Cair das Trevas - Cate Tiernan

Depois de 450 anos, esperava-se que Nastasya já tirasse de letra essa história de imortalidade. No último outono ela buscou refúgio em River's Edge, uma espécie de retiro espiritual onde ela e outros imortais tentam estabelecer a paz com seu passado tortuoso. Porém, em vez disso, tudo o que Nastasya descobriu - além de que detesta acordar cedo numa cama dura para catar ovos de galinhas furiosas - é que ela não está segura em lugar nenhum.
Nem mesmo ao lado do cara/viking/deus grego mais gato do mundo, Reyn, que ela ainda não descobriu se é sua ruína ou sua última chance de ter um amor. Nastasya conseguiu se manter bem até o Ano-Novo, mas parece que agora, depois que fez um pedido um tanto ambicioso na hora da virada, tudo está indo por água abaixo. Nada que faz dá certo, tragédias acontecem quando ela está por perto, tudo parece não ter propósito e, pior, ela nem sabe mais porque continua sequer tentando! Como sempre soube, sua família vem de uma grande linhagem das trevas, e Nastasya já está se convencendo de que não há escapatória. Como se não bastasse, os súbitos e totalmente enlouquecedores beijos de Reyn não estão ajudando... Mas quando Nastasya não aguenta mais a pressão e resolve fugir de tudo para seguir o próprio rumo, ela se vê numa situação ainda mais sombria, perigosa e destruidora do que jamais pôde imaginar. River's Edge nunca pareceu tão longe, ou tão agradável...

Desde a leitura de Amada Imortal que aguardo a sua sequência ansiosamente. Devo confessar que estava com receio de me decepcionar ou de simplesmente me perder na narrativa, já que devido ao tempo que faz que li o primeiro livro da série, tinha medo de precisar consultá-lo para relembrar tudo que aconteceu.

Foi uma grata surpresa descobrir que durante a leitura tudo se explicava. Nos primeiros capítulos, Nastasya, com sua narrativa em primeira pessoa, vai nos relembrando de fatos marcantes do primeiro livro. De personagens a acontecimentos. E aqui vislumbramos novamente os flashes do passado de Nas, que assustam e prendem o leitor na narrativa.

Amada Imortal foi um dos livros no gênero YA que mais me encantou por sua temática mais adulta. Apesar de Nastasya, Reyn e Incy serem vistos como jovens, eles são bem mais do que aparentam, todos na faixa etária dos 400 anos.

Nastasya parece outra pessoa, é notável seu amadurecimento, apesar dela estar sempre emburrada e fazendo as coisas meio que contra a vontade. Porém ela cresce e desenvolve alguns poderes que vão surpreender até mesmo os mais desenvolvidos.

O livro é cheio de altos e baixos, tem momentos onde Nas e suas recordações nos mostra o quanto já sofreu, e suas atitudes não se tornam condizentes, ou seja, se você tem mais de 400 anos, viveu e sofreu tanto, não pode dar birra porque sente medo de galinhas, meio imaturo, não é verdade?

Apesar disso, a trama continua muito bem amarrada, sentimos os medos, receios, e demais sentimentos de Nastasya, como se fôssemos amigas de longa data. É perceptível a importância de cada personagem na trama, que se desenvolve de maneira uniforme, prendendo o leitor em cada página.

Adorei o final, bem assustador e, literalmente, hipnotizante. Não tem como não tomar partido, torcer pelo desenrolar favorável dos personagens e para que o bem triunfe, porque aqui, o bem e o mal se entrelaçam, mas a autora dá sentido a tudo de forma super acertada.

A série Amada Imortal entrou para o rol dos YA que estou curtindo muito, e olha que são poucos os que me agradam a ponto de eu ler as sequências. 
Com certeza uma ótima leitura, cheia de emoção, humor e várias descobertas bem elucidativas. Já estou ansiosa pelo terceiro livro, fazendo minhas preces para a sua rápida publicação.

16 comentários:

  1. Ei Lena

    Ah que bom que continua legal, apesar dos chiliques dela, eu me irrito com gente fresca.
    Adorei saber que ela relembra as coisas, que meu medo era o mesmo, não lembro quase nada do primeiro livro aff.
    Espero gostar também, realmente a escrita da autora é bem diferente dos YA de fantasia que vemos sempre.
    Engraçado que acabei de comentar da foto e já tinha a resenha hehe.

    P.S: Vi qu está lendo Os naufragos e fiquei curiosa, não sei ainda se quero ler.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando postei a foto já estava lendo, rs.
      Acredito que você não irá se perder na leitura, Nas vai relembrando aos poucos e a leitura flui bem.

      To lendo Os Náufragos sim, bem no inicio ainda, mas to gostando bastante.

      Bjs Nanda!

      Excluir
  2. Oi, Leninha!

    Essa série eu ainda não li, mas que bom que você está curtindo!

    Beijocas,
    Inara
    {www.lerdormircomer.com.br}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To gostando sim, primeiro YA que me pegou de verdade, rs.
      Beijos mil!

      Excluir
  3. Oi querida, achei tão incongruente para a idade dela ser tão birrenta e em relação a algumas atitudes, só gosto da série pelo tema mesmo, estou lendo e adorando.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Rafa, complicado ter mais de 400 anos e tanta birra não é? rs.
      Que bom que você está gostando, eu tô ansiosa pelo desfecho da trama.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Lena!
    Eu lembro quando li o primeiro livro, fiquei com a sensação que li uma enorme introdução da história. Estou curiosa com a continuação, torcendo para que goste do livro, rs.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ká, mas foi uma introdução bem escrita que deixou curiosidade quanto ao desenrolar da trama não foi?!
      Acredito que vc irá gostar, e ficar ansiosa, como eu, pelo desfecho.

      Beijokas!

      Excluir
  5. Ai como esperei essa sequência.
    Amada Imortal foi uma leitura meio lenta, não era tudo aquilo que vemos na maioria dos YA, porém mim conquistou.
    Mas quando a Nas implica com as pobres galinhas fico pensando "Sério? Com um deus viking do Reyn me querendo, cuidaria das galinhas com um enorme sorriso."

    Bjão,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Thiana, pelo Reyn com certeza vale a pena sofrer na mão das galinhas, kkkk

      Espero que você leia e goste da sequência, assim como eu!
      Beijos.

      Excluir
  6. HSUAHSUAHS eu não tinha entendido muito bem a cena das galinhas na resenha, após o comentário da Thiana Santana sou da mesma opinião, Cuidar de uma galinha pra um viking tudodebom? haha isso é fichinha!
    YA~Young Adults que tem cenas calientes, certo? Eu não consigo me pegar na descrição das classificações dos livros. =/
    A capa é bonita e eu demorei um pouco pra entender o projeto 1 livro/foto por semana, agora já compreendi a ideia e que depois vira a próxima resenha. XD
    Estou esperando o fim da série pra começar a ler. o/
    Espero não achar que em 400 anos ela é muito birrenta e mimada para os anos vividos e aprendidos. '-'
    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yasmim, o projeto é a foto do livro que estou lendo naquela semana, consequentemente a resenha vem à seguir, rs.

      Espero que vc goste de série e volte para me dizer.
      Beijokas!

      Excluir
    2. Eu tinha uma ideia sobre isso quando vi a foto de Sedução ao amanhecer e logo depois veio a resenha! Ai veio a foto/resenha de Cair das trevas e tive certeza! Pode deixar que quando tiver todos os lançamentos e eu consegui-los volto pra dizer!
      Beijos

      Excluir
  7. Leninha, eu adorei o primeiro volume e quero muito ler o segundo *-*
    Ainnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn sua resenha me deixou com ainda mais vontade desse segundo livro!

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai curtir muito o Cair das Trevas. Fico aguardando sua volta com sua opinião.
      Não demora...
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos