eles, e tudo visto pela fantasia de uma garotinha esperta e cheia de imaginação.
Foi uma aventura assistir e relembrar hoje com vocês.


Fontes de pesquisa:

10 comentários:

  1. Ei Lena,

    Nossa eu não aguento novela, nem as daqui nem as mexicanas rsrs. Vim aqui te dar um oi hehehe.

    Mas Chiquititas eu amei quando passou, Carrossel então eu chorava litros hauahuhau.
    Mas tem anos que não assisto nada, eu até assisti na época a primeira da Marias, acho que do bairro rs. Mas ne, eu não tinha tv a cabo, nem computador então da para entender rs.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe os que amam e os que odeiam, não assistir é um direito e vc exerce o seu, rs. Eu amo, amo e amo, sinto saudade e por isso sempre estou postando uma aqui no blog, para recordar.

      Nunca fiz post para as Chiquititas, as do Brasil mesmo, que adorei, acompanhei durante alguns anos.
      As Marias eu amo...

      Obrigada pela visita Nanda, sempre bem-vinda.

      Excluir
  2. Eu só lembro da música de abertura! Que foi um grude só!
    Eu gostava de Chiquititas.. gosto de novelas, mas não sou de acompanhar. Uma novela que eu amei e até hoje sinto saudade é O beijo do vampiro! Achava que o Zeca tinha que ficar com a Pandorinha! <3
    Beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gostava das Chiquititas e sou fã das novelas antigas da Globo também, essa que vc citou é uma delas.
      Saudade de quando a Globo fazia novela com teor mais inocente.
      Bjs!

      Excluir
  3. Oi Lena!
    Menina, quando vi o post no twitter sobre a novela, fiquei tentando lembrar que novela que era. Depois que via foto no post, quase dei um grito:"eu assistia!!"
    Eu adorava essa menina!! Não perdia um!
    Gostei de lembrar um pouco desse momento \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom relembrar né Ká?!

      No diário de Daniela
      São escritas tantas coisas
      Seus segredos escondidos
      E seus momentos entre amigos...

      Excluir
  4. Ahh que post nostálgico ^.^ Eu adorava assistir O Diário de Daniela e também Chiquititas (Tinha até caderno delas na época u.u)
    Bons tempos rs sem preocupação nenhuma e uma inocência boa :P

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom recordar não é Jhey?!
      Que bom que você curtiu.
      Beijokas!

      Excluir
  5. Momento nostalgia agora Leninha. Na minha infância assisti muito essa novela, adorava a Daniela e seu jeito de escrever, suas histórias, músicas e amigos divertidos. Até hoje é algo que fica na nossa memória e, pelo menos para mim, não tem jeito! As novelas mexicanas do SBT fizeram parte da vida de muita gente. rs Abraços.

    ::De Frente com os Livros::

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracinha vc Clóvis, e eu que achava que Novelas Mexicanas era o encanto das meninas, bom saber que homem também curti!
      Beijão!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos